Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




A 19 DE FEVEREIRO

MUNICÍPIO DE OEIRAS E ADMINISTRAÇÃO DO PORTO DE LISBOA CHEGAM A ACORDO PARA GESTÃO PARTILHADA DA FRENTE RIBEIRINHA EM ALGÉS

A Câmara Municipal de Oeiras e a Administração do Porto de Lisboa (APL) vão assinar um contrato interadministrativo para a gestão partilhada da Frente Ribeirinha de Algés.

O acordo, que será firmado segunda-feira, dia 19 de fevereiro, às 15:00, na Torre VTS, em Algés, compromete a APL a entregar à empresa municipal Parques Tejo, a gestão e exploração das zonas de estacionamento e dos espaços envolventes da frente ribeirinha de Algés, bem como o usufruto de espaços de atividades e lazer, como a Praia de Algés, possibilitando um reordenamento viário para facilitar a circulação local e criar maior facilidades de estacionamento.

DGRM emitiu 12.498 Cartas de Navegador de Recreio em 2023

A Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) atingiu um marco notável, processando um total de 12.498 Cartas de Navegador de Recreio em 2023, mantendo o bom ritmo de 2022 ao ultrapassar novamente as 12.000 cartas emitidas. Este resultado destaca o compromisso da DGRM em fortalecer a segurança marítima e promover uma cultura de formação náutica responsável.

PORTO DE LEIXÕES

Lote de carros Peugeot da Stellantis Mangualde saiu rumo à Bélgica em super navio de carga

O Porto de Leixões realizou no dia 7 o primeiro embarque de um lote de viaturas da marca Peugeot, proveniente da Stellantis Mangualde, com rumo à Bélgica.

Com destino ao Porto de Zeebrugge esta operação, realizada pela YILPORT Leixões, juntamente com a CLdN, decorreu no Terminal Multiusos Sul, com as viaturas a embarcarem no navio RO-RO Seraphine, um super navio de carga, ecológico e híbrido.

Município de Faro assume gestão das áreas portuárias e marítimas do núcleo do Farol

O Município de Faro assumiu, a 31 de janeiro, a gestão das áreas portuárias e marítimas no núcleo do Farol da Ilha da Culatra, no âmbito da homologação do protocolo de transferência de competências assinado entre Autarquia e Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS).

Na sequência da conclusão deste processo, iniciado há cerca de dez anos, o núcleo do Farol da Ilha da Culatra mantém-se no domínio público marítimo, mas a manutenção e gestão do seu território passa a ser feita pela Autarquia, com ganhos de proximidade e operacionalidade.

Transinsular investe em novo navio e reforça compromisso com a Região Autónoma da Madeira

A Transinsular, empresa do Grupo ETE, acaba de reforçar a frota com um novo navio, enfatizando assim aquele que é o serviço prestado de abastecimento regular da Região Autónoma da Madeira (RAM). Baptizado em honra daquele arquipélago, o novo Navio “Ilha da Madeira” é mais um forte investimento do Grupo ETE na região, e que demonstra o seu compromisso com a comunidade madeirense. A nova embarcação chegou na noite de 5 de fevereiro ao Porto do Caniçal, na Madeira.

Pela primeira vez, os 4 navios oceânicos «made in Viana» estão juntos no «fim do mundo»

Explorer, Voyager, Navigator e Traveller. Os quatro navios de expedição oceânica construídos ao longo dos últimos quatro anos nos estaleiros navais de Viana do Castelo encontraram-se, dia 31 de Janeiro, no porto mais perto da Antártida, lotados de turistas que desejam visitar aquela região remota do planeta. Esta temporada é a estreia para o Traveller, o quarto dos navios construídos pela WestSea.

APDL marca presença na 1.ª edição da Conferência Short Sea Commodities, em Roterdão

A primeira edição do Short Sea Commodities 24, decorreu a 25 de janeiro, em Roterdão, com a presença de Helena Gomes Fernandes, Diretora Comercial, Marketing e Comunicação, em representação da APDL, ao integrar o vasto painel de oradores convidados.

Esta Conferência, sobre transporte marítimo de curta distância, mercadoria contentorizada, granéis sólidos e carga fracionada na Europa, tem por objetivo ligar o setor da logística marítima ao setor do comércio de mercadorias, reunindo um alargado leque de oradores, com vasta experiência nos setores do comércio de mercadorias e da logística marítima a nível internacional.

Conferência «Mulheres nas Profissões Marítimas»

O Auditório Infante D. Henrique, no Porto de Leixões, acolheu, a 26 de janeiro, a Conferência “Mulheres nas Profissões Marítimas”, promovida pela Escola Superior Náutica Infante D. Henrique (ENIDH) e pelo Clube de Oficiais da Marinha Mercante (COMM).

Prolongado prazo de concurso público para construção do Porto Seco da Guarda

O concurso público para a empreitada de implementação do Porto Seco na Guarda foi prorrogado. O anúncio do prolongamento do procedimento foi publicado dia 26 no “Diário da República”. Os interessados têm mais 22 dias para apresentar propostas, a contar da data de envio do anúncio, que ocorreu a 25 de janeiro.

As obras têm um preço-base de cerca de 4 milhões de euros, de acordo com o anúncio do concurso publicado no dia 4 de dezembro de 2023 no “DR” pela Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), que é a gestora do terminal ferroviário por concessão atribuída pelo Governo.

Parlamento Europeu quer limitar influência da China nos portos da União Europeia

O Parlamento Europeu adotou uma resolução sobre o desenvolvimento de uma nova estratégia marítima, que apela à restrição do investimento estrangeiro em infraestruturas da União Europeia. Esta restrição inclui portos e aponta, em particular, para a influência crescente da China.

Na Grécia, a empresa pública chinesa COSCO tem uma participação maioritária no porto de Pireu. Stratos Papadimitriou, professor do Departamento de Estudos Marítimos da Universidade de Pireu, disse à Euronews que, inicialmente, "a autoridade portuária concedeu uma concessão à COSCO para a gestão de dois dos três terminais existentes". Posteriormente, "a Autoridade Portuária foi vendida na sua totalidade e a COSCO obteve 67% da propriedade".

Participe no processo de revisão dos «White Papers da Visão 2030 da Década dos Oceanos»

Sendo uma iniciativa marcante das Nações Unidas, a Década da Ciência dos Oceanos para o Desenvolvimento Sustentável 2021-2030 ("Década dos Oceanos"), a Visão 2030 é um processo de definição de ambições estratégicas que visa identificar uma medida comum de sucesso para cada um dos desafios da Década dos Oceanos.

Eduardo Feio confiante na criação de novas indústrias no Porto de Aveiro

O Porto de Aveiro prepara o Concurso Público para empresas candidatas à Zona de Atividades Logísticas. Depois de uma fase de manifestações de interesse de empresas, a administração tem condições para lançar o Concurso. Sabe-se que a área das eólicas continua a demonstrar forte interesse nos terrenos disponíveis no PA. Eduardo Feio admite que essa dinâmica nota-se em áreas do terminal sul para estaleiros e no terminal de granéis líquidos.

Nova marina em Vilamoura vai ter 68 postos de amarração para barcos grandes e fica pronta este ano

A construção da nova Marina de Vilamoura já arrancou. O projeto contempla a instalação de três pontões com 68 postos de amarração destinados a embarcações de grande porte, entre 20 e 40 metros. A obra, que representa um investimento de 23 milhões de euros, deverá ficar concluída ainda este ano.

“Esta nova Marina em Vilamoura é altamente diferenciadora para o destino e vem responder a necessidades evidentes do mercado em relação a embarcações de grande porte, que atualmente passam ao largo da costa”, afirma Isolete Correia, administradora da Vilamoura World, citada em comunicado.

Presidência Portuguesa do European Coast Guard Functions Forum realiza 1.º workshop no Funchal

O primeiro workshop da Presidência Portuguesa do European Coast Guard Functions Forum (ECGFF), organizado em parceria com a European Fisheries Control Agency (EFCA) e com a Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM), decorreu entre os dias 23 e 25 de janeiro, no Funchal, subordinado ao tema “Harnessing technology innovation for Coast Guard Operations and Enhanced Fisheries Control”.

JOSÉ LUÍS CACHO, PRESIDENTE DA APS, EM ENTREVISTA À ANTENA 1

Crise no Mar Vermelho vai trazer danos inevitáveis à economia portuguesa

O Presidente da Administração do Porto de Sines alerta para os efeitos económicos que advêm da crise existente no Mar Vermelho.
O facto de muitos navios evitarem agora a travessia deste local, devido aos ataques dos rebeldes Houthis, está a provocar atrasos no transporte de mercadorias.

José Luís Cacho antevê quebras nas importações e exportações, com impacto económico para o país.

Portos de Leixões e Viana não sentem «impacto directo» e dizem que cadeia se «reajusta»

Os Houthis tornaram-se ‘uma pedra no sapato’ para muitos países: os ataques a navios comerciais e embarcações ocidentais fazem com que algumas das principais companhias marítimas prefiram contornar toda a África, apesar da viagem ser mais cara e mais longa.

Este conflito faz com que a rota dos navios seja a aumentada entre 15 e 20 dias, dependendo da origem do navio, estendendo um percurso de 18 mil para 25 mil quilómetros, o que representa um aumento de custo que pode ficar entre os 40 e 60%, sobretudo devido ao maior consumo de combustível.

Porto de Sines reforça ligação ao Far East com Dragon Service

Com a primeira escala prevista para 5 de fevereiro, o Porto de Sines passará a integrar a rotação do Dragon Service, serviço oferecido pela MSC, que reforçará a ligação de Portugal ao Far East.

A linha contará com navios de última geração, com capacidade para cerca de 24.000 TEU, fazendo a ligação entre o Far East e a Europa, através da Rota do Cabo, constituindo uma alternativa aos constragimentos que neste momento dificultam o acesso ao Canal do Suez.

Aveiro é «Cidade Âncora para a Economia Azul»

Parceria “Cidades Âncora para a Economia Azul” dá 1,2 milhões para investir na antiga lota.

Ao aprovar o Protocolo de Parceria “Cidades Âncora para a Economia Azul”, o Município de Aveiro garantiu “um pacote financeiro de apoio, no quadro dos Fundos Comunitários do Portugal 2030 / ITI Redes Urbanas, no valor total de 1,4 milhões de euros”. Desses, 1,2 milhões de euros destinam-se ao “investimento na infraestruturação urbana e capacitação ambiental dos terrenos da Antiga Lota de Aveiro”.

ESTA SEXTA-FEIRA, NO AUDITÓRIO INFANTE D. HENRIQUE | PORTO DE LEIXÕES

Conferência «Mulheres nas Profissões Marítimas»

O Auditório Infante D. Henrique, no Porto de Leixões, acolhe, esta 6.ª feira, dia 26 de janeiro, pelas 15h00, a Conferência "As Mulheres nas Profissões Marítimas”, promovida pela Escola Superior Náutica Infante D. Henrique (ENIDH) e pelo Clube dos Oficiais da Marinha Mercante.

Com abertura a cargo de Vítor Franco, Presidente da ENIDH, serão oradoras Cláudia Soutinho, Administradora da APDL, Inês Soares, Piloto da Barra na APDL, Carla Vieira, Gestora de Tripulação na S&C – Shipmanagement & Crewing Ltd. e Lúcia Silva, membro do Conselho Diretivo do Clube de Oficiais da Marinha Mercante.

A Conferência "Mulheres nas Profissões Marítimas", visa debater a importância das Mulheres no setor marítimo e a necessidade de reforçar esse papel, com a partilha das experiências profissionais das oradoras convidadas.

AÇORES

Nova grua para o porto da Horta vai duplicar capacidade portuária

A empresa que administra portos na região dos Açores explica que a “nova grua portuária com capacidade de 100 toneladas e com a faculdade de movimentar contentores de 40 pés” representa um investimento de 999.950 euros, no âmbito do Plano Plurianual de Investimento da Portos dos Açores, SA, executado ao abrigo de contratos-programa com o Governo dos Açores.

A iniciativa, é acrescentado na nota, visa “a renovação e o adequado apetrechamento das diversas infraestruturas portuárias da região, tendo em conta critérios de operacionalidade, segurança e eficiência”.

Total: 420
1 2 3 4 5 6 [7] 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22