Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




Contentores sobem 1,2% face a 2019, com movimentação de 2,57 milhões de TEU

O segmento dos contentores confirmou, no balanço do exercício de Janeiro-Novembro, a sua resiliência nos portos do Continente: com uma movimentação de 2,57 milhões de TEU, ultrapassou, num ano tão conturbado, o registo homólogo de 2019, crescendo +1,2%. Esta variação positiva neste segmento é inédita em 2020 e corrobora, assim, o trajecto de recuperação iniciado no segundo trimestre de 2020.

Gente do Mar: Francisco Oliveira, 2.º Cap. do «Wild Swan»

Há meia dúzia de anos, o português Francisco Miguel dos Santos Oliveira, de 30 anos, fez uma escolha que lhe mudou a vida: deixou em standby o curso de engenharia e arquitetura naval e rumou à Holanda para matricular-se numa conhecida escola náutica. Hoje, é o segundo comandante do tall-ship “Wilde Swan” que recentemente, fez escala no Porto do Funchal.

Corveta João Roby inicia Comissão nos Açores

O NRP João Roby, da Marinha Portuguesa, iniciou dia 17 a comissão nos mares dos Açores. O navio irá guarnecer o dispositivo naval na Zona Marítima dos Açores, desenvolvendo tarefas específicas no âmbito da busca e salvamento marítimo, da monitorização e controlo da pesca, do controlo da navegação, da prevenção e combate à poluição marinha e na prevenção e combate a atividades ilegais como o narcotráfico.

Porto de Sines fecha 2020 a crescer 13% nos contentores

O Porto de Sines encerrou 2020 com um aumento da carga contentorizada de 13% em relação ao ano anterior. Este foi o terceiro melhor resultado de sempre em termos de movimentação de contentores, com a particularidade de ter sido alcançado num contexto pandémico, em que as projeções mundiais apontam para um decréscimo neste segmento. Na carga contentorizada importa ainda destacar o aumento do volume relacionado com o hinterland que representa já mais de 442 mil TEU, demonstrando a crescente importância de Sines nos fluxos de importação e exportação das empresas.

MADEIRA

Cais de Câmara de Lobos com varadouro ordenado

O Conselho de Administração da APRAM, S.A., aprovou um regulamento para o varadouro do cais de Câmara de Lobos, com o objetivo de disciplinar e ordenar as várias atividades.

Antes da aprovação, a APRAM divulgou o documento junto dos principais interessados, reuniu com várias entidades, nomeadamente a Câmara, a autoridade marítima e a Direção Regional de Pescas e ouviu pescadores e titulares de embarcações de recreio com licença de pesca ativa.

EM ENTREVISTA À REVISTA CARGO

António Nabo Martins (APAT) analisa desafios presentes e futuros dos Transitários

Entrevista a António Nabo Martins, especialista logístico e ferroviário que actualmente ocupa o cargo de presidente executivo da associação APAT.

MISTÉRIO NA AUSTRÁLIA

A identidade desta cidade repousa num navio português que pode não existir

A Costa do Naufrágio, em Victoria, Austrália, é um trecho dramático de 128 quilómetros de penhascos recortados e desfiladeiros profundos, formações calcárias e dunas altas. Estima-se que cerca de 700 navios naufragaram ao longo da costa entre meados do século XVIII e início do século XIX, período conhecido como a Idade de Ouro da vela.

PÓVOA DE VARZIM E VILA DO CONDE

Dragagens nos portos de pesca concluídas até final de Janeiro

As dragagens nos portos de Póvoa de Varzim e Vila do Conde vão estender-se até ao final do mês de janeiro.

As dragagens começaram no início de dezembro de 2020, após procedimento lançado pela Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos no valor de 1 milhão de euros, estando previsto retirar “mais de 220 mil metros cúbicos de inertes dos dois portos e colocados na deriva litoral, de forma a permitir a realimentação de areia nas praias a sul”.

AÇORES

Secretário Regional do Mar e das Pescas garante grua de 10 toneladas para Porto do Topo de S. Jorge

O secretário Regional do Mar e das Pescas dos Açores, Manuel São João, garantiu, quarta-feira, que o Porto do Topo, em São Jorge, vai dispor de uma grua de dez toneladas e não de seis toneladas, como tinha sido definido pelo anterior executivo regional.

“Já dei instruções para que seja feita a alteração da capacidade da grua, de forma a dar resposta não só às necessidades do porto como também dos profissionais da pesca e dos diversos parceiros do sector”, referiu Manuel São João, após reuniões mantidas com diversas entidades na Ilha de São Jorge, onde se incluíram autarquias, representantes do sector e deputados regionais.

Corveta António Enes termina missão de três meses nos Açores

O NRP António Enes iniciou a viagem de regresso à Base Naval de Lisboa, no Alfeite, após finalizar mais uma missão na Região Autónoma dos Açores, com uma duração de cerca de três meses. Durante este período, o navio completou 1967 horas de missão e percorreu 5.218 milhas náuticas no mar dos Açores, o equivalente a cerca de 10 mil quilómetros.

Leixões: um Porto de Vanguarda e Inovação

O Porto de Leixões tem vindo a assumir, ao longo dos anos, um papel de destaque no sector portuário português, justificado pelas políticas de modernização, investimento e inovação que têm sido implementadas pela Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL).
Este dinamismo da Administração Portuária espelha a importância que o sector marítimo ocupa no desenvolvimento económico nacional, motivo pelo qual, na última década, tem sido uma das fortes apostas de Portugal, com o objectivo de reforçar as trocas comerciais entre mercado interno e externo por via marítima.

APRAM

Adjudicada obra de reabilitação do Cais do Paul do Mar

O Conselho de Administração da APRAM adjudicou a obra de reabilitação do Cais do Paul do Mar, de grande importância para a localidade, pelo valor de um milhão e 900 mil euros.
O cais apresenta vários danos, muitos deles devido a ação dos agentes naturais como a agitação marítima, que precisam de ser corrigidos, de modo a garantir a funcionalidade e segurança daquela infraestrutura marítima.

Grupo Garland agencia descarga record de milho no Porto de Lisboa

O Grupo Garland foi a agência de navegação responsável pela descarga de 82.640 toneladas métricas de milho provenientes do Brasil no terminal de Granéis Alimentares da Trafaria, que integra o Porto de Lisboa. Tratou-se do maior graneleiro e com maior quantidade de carga atendido pelas empresas de agenciamento de navegação do Grupo Garland e constituiu ainda um recorde na infraestrutura portuária, concessionada à Silopor Trafaria

MADEIRA

Mensagem de Paula Cabaço, Presidente da APRAM

Não vamos desistir. Acreditamos e esperamos que a retoma seja realmente efetiva neste novo ano, embora estejamos conscientes que a maioria das companhias de cruzeiro apenas recomecem a sua atividade no segundo trimestre de 2021 e de forma gradual.

O momento, agora, é de reinvenção. Mesmo cientes que levará ainda algum tempo para que voltemos ao “antigo normal “, encaramos os próximos tempos como um desafio, ao qual, todos nos iremos adaptar!

DGRM

José Carlos Simão analisa a fundo o desafio global do «Green Shipping»

O transporte marítimo está a ser alvo de uma transformação sem precedentes no âmbito do designado Green Shipping. Quer na Organização Marítima Internacional (OMI), quer na Comissão Europeia ao nível da DGMOVE, esta evolução está no topo das prioridades e as metas são bastante ambiciosas.

Para compreender melhor esta dinâmica e os desafios que se colocam ao transporte marítimo e aos portos, responsáveis pelo movimento de 90% das mercadorias a nível mundial, nada melhor que entrevistar José Carlos Simão, Director-Geral da DGRM (Direcção-Geral dos Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos).

Cabo submarino transatlântico da EllaLink já ancorou em Sines

A EllaLink anunciou esta quarta-feira que o seu sistema de cabos submarinos de baixa latência de última geração já ancorou em Sines, a partir de onde se estabelecerá a ligação à América Latina. Deverá ficar plenamente operacional no segundo trimestre deste ano, proporcionando um nível de conectividade internacional sem precedentes entre os dois continentes e que chegará à Europa através de Portugal.

DOCUMENTÁRIO RTP

O Fabuloso Mar de Ouriços

O ouriço-do-mar é um produto que está a ser alvo de várias iniciativas de revitalização, principalmente na zona da Ericeira (é chamado de o "caviar" da Ericeira). A sua produção em cativeiro levanta desafios mas a investigação desenvolvida pelo Instituto Politécnico de Leiria demonstra que é possível.
Este produto chega a atingir valores elevados (120 euros/kg) em mercados como o japonês, espanhol e francês.

PARA PROMOÇÃO DO AGRONEGÓCIO

CPLS celebra protocolo com a Câmara de Comércio Brasil Portugal - Centro Oeste

A CPLS - Comunidade Portuária e Logística de Sines celebrou um protocolo de cooperação com a Câmara de Comércio Brasil Portugal – Centro Oeste (CCBP-CO) com o objetivo de estudar e promover uma solução logística, eficaz e eficiente para a exportação de produtos agropecuários brasileiros pelos portos do país-irmão, preferencialmente os localizados no Arco Norte, com destino à Europa e ao Norte de África, através do Porto de Sines

Navio porta-contentores «Raquel S» passa a ostentar as cores da GS Lines

O Grupo Sousa revelou que o seu navio ‘Raquel S’, ao serviço da transportadora marítima GS Lines, passou a ostentar o logótipo deste armador.

O ‘Raquel S’ é o maior e mais moderno navio porta-contentores detido por armadores nacionais com bandeira portuguesa, com capacidade para 1.577 contentores (TEU), actualmente escalado para operar no serviço marítimo ‘West Africa Trade’, servindo linhas regulares internacionais entre Portugal, Cabo Verde e Guiné-Bissau. O porta-contentores, anunciou o Grupo Sousa, passou a aplicar o logótipo da GS Lines na sua super-estrutura.

APLOG faz radiografia à logística em Portugal

A Associação Portuguesa de Logística (APLOG) e a KPMG Portugal estão a realizar aquele que será o maior e mais completo estudo de sempre sobre o setor logístico, no nosso país.

Num contexto pandémico onde este sector tomou proporções e dimensões muito importantes, em termos da procura, este estudo pretende ser “a referência no mercado onde a informação sobre o setor é escassa e desagregada”, refere a APLOG.

Total: 4753
[1] 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238