Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.


Transporte marítimo global crescerá 60% até 2050

No seu mais recente relatório, intitulado ‘Maritime Forecast to 2050‘, a sociedade classificadora norueguesa DNV GL adiantou que o transporte marítimo deverá crescer até 60% nos próximos trinta anos. O documento explora o impacto da mudança de paradigma no sistema energético global, a evolução da procura no mercado dos porta-contentores e navios de transporte de gás, o desempenho da economia global, os índices de produção industrial e o crescimento do PIB.

Porto de Lisboa com maior volume de mercadorias desde 2011

O Porto de Lisboa movimentou em 2017 mais de 12,1 milhões de toneladas de carga, o que representa uma subida de 19 por cento face ao ano anterior. Nos contentores, a subida é de 26 por cento, para 493.253 TEU*. Estes indicadores significam que o Porto de Lisboa atinge o maior volume de mercadorias desde 2011, depois de registar a maior taxa de crescimento dos portos nacionais em 2017.

JORGE D'ALMEIDA

«Se tudo funcionasse tão bem como o sistema portuário!»

Na sessão de apresentação da 8.ª edição do LEME – Barómetro da PwC para a Economia do Mar, liderada por Miguel Marques (PwC) no Pavilhão do Conhecimento, Jorge d’Almeida foi uma das personalidades ligadas ao mar a ter oportunidade de dar o seu ponto de vista sobre a forma como vê a evolução da Economia do Mar em Portugal.

Unidade de elite da Marinha no Porto de Sines

Seis horas a nadar, de noite e com equipamento de combate completo, para dar toda a volta ao pontão do porto de Sines. Os militares do Destacamento de Ações Especiais (DAE) fazem uma ação de infiltração e sabotagem a uma instalação "crítica". É treino. "Mas realista e nada facilitado", conta o comandante do grupo de elite. A luta contra o mar, o peso do equipamento (acima de 25 quilos) e o cansaço têm apenas dois aliados: a noite, que lhes dá cobertura, e a alta preparação destes militares da Marinha - homens cujas missões ninguém ouve falar, mas que estão sempre de prevenção para, em poucas horas, serem enviados para qualquer ponto do Mundo.

Economia do mar depende de capital humano qualificado

Apesar da crise, a economia do mar foi resiliente e conseguiu resistir bem aos tempos mais turbulentos. E isso é visível pelo crescimento contínuo das exportações na fileira alimentar do mar, pelo número de turistas - que utilizam as nossas praias e viajam em transportes marítimos - e pela carga nos portos nacionais. As evidências que o LEME tem reportado ao longo dos seus oito anos de existência são claras no que se refere à grande resiliência da economia do mar como um todo. Ou seja, nos picos da crise a economia do mar aguentou-se e quando a crise abrandou a economia do mar cresceu. Neste contexto, a evolução geral da economia do mar é positiva , revela a 8.ª edição do estudo LEME - Barómetro PwC da Economia do Mar, apresentado há dias atrás em Lisboa.

Navios de mercadorias no Porto de Lisboa de 20 a 26 de Janeiro

Prevêem-se 27 escalas de navios de mercadorias para o período de 20 a 26 de Janeiro. Por classificação, chegarão ao Porto de Lisboa, 13 navios porta-contentores, 5 navios mistos – carga geral/contentores, 4 navios carga geral single deck, 4 tanques e 1 frigorífico.

Governo aguarda dados da PSA para expandir Sines

A expansão do actual terminal de contentores de Sines, Terminal XXI , gerido pela PSA de Singapura, está dependente do envio, por parte da concessionária, de elementos para o Estado português, poder analisar devidamente o processo e avançar com o projeto de expansão que há vários anos tem marcado passo. Em declarações ao Jornal Económico, Ana Paula Vitorino revela que "a PSA ainda não apresentou ao Governo os elementos todos e que são essenciais e incontornáveis para podermos fazer uma avaliação adequada de todo o projeto de investimento".

ANA PAULA VITORINO:

O Porto de Lisboa vai alcançar em 2018 o melhor ano de sempre

A garantia é dada pela Ministra do Mar. De acordo com Ana Paula Vitorino, o Porto de Lisboa deverá registar um crescimento de 8% nas escalas e uma subida de 18% no número de passageiros durante este ano.

Navios de mercadorias no Porto de Setúbal de 22 a 26 de Janeiro

Estão previstos no Porto de Setúbal um total de 26 navios de mercadorias para o período de 22 a 26 de Janeiro. Por classificação: Porta-Contentores: 10 | Tanque: 3 | Ro-Ro: 2 | Petroleiro: 3 | Carga Geral (single e multi deck): 5 | Transporte Especial: 1 | Transporte Cimento: 2.

Rui d Orey e o futuro do shipping: «Será a revolução digital a forçar os próximos passos»

Dia 17 decorreu o almoço de tomada de posse dos novos Órgãos Sociais da AGEPOR – Associação dos Agentes de Navegação de Portugal. No seu discurso, Rui d’Orey (que foi reeleito presidente da Associação para o triénio 2018/2020) apresentou seis grandes objectivos para o mandato e para o futuro próximo da AGEPOR. Mas também recordou o cenário desafiante no qual trabalham hoje os Agentes de Navegação.

6,7 milhões para investir nos portos do Algarve

O Governo pretende investir cerca de 6,7 milhões de euros em obras de reabilitação dos portos de pesca do Algarve, nos próximos anos. Estas intervenções e respetiva calendarização constam do Plano de Ação Litoral XXI.
Na Costa Vicentina, será investido meio milhão de euros na requalificação do portinho de pesca da Arrifana (Aljezur), enquanto no Porto da Baleeira (Sagres) serão gastos 200 mil.

Mais pesca descarregada e mais 4 milhões de euros de rendimento em 2017

 A pesca descarregada nos portos dos Açores durante 2017 atingiu mais de 6 mil toneladas, ultrapassando as 5,7 mil toneladas do ano anterior. Segundo os dados finais do SREA, durante o ano passado descarregaram-se 6.354.034 quilos de pescado nos Açores, mais do que os 5,744,172 quilos de 2016.

Portos nacionais fecharam 2017 com valor recorde de 2,9 milhões de TEUs

Esta sexta-feira ficou marcada pela apresentação das conclusões da 8.ª edição do LEME, o Barómetro da PwC Portugal sobre a Economia do Mar. Por motivos de agenda, a Ministra do Mar não esteve presente mas fez-se representar por Rúben Eiras, assessor para a Energia e Indústria no Ministério do Mar.

Rúben Eiras levou ao certame as palavras de Ana Paula Vitorino, deixando novidades em vários processos e até a nível de resultados.

Corredor Ferroviário do Sul arranca no primeiro trimestre

O Corredor Ferroviário do Sul arranca, no primeiro trimestre deste ano, com o lançamento do concurso para a construção do troço entre Évora e Elvas e o início da obra de Elvas até à fronteira do Caia.

São "dois momentos importantes", que vão ocorrer "ainda neste primeiro trimestre", e que "marcam o arranque da construção deste eixo ferroviário", defendeu esta sexta-feira o primeiro-ministro, António Costa.

Movimento no Porto de Viana do Castelo cresceu 6% em 2017

O movimento de mercadorias no Porto de Viana do Castelo atingiu, em 2017, as 415 mil toneladas, mais 6% do que no ano anterior, sendo que as exportações representaram 82% do movimento global, informa a administração portuária.

Governo abre concurso de 1,6 milhões de euros para modernizar portos

O Ministério do Mar anunciou esta quinta-feira a abertura do concurso para a modernização dos centros de controlo de tráfego marítimo dos portos de Lisboa e de Setúbal, num valor de 1,6 milhões de euros.

PSA atinge os 74,2 milhões de TEU em 2017 e cresce 9,8% em termos homólogos

O ano de 2017 foi de pleno sucesso para a PSA International: a operadora de terminais de contentores, presente no Porto de Sines, processou 74,24 milhões de TEU, um resultado que reflecte um crescimento homólogo de 9,8% face ao ano de 2016. Os terminais de Singapura geridos pela PSA contribuíram com 33,35 milhões de TEU para o resultado global, ao passo que os terminais localizados fora do país significaram 40,89 milhões de TEU do total.

LEIXÕES REALÇA LIDERANÇA NO IMPORT-EXPORT

«O maior terminal de contentores português»

No seguimento dos mais recentes números divulgados pela AMT sobre a movimentação de mercadorias nos portos do continente – que mostraram números recorde de 88,8 milhões de toneladas e 2,76 milhões de TEUs manuseados até Novembro -, a Yilport Leixões, concessionária do terminal de contentores do porto nortenho, realça que volta a ficar clara a sua liderança do «import–export» de contentores.

Estaleiros e armadores na rota da economia circular

Num debate em que estiveram representados estaleiros nacionais e armadores nacionais e estrangeiros, discutiram-se o estado e os desafios da economia circular em ambas as actividades, com destaque para a construção naval e utilização de tintas e revestimentos nos navios.

Dinamarquês Claus Larner é o novo CEO da Transinsular

O dinamarquês Claus Larner é o novo CEO da Transinsular, cargo que passou a desempenhar no primeiro dia deste novo ano, segundo comunicado do armador que faz parte do Grupo ETE.