Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




«Bluetech» permitiu reduzir 13 mil toneladas de CO2 em Leixões, Douro e Viana

O programa ‘Bluetech Accelerator’ contribuiu para a redução de 13 mil toneladas de emissões de carbono nos negócios dos portos de Leixões, Douro e Viana do Castelo, revela o Ministério do Mar.

EISAP quer introduzir bandeira verde no transporte marítimo

Esta bandeira verde serviria para assegurar um Registo Internacional de Navios (MAR) com navios com bom desempenho ambiental e social, e a penalização de embarcações que não cumprissem com essas normas.

Em contrarrelógio para salvar os cavalos-marinhos da ria Formosa

Já foram quase dois milhões e dominaram as pradarias. Hoje são pouco mais de 150 mil e estão em risco, mas Miguel Correia, da Universidade do Algarve, ainda acredita que a ria Formosa pode voltar a ser um santuário para o cavalo-marinho.

Projecto «O Mar Começa Aqui» com novos parceiros

Numa parceria com a ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa, o Grupo Águas de Portugal, em particular as Águas do Algarve, Águas do Centro Litoral, Águas do Tejo Atlântico, EPAL e Águas do Vale do Tejo, apoiam o Projecto “O Mar Começa Aqui”, incentivando os municípios a participar no projecto e atribuindo prémios regionais.

Peter Thomson:

«Ou mudamos ou em 2040 haverá 50 kg de plástico por cada metro de linha de costa em todo o mundo»

Entrevista a Peter Thomson, enviado especial do secretário-geral das Nações Unidas para os Oceanos. Fará a intervenção final na conferência Oceano Que Pertence a Todos, organizada pelo Clube de Lisboa e que junta nos dias 22 e 23 três dezenas de participantes de 17 países.

Portos de Aveiro e da Figueira da Foz substituem frota automóvel por veículos eléctricos

Os Portos de Aveiro e da Figueira da Foz substituem a frota automóvel operacional por veículos 100% eléctricos, adquirindo nove viaturas. Estas medidas "visam a sustentabilidade ambiental destes portos, tendo como objetivo atingir a neutralidade carbónica, e estando, assim, cada vez mais comprometidos em alcançar em 2050 as metas preconizadas no Pacto Ecológico Europeu (Green Deal) da União Europeia". Os principais terminais comerciais destes portos e os seus edifícios-sede estão também preparados com os respectivos postos de carregamento duplos e simples para veículos eléctricos.

A 22 E 23 DE FEVEREIRO

Para evitar haver mais plástico do que peixe no mar, oceanos são debatidos em Lisboa

A Conferência Oceano Que Pertence a Todos vai juntar nos dias 22 e 23 três dezenas de participantes de 17 nacionalidades. António Guterres lançou agora sério alerta sobre o destino trágico dos mares, e o seu enviado especial para o Oceano, Peter Thomson, será um dos que tentarão debater soluções.

APDL adere à rede Global Compact da ONU e reforça bandeira da sustentabilidade

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) acaba de aderir à rede Global Compact Network Portugal, uma iniciativa de sustentabilidade das Nações Unidas, que visa a aplicação dos princípios sustentáveis e dos objetivos da Agenda 2030.

A Global Compact Network pretende ainda que exista a partilha de conhecimentos e experiências entre os participantes, a nível mundial, pelo que promovem plataformas de debate entre toda a rede, bem como a adesão a programas de sustentabilidade internacionais.

Gáslink crucial na redução de 270.000 toneladas de CO2 com a utilização de gás natural

O Grupo Sousa, por via da Gáslink atingiu um importante marco operacional na Unidade Autónoma de Gás Natural dos Socorridos: a logística de fornecimento de gás natural à Central Eléctrica da Vitória, no Funchal, ultrapassou as 10 mil operações de contentores descarregados. Este feito está intimamente ligado a um esforço de descarbonização na Madeira que os números agora apresentados consagram: a aposta nas potencialidades deste recurso, para a produção de electricidade, reduziu, desde 2014, as emissões poluentes de dióxido de carbono (CO2) em mais de 270.000 toneladas.

Porto de Viana do Castelo acolhe fábrica de energia das ondas e ruma até à descarbonização

O Porto de Viana do Castelo vai acolher um centro de Investigação e Desenvolvimento (I&D) dedicado ao estudo e fabrico de componentes de conversores de energia das ondas. Este centro integra o projeto HiWave-5, que acaba de garantir um financiamento de 7,3 milhões de euros por parte da União Europeia.

Concurso Internacional Boas Práticas Bandeira Azul 2021

A Coordenação Internacional do Programa Bandeira Azul lançou uma nova edição do concurso de Boas Práticas, este ano subordinado ao tema Biodiversidade.

O objetivo deste concurso é reconhecer e partilhar o trabalho desenvolvido pelos promotores Bandeira Azul no que diz respeito à proteção e à promoção da biodiversidade e dos ecossistemas.

Equipa de combate à poluição da APRAM

A Equipa de Combate à Poluição no Mar da APRAM conta com diversas intervenções bem-sucedidas em casos reais, para além dos exercícios de simulação que algumas vezes acontecem.

Criada nos anos 90 e no seguimento da Resolução do Conselho de Ministros, n. 25/93 que aprovou o Plano Mar Limpo, a equipa é constituída por todos os operacionais, mestres, motoristas maritimos, marinheiros, entre outros elementos, onde se incluem os coordenadores/chefias de serviços que de alguma forma estão relacionadas com o tema e funções dos vários elementos da equipa.

VW exporta carros com um toque de batatas fritas. E passa por Portugal

O Grupo Volkswagen está apostado em tornar sustentáveis todas as áreas da sua operação, mesmo a expedição de veículos. Daí que os navios a que recorre tenham vantagens do ponto de vista ambiental.

Apostado em reduzir o impacto ambiental de toda a sua actividade, depois de investir fortemente nos veículos eléctricos e na alimentação das suas fábricas com uma maior percentagem de energia renovável, o grupo alemão concentrou-se agora nas 7700 deslocações de navios que anualmente transportam os seus modelos, visitando, entre outros locais, o Porto de Setúbal, de onde saem os T-Roc fabricados na Autoeuropa.
 

PROJECTO DE MELHORIA DAS ACESSIBILIDADES MARÍTIMAS DO PORTO DA FIGUEIRA DA FOZ

Declaração de Impacte Ambiental Favorável para «projecto de importância estratégica»

O final de 2020 trouxe notícia auspiciosa para a APFF, S.A.: A Agência Portuguesa do Ambiente emitiu o Título Único Ambiental referente ao Projecto de Melhoria das Acessibilidades Marítimas do Porto da Figueira da Foz.

A Administração do Porto da Figueira da Foz (APFF, S.A.) reafirma a importância estratégica deste projecto para o crescimento e desenvolvimento futuro do Porto da Figueira da Foz, o mesmo valendo para a Comunidade Portuária e todo o tecido industrial da Região Centro.
“Este projecto é absolutamente necessário para o salto qualitativo do Porto da Figueira da Foz, permitindo capacitá-lo para a entrada de navios até 140m de comprimento e 8 metros de calado” – refere a administração portuária.

EMANUEL GONÇALVES:

«O planeta não pode esperar mais»

Humildade. É isto que se sente quando se mergulha no meio de 12 gigantes cachalotes, o maior predador que alguma vez existiu no planeta. Este mergulho a norte da ilha de São Miguel, a seis milhas da costa, é a mais doce memória do biólogo Emanuel Gonçalves no meio que mais preza e onde se sente “num maravilhoso mundo à parte”: o oceano. Medo não sentiu nenhum, apesar de estes animais conseguirem destroçar um ser humano só com o impacto do seu sonar no nosso corpo. “É, em certo sentido, como estar com uma entidade alienígena: sei que têm capacidades cognitivas enormes, mas não conseguimos ainda conversar.”

Uma vida dedicada a resgatar golfinhos em cativeiro

Quando tentámos falar pela primeira vez com Richard O’Barry, ele encontrava-se algures na Indonésia, montando a operação de resgate de Rocky e Rambo, dois golfinhos presos em cativeiro ilegal no Hotel Melka. O tempo era crucial, pois pouco antes um terceiro golfinho, Gombloh, morreu “sem nunca ter tido hipótese de experimentar a liberdade”, contou-nos mais tarde. Ric (todos o tratam pelo diminutivo) não ia deixar que os outros sofressem o mesmo destino.

Governo reforça protecção do meio marinho

Foi publicado no dia 9 de Dezembro, em Diário da República, o Decreto-Lei n.º 102/2020 que transpõe a Directiva (UE) 2019/883 relativa aos meios portuários de recepção de resíduos provenientes dos navios, tendo em vista uma maior protecção do meio marinho.

De acordo com a informação avançada pelo Governo, o diploma regula a instalação e a utilização de meios portuários de recepção de resíduos provenientes dos navios que escalem portos nacionais, com vista a, nomeadamente, aumentar a protecção do meio marinho contra os efeitos negativos das descargas de resíduos no mar, assegurar o bom funcionamento do tráfego marítimo e implementar medidas de controlo, monitorização e redução do lixo marinho.

NUNO SÁ

Os tubarões azuis nos Açores tinham todos marcas de «encontros» com os humanos

O mundo não precisava definitivamente de mais um advogado. Já um cameraman subaquático, capaz de nos mostrar as maravilhas das profundezas e todas as formas como estamos a destruí-las, pode fazer a diferença. Foi por isso uma boa decisão quando, há coisa de 20 anos, e com um curso de Direito na mão e um de mergulho na outra, Nuno Sá optou pelo segundo. Agora, defende uma causa muito mais importante.

PORTUGAL INCLUÍDO

Líderes mundiais colocam oceano sustentável no topo da agenda de política global

Líderes da Austrália, Canadá, Chile, Fiji, Gana, Indonésia, Jamaica, Japão, Quénia, México, Namíbia, Noruega, Palau e Portugal comprometeram-se a gerir de forma sustentável quase 30 milhões de km2 das suas águas nacionais até 2025.

DOCAPESCA CONCLUI LIMPEZA DA BACIA PORTUÁRIA DA PÓVOA DE VARZIM

A Docapesca concluiu uma intervenção de limpeza e remoção de resíduos do fundo da bacia portuária do porto de pesca de Póvoa de Varzim numa área de aproximadamente 12.000 metros quadrados.
Foram removidos cerca de 15 metros cúbicos de resíduos, principalmente artes de pesca, pneus e poitas.

Total: 629