Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




10,4 milhões de euros para projecto liderado por investigadora portuguesa

É a primeira vez que um investigador português na área das Humanidades recebe uma bolsa ERC Synergy. O objetivo do projeto é estudar impacto da vida marinha nas sociedades humanas.

O Conselho Europeu de Investigação Europeu (ERC) atribuiu uma bolsa no valor de 10,4 milhões de euros a um projeto liderado por uma investigadora portuguesa da Universidade Nova de Lisboa (UNL). É a primeira vez que uma investigadora (ou investigador) portuguesa da área das Humanidades recebe uma bolsa ERC Synergy.

 

ONLINE, A 16 DE OUTUBRO

5.º Encontro GelAvista

O 5º Encontro GelAvista será já no dia 16 de outubro. Desta vez em formato online, terá início pelas 16H (UTC 01:00), e 15H nos Açores e Madeira.

Este ano o Encontro GelAvista é dedicado aos Açores e nele vão ser apresentados, por videoconferência, os resultados mais recentes do programa GelAvista, obtidos a partir da informação enviada voluntariamente pelos cidadãos sobre as medusas e outras espécies gelatinosas que ocorrem em Portugal.

MINISTRO DO MAR:

Pradarias marinhas necessitam de mais investigação científica

"É preciso estimular a ciência a preencher as lacunas de conhecimento ainda existentes sobre as pradarias marinhas, os mangais, as zonas húmidas e outros ecossistemas fulcrais para a vida marinha, que precisam de preservação especial, e que são também sumidouros naturais de dióxido de carbono”, defendeu esta quarta-feira, o Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, na mesa redonda “Build Back Bluer: the Plan for 2020-2021”, organizada pelos Emirados Arábes Unidos, no contexto da Assembleia Geral da ONU e da Cimeira da Biodiversidade das Nações Unidas.

Vida em Marte ligada às salinas de Aveiro

Um cientista português que lidera uma unidade de astrobiologia em Macau disse à Lusa que está envolvido em projetos para descobrir vida em Marte, uma missão com paragens previstas em Cabo Verde e nas salinas de Aveiro.

“Temos atualmente saídas de campo, recolhas de amostras programadas para cabo verde, interior da china, salinas em Aveiro, salinas que existem no interior de Espanha, porque todas elas têm condições que são extremamente interessantes e bastante úteis para o estudo de Marte”, salientou o responsável pela unidade de astrobiologia do Laboratório de Referência do Estado para a Ciência Lunar e Planetária da MUST.

A Terra primitiva pode ter sido um mundo de água

A Terra primitiva, lar das primeiras formas de vida do planeta, pode ter estado completamente coberta de água, de acordo com um novo estudo.

Publicado na revista científica Nature Geoscience, aproveita uma peculiaridade da química hidrotermal para sugerir que a superfície da Terra estaria completamente coberta por um oceano há 3.200 milhões de anos.

Descobertos jardins de corais em misteriosos desfiladeiros subaquáticos

Uma equipa de cientistas encontrou jardins de corais no fundo do mar, durante uma expedição oceânica de um mês na costa do sudoeste da Austrália.

A equipa de investigadores da Universidade da Austrália Ocidental (UWA) explorou áreas nunca antes vistas do desfiladeiro submarino de Bremer, com a ajuda de um veículo operado remotamente apelidado de SuBastian.

Secretário do Mar e directora regional da Madeira enaltecem qualidade do trabalho científico do Centro de Ciências do Mar

A investigação a partir de uma abordagem “integradora e holística” que é desenvolvida pelo Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE), mereceu as melhores referências do secretário Regional de Mar e Pescas da Madeira, Teófilo Cunha, e da directora regional do Mar, Mafalda Freitas, no final de uma visita que ambos realizaram às instalações daquele Centro, instalado na Quinta do Lorde Marina, no Caniçal, dirigido pelo investigador principal João Canning Clode.

Comportamento emocional em organismos-modelo aquáticos revisto por investigadores da Universidade de Évora

Os investigadores do Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE-UE) da Universidade de Évora (UÉ), Filipe Banha e Pedro Anastácio, integraram uma equipa de investigadores que reviu o conhecimento sobre comportamento emocional em organismos-modelo aquáticos, utilizando como objecto de estudo lagostins e peixes-zebra, espécies que têm uma considerável homologia genética, fisiológica e comportamental com mamíferos.

Comportamento emocional em organismos-modelo aquáticos revisto por investigadores da Universidade de Évora

Os investigadores do Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE-UE) da Universidade de Évora (UÉ), Filipe Banha e Pedro Anastácio, integraram uma equipa de investigadores que reviu o conhecimento sobre comportamento emocional em organismos-modelo aquáticos, utilizando como objecto de estudo lagostins e peixes-zebra, espécies que têm uma considerável homologia genética, fisiológica e comportamental com mamíferos.

Navio oceanográfico regressa após oito meses de período de manutenção

O navio hidro-oceanográfico D. Carlos I retoma a atividade operacional com um treino assistido, até 22 de maio ao largo de Sesimbra. O regresso acontece após um período de 8 meses no qual o navio esteve em manutenção e reparação.

ECOMARE

Da fase de consolidação à «fase de expansão das suas infra-estruturas e actividades»

Apesar de ser recente, o ECOMARE tem-se vindo a afirmar como um projecto nacional de referência para a conservação e para o uso sustentável dos recursos marinhos. "O ECOMARE está progressivamente a passar de uma fase de consolidação para uma fase de expansão das suas infra-estruturas e actividades", refere Artur Silva, vice-Reitor da Universidade de Aveiro (UA) para a Investigação e coordenador do projecto.

O projecto, localizado junto ao Porto de Pesca Costeira, conta implementar um sistema de captação e tratamento de água marinha, um cais flutuante para acostamento de embarcações e novas valências laboratoriais.
 

Projecto Europeu HOTMIC

Como ocorre a distribuição de microplásticos com origem terrestre, transportados pelos rios europeus, para o oceano aberto? Qual a abundância e composição do lixo, desde a superfície até ao fundo do mar? São perguntas a que o projecto Europeu HOTMIC pretende responder.
De 5 a 27 de março realizou-se a primeira campanha oceanográfica no âmbito deste projeto e Clara Lopes, do IPMA, integrou a equipa técnico-científica a bordo.

CIIMAR integra «The Porto Protocol»

Construir uma plataforma aberta e dinâmica de ideias e soluções viáveis ​​para combater o progresso ou os efeitos das alterações climáticas. É este o objetivo do The Porto Protocol, iniciativa à qual se juntou o Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto (CIIMAR-UP).

Navio da Marinha investiga zonas para sucesso de aquicultura

O Navio da República Portuguesa (NRP) Almirante Gago Coutinho prossegue a quarta fase do projecto Aquimar que visa a identificação dos melhores locais para a prática da aquicultura ao longo da costa de Portugal continental. Esta missão, que teve início dia 24 de Fevereiro, irá terminar dia 22 de Março.

Cientistas de Aveiro descobrem que cascas de banana limpam águas com metais pesados

Tanto faz que sejam da Madeira ou da América do Sul - as cascas de banana são altamente eficientes na remoção de metais pesados de águas contaminadas, descobriu uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro. No caso do mercúrio, são mesmo “as campeãs da limpeza”.

Universidade de Aveiro descobre amêijoa asiática que limpa águas contaminadas

Uma equipa da Universidade de Aveiro (UA) descobriu que as amêijoas asiáticas conseguem limpar águas poluídas, nomeadamente uma das mais poluentes indústrias do sul da Europa: a da produção de azeite. Apesar de serem uma espécie invasora e destruírem gradualmente os ecossistemas ribeirinhos nacionais, podem ser muito úteis na hora de despoluir águas.

Viana do Castelo recebe centro europeu de teste de robôs marítimos

O primeiro centro europeu de teste de robôs marítimos em ambiente real vai ser criado na costa de Viana do Castelo. O Atlantis Test Center visa validar as soluções robóticas nas «condições climatéricas mais extremas do Oceano Atlântico», em especial nos trabalhos de inspecção e manutenção das infraestruturas eólicas offshore.

Laboratório de Ciências do Mar vai nascer em Sines

A Universidade de Évora (UÉ) e a Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS) assinaram quarta-feira, 15, em Sines, o acordo que permitirá o avanço do novo espaço do Laboratório de Ciências do Mar da UÉ (CIEMAR). Para tal, as duas entidades irão estabelecer um contrato de concessão de uso privativo de uma parcela de terreno do domínio público, localizada a norte do cabo de Sines, onde serão construídas as novas instalações do CIEMAR.

INVESTIGAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO

Nanomateriais à base de algas limpam águas contaminadas

Os biopolímeros extraídos de fontes naturais, como é o caso das algas abundantes no litoral nacional, podem ser enormes aliados na remoção de poluentes da água. Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro (UA) demonstrou que nanomateriais preparados a partir destes biopolímeros têm a capacidade de remover da água antibióticos e outros fármacos, herbicidas e ainda corantes orgânicos utilizados pela indústria, poluentes estes que são difíceis de eliminar pelas estações de tratamento de águas residuais.

AVEIRO

ECOMARE é um forte candidato aos Prémios Regiostars 2019

Académicos de alto nível vão avaliar as 24 candidaturas finalistas aos Prémios Regiostars 2019, atribuídos anualmente pela Comissão Europeia, e premiar os vencedores, mas o público também pode escolher um vencedor.

Um dos cinco finalistas na categoria 2 – ligando o azul, verde e cinza, o ECOMARE – Laboratório para a Inovação e Sustentabilidade dos Recursos Biológicos Marinhos da Universidade de Aveiro une o Porto de Aveiro (cinzento) a uma zona especial de conservação – a icónica Ria de Aveiro (verde) – promovendo a proteção e a utilização sustentável dos recursos biológicos marinhos (azul), refere o site UA_online.

Total: 132
[1] 2 3 4 5 6 7