Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




A 6 de Dezembro, no Porto de Pesca de Sesimbra, Edifício da Lota

Digitalização ao serviço do sector das pescas

A nova app Docapesca, dirigida a pescadores e compradores de pescado, é apresentada a 6 de Dezembro, 11:30, no Porto de Pesca de Sesimbra (Edifício da Lota).
O evento conta com a participação da Secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho, Sérgio Faias, Presidente do Conselho de Administração da Docapesca, entre outros convidados.

Docapesca investe 180 mil euros no porto de pesca do Rio Arade

A Docapesca lançou concurso para a construção de um parque de estacionamento no porto de pesca do Rio Arade.

A intervenção, que pretende melhorar o ordenamento e as acessibilidades deste porto, representa um investimento de 180 mil euros. Visa a criação de 91 lugares de estacionamento, sendo quatro deles destinados a veículos elétricos e quatro lugares de estacionamento para utilizadores com mobilidade condicionada. Prevê-se também a criação de uma rampa de acesso a pessoas com mobilidade reduzida.

Açores reforçam medidas de fiscalização na faina e comercialização ilegal do chicharro em São Miguel

A Secretaria Regional do Mar e das Pescas dos Açores, em articulação com as entidades competentes, vai reforçar as medidas de vigilância e fiscalização da comercialização ilegal da venda de chicharro, de modo a minimizar os efeitos da economia paralela que se tem vindo a registar, particularmente na Ilha de São Miguel.

DIA DO MAR

54% dos portugueses afirmam ter tomado alguma medida para proteger o Oceano

A origem sustentável do pescado é o quinto factor decisor que motiva a compra de pescado dos portugueses, que identificam a sobrepesca e a consequente extinção das espécies marinhas como a segunda ameaça aos oceanos que mais os preocupam, a seguir à poluição. Estas são algumas das conclusões de um estudo de mercado encomendado pelo Marine Stewardship Council (MSC) à GlobeScan Incorporated, em 2020.

Em nota de imprensa, realça a MSC que Portugal é dos países do Mundo que mais gosta de comer pescado. A compra regular de peixe e marisco é assumida por 95% dos consumidores portugueses, sendo que quase metade (45%) revela mesmo adorar comer peixe

Volume de capturas de pescado em Portugal aumenta 48,4% em Agosto de 2021

O volume de capturas de pescado em Portugal, em Agosto de 2021, aumentou 48,4% (+25,1% em Julho), justificado sobretudo pela maior captura de peixes marinhos, mas também de moluscos e crustáceos. Às 20.437 toneladas de pescado correspondeu uma receita de 38.607 mil euros, valor que representou um acréscimo de 34,8% (+12,7% em Julho), revela o Instituto Nacional de Estatística (INE), no seu Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Outubro de 2021.

Pesca de imperadores no Continente proibida desde sexta-feira

A pesca de imperadores por embarcações a operar nos portos do Continente está proibida desde sexta-feira, após a quota destas capturas ter sido esgotada, indica a Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM).

UE apoia nova estratégia para melhorar sustentabilidade da pesca no Mediterrâneo e no Mar Negro

A Comissão Geral das Pescas do Mediterrâneo (CGPM) adoptou a sua nova Estratégia 2030 para o Mediterrâneo e o Mar Negro no final da 44ª sessão anual, que decorreu entre 2 e 6 de Novembro. Também foi alcançado um acordo sobre um pacote ambicioso de medidas que traduzem a Estratégia em acções concretas, realça uma nota de imprensa da Comissão Europeia.

As medidas passam pela gestão de stocks de anchovas e sardinhas e com um foco especial no apoio à pesca de pequena escala. A União Europeia apoiará a implementação da Estratégia com uma subvenção financeira acrescida.

Secretária de Estado das Pescas visita intervenções em Alcoutim, Olhão, Portimão e Lagos

A Secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho, encontra-se de visita a vários pontos de intervenção na região do Algarve.

A visita teve início esta terça-feira, dia 9, com a sessão de assinatura do protocolo de colaboração entre a Docapesca e os municípios de Alcoutim, Castro Marim, Mértola e Vila Real de Santo António, para a identificação das infraestruturas fluviais com potencial para dinamização sustentável da via navegável do rio Guadiana na Câmara Municipal de Alcoutim.

DGRM inicia processo de Renovação Automática do licenciamento da Pesca Profissional

A Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) anunciou que vai dar início ao processo de Renovação Automática do licenciamento da Pesca Profissional para o ano de 2022, de acordo com as regras definidas no Decreto-Lei 73/2020, de 23 de Setembro, que regula o exercício da actividade profissional da pesca comercial marítima.

FISH PORTUGAL é o maior espaço de apoio ao setor do pescado

Pela primeira vez, Portugal tem o maior espaço virtual de promoção do setor das pescas na EXPO FISH PORTUGAL, para alavancar a exportação, como estratégia crucial para a economia portuguesa e para o setor.

A feira, que se realiza a 16 e 17 de novembro, é dirigida aos profissionais nacionais e estrangeiros, e vai alavancar, nacional e internacionalmente, as actividades ligadas ao setor da pesca, bem como outras actividades ligadas ao mar, como a construção e reparação naval, a náutica de recreio e a inovação.

Docapesca anuncia investimento de 288 mil euros na Carrasqueira

A lota da Carrasqueira, em Alcácer do Sal, vai ser reabilitada ainda este ano, devendo os trabalhos estar concluídos dentro de quatro meses. As obras, já adjudicadas pela Docapesca, vão permitir reunir condições de trabalho que têm como objetivo conseguir melhorar as circunstâncias de segurança alimentar. O valor total do investimento é de 288 mil euros.

Docapesca investe 36 mil euros no porto de pesca de Aveiro

A Docapesca – Portos e Lotas, S.A, lançou um concurso para a reabilitação do sistema de defensas do cais de descarga do porto de pesca de Aveiro.
Com vista à melhoria das condições de segurança de pessoas, bens e das embarcações, a execução da empreitada representa um investimento de 36.630 euros.

Pescado transaccionado em Portugal continental atinge 181 milhões de euros até Setembro

A Secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho, anunciou que o valor do pescado transaccionado nas lotas e postos de Portugal continental, sob gestão da Docapesca – Portos e Lotas, atingiu o valor de 181,9 milhões de euros, no final do terceiro trimestre. Este valor representa um crescimento de 22,7% em comparação com os 148,2 milhões do período homólogo.

Secretária de Estado das Pescas debate quotas de atum e espadarte no Conselho de Ministros da Agricultura e Pescas da UE

A Secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho, participa no Conselho de Ministros da Agricultura e Pescas da União Europeia, que termina esta terça-feira no Luxemburgo.

O Conselho iniciou-se com o debate sobre as quotas de pesca para 2022, no Mar Báltico, com vista à sua aprovação. “Apesar de Portugal não dispor de quotas nesta área, as decisões que se tomarem acabam por estabelecer os precedentes para o Conselho de Dezembro, onde são aprovadas as quotas que interessam a Portugal”, explica uma nota de agenda do Ministério do Mar.

PORTO DE PESCA DE MATOSINHOS

Docapesca lança concurso para reabilitação das escadas e defensas

A Docapesca lançou um concurso para a reabilitação das escadas da ponte-cais nº3 no porto de pesca de Matosinhos. Com vista à melhoria das condições de segurança das embarcações e respetivas tripulações, a realização desta empreitada contempla a reabilitação, reparação e montagem de escadas e defensas na ponte-cais n.º 3 deste porto de pesca.

EXPO FISH PORTUGAL a 16 e 17 de Novembro

A Docapesca, com o alto patrocínio institucional do Ministério do Mar, vai organizar a EXPO FISH PORTUGAL, o maior espaço virtual de promoção de pescado português e das atividades ligadas ao Mar, nos dias 16 e 17 de novembro, e que vai centralizar a oferta de pescado nacional - fresco e transformado - num evento virtual, agregando comércio, investigação e inovação.

DGRM participa em missão internacional de fiscalização no mar

Inspetores da Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) estão a participar em missão internacional de fiscalização das actividades no mar, no âmbito do Plano de Acção Conjunta das Águas Ocidentais Sul (JDP SWW), coordenado pela Agência Europeia de Controlo das Pescas (EFCA) e realizado com base numa equipa mista daquela agência europeia, em conjunto com inspectores de Portugal e de Espanha.

Capturas de pescado crescem 25,1% em Julho de 2021 para 16.967 toneladas

O volume de capturas de pescado em Portugal, em Julho de 2021, aumentou 25,1% (-13,0% em Junho), justificado pela maior captura de peixes marinhos (nomeadamente cavala, mas também carapau, atuns, biqueirão e sardinha), refere o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Setembro de 2021, do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Às 16.967 toneladas de pescado correspondeu uma receita de 32.842 mil euros, valor que representou um acréscimo de 12,7% (+5,0% em Junho).

Madeira tem pela primeira vez corpo de inspectores das pescas

A Região Autónoma da Madeira tem pela primeira vez um corpo de inspetores das pescas. São seis inspetores, duas mulheres e quatro homens, todos com formação superior.

Depois de quase um ano em formação, os inspetores receberam os certificados e documentos que os habilitam para o exercício legal das várias competências que lhes estão acometidas pela legislação comunitária, nacional e regional.

Quota do Bacalhau para 2022 aumenta 168%

Decorreu de 20 a 24 de setembro a 43.ª reunião anual da Organização de Pescas do Atlântico Noroeste (NAFO), realizada em videoconferência, que envolveu cerca de 150 participantes, tendo a representação portuguesa a cargo da Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM).

Com o apoio do representante da União Europeia e de algumas Partes Contratantes, foi possível manter as quotas das várias espécies com interesse para Portugal, acrescento o acordo para um aumento do Total Admissível de Captura de Bacalhau para 2022, o que permitiu o aumento da quota nacional para 784 toneladas.
No corrente ano a quota do Bacalhau era de 293 toneladas, pelo que o valor para 2022 representa um aumento de 168%.
 

Total: 629