Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




Comunidade Portuária e Logística de Sines na Assembleia Geral do Projecto PLANET

A Comunidade Portuária e Logística de Sines (CPLS) participou na primeira Assembleia Geral presencial do #PLANETproject.

A reunião, dividida em dois dias, teve lugar em Valência e contou com a representação de todos os parceiros do projecto, permitindo um maior alinhamento e conhecimento sobre os avanços do projeto.

Nuno Pires reeleito Presidente da Comunidade Portuária de Aveiro

Na Assembleia Geral, que decorreu dia 20 de Abril, Nuno Pires, representante do Grupo FERPINTA, foi reeleito para um novo mandato à frente da Comunidade Portuária de Aveiro.
Os órgãos sociais agora eleitos pretendem dar continuidade ao trabalho desenvolvido pela anterior direcção, com destaque para a promoção comercial e internacionalização do Porto de Aveiro.

A Apat e o reconhecimento da Excelência

Em 2013 a Apat criou o Selo de Excelência, um estatuto para distinguir os associados que, além dos requisitos legais de acesso à atividade, se regem por padrões considerados fundamentais para o desenvolvimento de uma empresa de excelência, com competência distintas e que merece a confiança dos clientes – no fundo, as empresas que, na expressão inglesa, “go the extra mile”.

PRESIDENTE DA ADRAL:

Porto de Sines vai dar «ainda mais impulso» ao Alentejo

A possibilidade de o Porto de Sines ser uma ponte na distribuição do gás natural “acaba por ser ainda mais um impulso para o desenvolvimento estratégico e económico do Alentejo“, defende em entrevista ao ECO, João Maria Grilo, Presidente da Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL) e da Câmara Municipal de Alandroal.

“O Porto de Sines é, sem dúvida, um grande polo de desenvolvimento da região”, frisou o presidente da ADRAL, argumentando com o facto de, “neste momento, já ter uma importância estrutural nalguns setores, como no da movimentação de mercadorias”. Além de se destacar na produção de energias limpas, tendo em consideração que “existem grandes projetos de fotovoltaicos e de hidrogénio verde para a região”.

Brogueira Dias sucede a Vieira dos Santos na comunidade portuária de Leixões

Foram eleitos, a 31 de Março, os Órgãos Sociais da Comunidade Portuária do Douro e Leixões. Reunidos em Assembleia Geral Ordinária, os associados aprovaram por unanimidade o relatório de atividades e contas relativas ao exercício do ano de 2021, bem como a lista única, proposta, dos Órgãos Sociais para o triénio 2022 – 2024. Brogueira Dias, antigo Presidente da APDL, sucede a Vieira dos Santos, no cargo de Presidente da Direcção.

Entrevista a Belmar da Costa, Director-Geral da Agepor:

Vivemos tempos apaixonantes e desafiantes no sector marítimo-portuário

O mundo do shipping e da logística nunca viveu um período como o actual. A pandemia veio revolucionar modelos de negócio e obrigou os agentes económicos a adaptarem-se a uma nova realidade para fazerem chegar as cargas aos seus destinos. António Belmar da Costa, director-geral da Associação dos Agentes de Navegação de Portugal, revela quais os desafios que o sector enfrenta.

DGRM representa Portugal na presidência do GAOS

Portugal preside ao GAOS - Grupo das Águas Ocidentais Sul, desde 1 de janeiro de 2022, uma missão assegurada pela Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM).

O Grupo das Águas Ocidentais Sul é constituído por representantes de cinco Estados Membro (EM) da União Europeia com interesses de pesca na zona do Golfo da Biscaia e Península Ibérica: Portugal, Espanha, França, Bélgica e Holanda. A presidência é rotativa entre os três EM com maior expressão de interesses de pesca na área: França, Espanha e Portugal.

PARA POSICIONAR PORTUGAL COMO DESTINO DO «SHIPPING» INTERNACIONAL

Mais de 30 entidades formam a A4S - Associação 4Shipping

Dinamizar a Economia azul e posicionar Portugal como destino do shipping internacional, são dois dos objectivos do grupo de trinta e duas entidades ligadas ao mar, em nome pessoal ou coletivo, que constituíram a A4S - Associação 4Shipping.
Na lista de objetivos estão ainda o apoio ao desenvolvimento dos subsetores tradicionais e emergentes da economia azul, em que Portugal possui ou pode ganhar vantagens competitivas, designadamente: transporte marítimo e serviços conexos, construção e reparação naval, energia oceânica, biologia marítima, dessalinização, defesa marítima e meios fixos submarinos.
Jorge d’Almeida, co-fundador da A4S, defende ser "fundamental que os intervenientes públicos e privados atuem de forma concertada na construção de uma política pública que permita Portugal assumir-se como destino para a atividade do shipping internacional.”

Porto de Sines recebe Secretário de Estado Angolano para os Sectores da Aviação Civil, Marítimo e Portuário

No âmbito de uma visita a Portugal da ARCCLA (Agência Reguladora de Certificação de Carga e Logística de Angola), o Porto de Sines recebeu, no dia 8 de novembro, uma comitiva que acompanhou o Secretário de Estado para os Sectores da Aviação Civil, Marítimo e Portuário do governo angolano, Carlos Borges.

Em contexto de sala, Fernanda Albino, vogal da Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS), apresentou as principais características do porto e respetivos terminais especializados. Houve ainda lugar para uma visita ao Centro de Informação e Inovação do Porto de Sines, acompanhado por uma apresentação com uma perspetiva técnica e operacional da JUL – Janela Única Logística, projeto pioneiro para uma gestão integrada de informação e movimentação de mercadorias.

COM VÍDEO

Comunidade Portuária de Leixões celebra 25 anos

A Comunidade Portuária de Leixões celebrou os 25 anos e, a associação destacou o crescimento do Porto de Leixões desde 1996. Em declarações ao Porto Canal, o Presidente da Comunidade Portuária de Leixões, disse que "nestes 25 anos mudaram-se conceitos e, a cidade do Porto tornou-se referência nos mapas mundiais dos portos".

PAULO PAIVA, APAT:

«Os transitários têm um papel fundamental na cadeia logística»

No dia em que se inicia o 18º Congresso da APAT – Associação dos Transitários de Portugal, a Logística Moderna falou com o seu presidente, Paulo Jorge Mata Sousa Paiva, que fez uma análise daquilo que é a actividade dos transitários e do seu papel relevante no funcionamento das cadeias de abastecimento, nomeadamente num período de desafios acrescidos.

Porfírio Gomes (CPS) elogia pioneirismo do Porto de Setúbal e melhoria dos acessos

Porfírio Gomes, Presidente da Comunidade Portuária de Setúbal, foi uma das figuras de proa do evento ‘Dois Dias, Dois Portos’, organizado pela APLOG – Associação Portuguesa de Logística. O responsável analisou o conceito da actividade portuária e enfatizou a a importância de dois projectos já finalizados, a melhoria dos acessos marítimos e o pioneirismo digital do Porto de Setúbal.

Raúl Magalhães (APLOG):

Sector portuário «está a atravessar um momento glorioso»

Na sessão de abertura do evento ‘Dois Dias, Dois Portos‘, o Presidente da APLOG, Raúl Magalhães, referiu que o sector portuário «está a atravessar um momento glorioso» e que o Porto de Sines «tem características únicas» que o distinguem dos restantes portos nacionais.

Congresso da APAT dedicado à «Disrupção do Sistema Logístico»

A APAT realiza nos dias 29 e 30 de Outubro o 18.º Congresso Nacional de Transitários, com o tema "Disrupção do Sistema Logístico". Segundo a associação, no momento actual, é fundamental falar acerca da resiliência da cadeia logística e dos impactos da Covid, nomeadamente na subida generalizada dos preços nos vários modos de transporte, na escassez de contentores, na concorrência entre os players e na sustentabilidade ambiental, bem como na sustentabilidade da actividade.

A 23 E 24 DE SETEMBRO

APLOG realiza novo segmento «Dois Dias, Dois Portos», com foco em Setúbal e Sines

A 23 e 24 de Setembro, a Associação Portuguesa de Logística realizará o segmento ‘Dois Dias, Dois Portos’, com enfoque nos portos de Setúbal e de Sines. Assim arranca um conjunto de visitas com sessões de formação e informação relevantes para dar a conhecer a realidade actual e projectos futuros.

Fórum Oceano e Blue Action Lab colaboram para promover uma economia azul resiliente e sustentável

A Fórum Oceano e o Blue Action Lab (Action Lab), o Hub da Economia Azul em Freeport, Bahamas, assinaram um MoU. O documento estabelece um quadro estratégico para a cooperação e a implementação de atividades de interesse comum para a promoção da Economia Azul ESG.

O MoU reforça a relação de cooperação entre a Fórum Oceano e o Action Lab, potenciando oportunidades de negócio e parceria para os membros de ambas as organizações, e aproximando os atores de Portugal e das Bahamas.

Fórum Oceano e Governo da Madeira firmaram parceria de aposta na Economia Azul

A Fórum Oceano, responsável pela gestão do Cluster do Mar Português, e o Governo Regional da Madeira assinaram um Protocolo de Cooperação para promover a inovação empresarial e a atracção de investimento, contribuindo para a afirmar a Região Autónoma da Madeira como Região business friendly na dinamização da Economia Azul Sustentável.

Neste sentido, prevê-se a concretização de um conjunto de iniciativas com vista ao «reforço das vantagens competitivas da Região Autónoma da Madeira e da sua actividade económica instalada, designadamente, ações de capacitação empresarial, acções de promoção ou acções de informação e aconselhamento em inovação e transferência de tecnologia», explicou a entidade.

Tomás Leiria Pinto eleito para um novo mandato na presidência da ADFERSIT

Tomás Leiria Pinto foi eleito para um novo mandato à frente da presidência da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento dos Sistemas Integrados de Transportes (ADFERSIT).

A eleição decorreu no dia 27 de Maio, mas só agora a associação revelou os resultados do plebiscito, ao qual se candidatou apenas uma lista, liderada por Tomás Leiria Pinto. Alem de Tomás Leiria Pinto, compõem a Direcção Natércia Cabral e José Maia, como vice-presidentes, José Pena, Francisco Rosa, Paulo Marques e Carlos Leão Mendes, enquanto vogais. Rui Lucena e Carlos Rodrigues na condição de suplentes.

A 12 DE JULHO

Cidades Atlânticas prepararam Assembleia Geral em Viana do Castelo

O comité executivo das Cidades Atlânticas reuniu-se dia 7, através dos meios digitais, para preparar a próxima Assembleia Geral, a acontecer em Viana do Castelo no dia 12 de julho. O encontro serviu também para apreciação do concurso Atlantic Heritage City.

Na Assembleia Geral será debatido o Corredor Atlântico Europeu, num encontro que contará com a presença do coordenador europeu para este projeto de ligação ferroviária da fachada atlântica norte. Será também discutida a importância das Cidades Atlânticas e a conetividade no reforço da coesão territorial e na dinamização das atividades portuárias associadas.

Associação 4Shipping (A4S):

32 entidades unem forças para apoiar a aposta na Economia Azul

Um grupo de trinta e duas entidades ligadas ao mar, em nome pessoal ou coletivo, constituíram a A4S - Associação 4Shipping, com o objetivo de apoiar o desenvolvimento dos subsetores tradicionais e emergentes da economia azul, em que Portugal possui ou pode ganhar vantagens competitivas, designadamente: transporte marítimo e serviços conexos, construção e reparação naval, energia oceânica, biologia marítima, dessalinização, defesa marítima e meios fixos submarinos.

Total: 309
[1] 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16