Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




Infraestruturas de Portugal lança obra na linha ferroviária de Leixões

A Infraestruturas de Portugal (IP) lançou um concurso público para as obras de estabilização de taludes na linha ferroviária de Leixões e o sistema de concordância de Gemil. Segundo a empresa liderada por António Laranjo, o investimento previsto neste projeto é de 3,2 milhões de euros, “no reforço das condições de segurança e circulação ferroviária”.

QUARTEIRA DE OUTROS TEMPOS

Dê-me a mão, sr. banheiro

Em Quarteira, a época balnear abria pelo São João, dia da celebração do “banho santo”. O acontecimento atraía gentes da serra até ao mar, e as imagens de 1965 ainda mostravam um areal a perder de vista. Os banheiros ou nadadores-salvadores recebiam 5$00 por cada banho. “Só tinham que segurar as pessoas pelas mãos e fazê-las mergulhar ao mesmo tempo. Claro que não sabiam nadar...”

Divulgado em Diário da República o novo Regulamento de Exploração e Utilização da Via Navegável do Douro

Foi divulgado em Diário da República o novo Regulamento de Exploração e Utilização da Via Navegável do Douro (VND), que estabelece normas e procedimentos de uso da via fluvial, sob a jurisdição da Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL). O anterior regulamento datava de 1998.

Questões relacionadas com normas especiais, nomeadamente quanto à navegação em condições atmosféricas diversas como nevoeiro e tempestades, ou com regras da sinalização, foram anunciadas neste regulamento de forma a serem cumpridas por todos os operadores que atravessem esta área fluvial.

Estratégias para as bacias marítimas:

Mares que circundam as regiões ultraperiféricas da Europa

A UE tem o maior território marítimo do mundo, com uma zona económica exclusiva de 25 milhões de km². As regiões ultraperiféricas contribuem para legitimar a política da UE de codesenvolvimento sustentável dos oceanos.
Localizadas em rotas ou estreitos de navegação, as regiões ultraperiféricas ocupam uma posição importante para o comércio e desempenham um papel significativo na vigilância das águas costeiras (combate à pesca ilegal, pirataria e tráfico de drogas) e na melhoria da segurança do transporte.

ENTREVISTA À MINISTRA DO MAR

Portugal está a posicionar-se no grupo líder de países que defendem uma economia azul competitiva e sustentável

EM ENTREVISTA AO "PAÍS POSITIVO", A MINISTRA DO MAR, ANA PAULA VITORINO, EXPLICA OS EIXOS ESTRATÉGICOS PARA POTENCIAR A ECONOMIA DO MAR.

AÇORES

Vasco Cordeiro destaca importância do transporte marítimo para o fomento da coesão regional e criação de um «mercado interno»

O Presidente do Governo Regional dos Açores destacou, no Faial, a importância do transporte marítimo de passageiros e de viaturas, incluindo carga rodada, enquanto fomento da coesão regional, de criação de “um autêntico mercado interno”, salientando os resultados já alcançados e o potencial futuro da opção estratégica que foi tomada pelo Governo dos Açores nesta área.

FIGUEIRA DA FOZ

Plano estratégico para preservar zona do Salgado

Um conjunto de entidades reuniu na Incubadora de Empresas, numa iniciativa da Câmara Municipal e conselho consultivo da Associação de Produtores de Sal da Figueira, «para reflectir sobre temas como os acessos à zona do salgado, a preservação do ecossistema, como manter a tradição de produção artesanal de sal, sem perder de vista a modernidade». Mas a forma como se pode aligeirar a actividade do marnoto, «uma profissão pesada», também esteve em cima da mesa, explica Margarida Perrolas.

Marinha Portuguesa presente na 5.ª Feira Internacional de Emprego & Carreiras Trabalhar num Navio

A Marinha Portuguesa vai estar presente na 5ª Feira Internacional de Emprego & Carreiras Trabalhar num Navio, que se realiza em Lisboa, no dia 15 de outubro. A sua equipa de recrutamento estará presente com o objectivo de apresentar as carreiras marítimas na Marinha, informando e orientando candidaturas.
 

CONSELHO DE MINISTROS APROVA SEGURANÇA PRIVADA ARMADA A BORDO DE NAVIOS

O Governo aprovou esta quinta-feira em Conselho de Ministros o decreto-lei que aprova o regime jurídico do exercício da atividade de segurança privada armada a bordo de navios que arvorem bandeira portuguesa e que atravessem áreas de alto risco de pirataria.

A necessidade deste regime prende-se com a circunstância de a pirataria ter um impacto significativo na segurança de pessoas e bens e no transporte marítimo do qual depende 90% do comércio mundial, pelo que a aprovação deste diploma visa garantir a segurança das pessoas e bens embarcados a bordo dos navios de bandeira portuguesa e, dessa forma, promover a competitividade do setor marítimo nacional.

Biotecnologia azul

A vida marinha adaptou-se para sobreviver nas condições ambientais extremas próprias dos oceanos. A biotecnologia azul pretende explorar e aproveitar a diversidade de organismos marinhos daí resultante para desenvolver novos produtos.

A exploração da biodiversidade marinha poderá permitir-nos desenvolver novos produtos farmacêuticos ou enzimas industriais capazes de suportar condições extremas e que, por essa razão, teriam um alto valor económico. A longo prazo, espera-se que o setor crie emprego altamente qualificado e oportunidades significativas a jusante.

Sector da Pedra utiliza cada vez mais o Porto de Leixões

De janeiro a maio de 2019, o Porto de Leixões expediu mais de 117 mil toneladas de pedra, um valor que reflete um aumento significativo face às quase 124 mil toneladas enviadas através deste porto no ano de 2018.

Os dados foram divulgados pela Administração dos Portos Leixões e Viana do Castelo (APDL) e estão integrados no balanço do primeiro semestre de 2019 do Porto de Leixões, que registou um movimento de 9,5 milhões de toneladas neste período.

PORTO DE SETÚBAL INVESTE 1,2 MILHÕES PARA MELHORAR INFRAESTRUTURAS

O Porto de Setúbal vai investir 1,2 milhões de euros na ampliação e melhoria de diversas infraestruturas de apoio às suas operações. Esta obra, que teve início segunda-feira, dia 19, e deve estar concluída até ao final do ano, vai possibilitar, entre outras melhorias, a criação de mais 83 lugares de espera e estacionamento, junto aos Terminais Multiusos Zona 2 e Roll-On Roll-Off.

A obra prevê o aumento da capacidade atual do parque de espera de pesados no Terminal TMS 2 de 17 para 61 lugares e do estacionamento de ligeiros de 48 para 87 lugares, dividido em dois parques. Também a portaria do terminal “Ro-Ro – Coelho da Mota” atualmente de carácter provisório, será demolida e substituída por nova portaria e edifício de apoio.

 

Nova geração de certificados electrónicos para o Mar ganha escala

A Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM), organismo sob a tutela do Ministério do Mar, tem vindo a acelerar a adopção dos certificados electrónicos como output dos seus processos, todos eles resultantes de pedidos dos seus clientes realizados on-line no Balcão Eletrónico do Mar (BMar).

Com subida de +9,6% até Junho, Terminal de Contentores de Leixões reforça quota de mercado

No balanço semestral, «o movimento de contentores aumentou 9,6% e chegou aos 344 mil TEU» em Leixões, frisa a concessionária do terminal. «Sublinhe-se, ainda, o facto de o tráfego de contentores em Leixões ser quase exclusivamente com o hinterland».

MINISTRA DO MAR:

Terminal Vasco da Gama «estará em funcionamento até final de 2022»

Em entrevista ao jornal ‘Observador’, Ana Paula Vitorino aborda o tema do novo terminal de contentores do Porto de Sines, cujas bases da concessão já foram aprovadas em Conselho de Ministros – a líder da pasta do Mar falou sobre o interesse de China e EUA nas potencialidades da futura infra-estrutura e adiantou que o processo de adjudicação poderá estar finalizado antes do final de 2020.

AÇORES

O segredo das mantas, ou como voar debaixo de água

O investigador do Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores (DOP) Jorge Fontes flutua ao sabor da corrente sobre os pináculos do monte submarino Princesa Alice. Encontra-se num dos mais famosos locais de mergulho do Atlântico Norte.

Dez metros mais abaixo, cerca de três dezenas de mantas nadam vagarosamente entre vários cardumes grandes de peixes pelágicos. Com quase três metros de envergadura, deslocam-se impulsionando lentamente as suas imponentes barbatanas peitorais semelhantes a grandes asas, parecendo voar nas águas cristalinas.

19 MIL TONELADAS DE TOROS DE MADEIRA PROVENIENTES DO BRASIL

Taizhou Pioneer em escala pioneira no Porto de Aveiro

  O Taizhou Pioneer atracou dia 6 de Agosto no Porto de Aveiro. Proveniente do Brasil, descarregou 19.259 ton de toros de madeira.
É a primeira vez que um navio proveniente desta região do globo, com esta tipologia de carga e dimensões (179,9 LOA), atraca em Aveiro.

AÇORES

Mestre Jaime Feijó já está a navegar no grupo central e será baptizado esta sexta-feira

  A empresa de transportes marítimos inter-ilhas revelou que o novo ferry da Atlânticoline, Mestre Jaime Feijó, integra, desde dia 5, a operação de transporte marítimo de passageiros e viaturas no Grupo Central.

REPORTAGEM

A explorar o oceano profundo dos Açores

Se existem lugares inacreditáveis neste planeta, um deles é o arquipélago mais recente da Macaronésia no extremo ocidental da Europa, a 1.360 quilómetros para oeste de Portugal continental. Composto por nove ilhas vulcânicas que emergiram das profundezas do oceano Atlântico Norte, os Açores são um paraíso para os olhos de qualquer um. O azul hipnotizante do mar e o verde gritante das montanhas reinam num cenário digno de um conto de fadas. No entanto, é a magia do seu universo subaquático que o torna verdadeiramente especial.

Empresa concessionária terá quatro anos para iniciar novo terminal do porto de Sines

A futura concessionária do terminal Vasco da Gama, no Porto de Sines, terá quatro anos para construir e colocar em operação as principais obras da nova infraestrutura, de acordo com as bases da concessão.

O diploma foi esta terça-feira publicado em Diário da República e impõe que a empresa ou consórcio que venha a ganhar a concessão para o novo terminal de contentores em Sines tenha «até ao final do 48.º mês subsequente à data da aprovação do projeto pela concedente (Administração do Porto de Sines – APS) para construir e colocar em operação um cais com o comprimento mínimo de 940 metros, uma área de terrapleno com a área mínima de 25 hectares e 10 pórticos de cais»

Total: 4090