Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




EUROPEAN MARITIME DAY E OCEANS MEETING 2019

LISBOA ACOLHE DOIS DOS MAIORES EVENTOS MUNDIAIS SOBRE OS TEMAS DO MAR

Quinta e sexta-feira, Lisboa será o centro do mundo para a discussão dos grandes temas dos Oceanos à escala global.
A capital portuguesa foi escolhida pela Comissão Europeia como palco para a edição de 2019 do Dia Europeu Marítimo (European Maritime Day), evento que decorre entre os dias 16 e 17 de maio, no Centro de Congressos de Lisboa (Praça das Indústrias, Lisboa).

EM MUNIQUE, DE 4 A 7 DE JUNHO

Portos de Aveiro e da Figueira da Foz marcam presença na Transport Logistic

Os portos de Aveiro e da Figueira da Foz vão estar presentes, pela segunda vez, na Transport Logistic, a decorrer em Munique, entre 4 a 7 de Junho.
Esta é a maior montra europeia do sector dos transportes e da logística da Europa, com a presença de mais de 2.200 expositores distribuídos por 10 pavilhões. Nela se cruzam os principais actores das cadeias de abastecimento, promovendo as suas actividades e dando a conhecer as actuais tendências do sector.

DESTINADO AO SECTOR DOS PORTOS E TRANSPORTE MARÍTIMO

ACELERADOR DA ECONOMIA DO MAR RECEBEU 87 INSCRIÇÕES DE 29 PAÍSES

Já encerraram as inscrições para o “Bluetech Accelerator Ports & Shipping 4.0”, um ambicioso e inovador programa de aceleração de startups ligadas à Economia do Mar. O programa recebeu um total de 87 inscrições, de 29 países diferentes.

Portugal e os Estados Unidos são os países mais representados, com 13 startups cada, seguidos pela Índia, com 10, e pela Alemanha e Reino Unido, com 5 e 4, respetivamente. Estes números dizem muito do alcance internacional desta iniciativa, ao mesmo tempo que ajudam a projetar Portugal como país inovador na área da economia do Mar em vários mercados.

EUA

Missão Alentejo Global Invest dedicou dia à promoção do Porto de Sines

A comitiva da Missão Alentejo Global Invest - Portos e Logística permaneceu, no dia 8 de Maio, em San Diego, onde aconteceram mais reuniões de interesse estratégico para o Porto e Município de Sines.

DE 25 A 28 DE SETEMBRO, NA FIGUEIRA DA FOZ

O mar e o desenvolvimento económico sustentável | «FigueiraSea»

A ACIFF - Associação Comercial e Industrial da Figueira da Foz, em parceria com a Câmara Municipal da Figueira da Foz, encontram-se a organizar a "FigueiraSea - Sustainable Expo Alliance", evento a decorrer na Praça do Forte, de 25 a 28 de Setembro.

ATRAVÉS DA LIGAÇÃO FERROVIÁRIA

Aço, do Porto de Aveiro para Vigo

Quinta-feira, 9 de Maio, saiu do Porto de Aveiro uma composição de 16 vagões carregada com 31 bobines de aço, com destino a Vigo.
É a segunda vez que esta ligação ferroviária se realiza em 2019, havendo fortes expectativas quanto à sua manutenção e até mesmo crescimento.

O Agente de Navegação responsável pelo agenciamento do navio foi a ICC – Navegação, S.A., tendo a operação portuária ficado a cargo da PTM – Ibérica.

UNGC CRIA REDE INTERNACIONAL DE ACELERAÇÃO DE STARTUPS PARA A SUSTENTABILIDADE DOS OCEANOS

O United Nations Global Compact (UNGC), através da sua plataforma dos oceanos, acaba de criar uma rede internacional de aceleração para promover o desenvolvimento de soluções tecnológicas que fomentem a sustentabilidade dos oceanos. Esta iniciativa que será coordenada pelo UNGC, desenvolverá o seu trabalho durante os próximos 24 meses, com a apresentação dos primeiros resultados previstos para Junho de 2020, durante a Conferência dos Oceanos da ONU que decorrerá em Lisboa.

Volume de negócios da Portos dos Açores aumenta 7,02% em 2018 para 20,9 ME

O volume de negócios da empresa pública Portos dos Açores, responsável pela gestão dos portos na região, foi de 20,9 milhões de euros em 2018, o que revela um acréscimo de 7,02%, anunciou a sociedade anónima.

Segundo uma nota de imprensa da Portos dos Açores, registou-se uma evolução "francamente positiva na generalidade das áreas nas quais exerce atividade", tendo-se verificado um acréscimo de 68,29% nos resultados líquidos face ao ano anterior, que se traduziu em mais 5,6 milhões de euros.

Dragagem em Santa Luzia permite a recolha de sete toneladas de lixo

A Docapesca concluiu os trabalhos de dragagem para o acesso marítimo aos cais flutuantes do porto de pesca de Santa Luzia, em Tavira, um investimento próximo dos 150 mil euros que permite o restabelecimento das condições de segurança, navegabilidade e de estacionamento de embarcações dos pescadores.
Durante os trabalhos foi possível recolher perto de sete toneladas de lixo que estavam no fundo desta bacia. Estes resíduos seguiram para tratamento em vazadouro, com os sedimentos arenosos a servirem para alimentar a Praia da Terra Estreita, de acordo com as orientações da APA/ARH.

CONCURSO AVANÇA ESTE MÊS

Dragagem em Vila Praia de Âncora avaliada em 1,5 ME

A Ministra do Mar anunciou dia 8 que o processo de dragagem no Porto de Vila Praia de Âncora, distrito de Viana do Castelo, está avaliado em 1,5 milhões de euros e que o concurso avança este mês.

"A dragagem prevista é no valor de 1,5 milhões de euros e a Polis Litoral Norte vai lançar o concurso ainda em maio e vai ser da responsabilidade da DGRM [Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos] assegurar o que vai competir à parte nacional", disse Ana Paula Vitorino.

NOVO MÁXIMO OBTIDO

Melhor primeiro quadrimestre de sempre no Porto de Aveiro

O movimento acumulado do Porto de Aveiro no primeiro quadrimestre de 2019 foi de 1 816 332 toneladas, valor que constitui novo máximo no que diz respeito ao tráfego de mercadorias neste período do ano. O anterior máximo, estabelecido em 2018, foi ultrapassado em 1,64%.

Tanto no fluxo de exportação como no de importação foram alcançadas variações positivas de relevo. As exportações atingiram 537 338 toneladas, mais 3,55% do que em 2018, tendo as importações crescido 0,84%, para 1 278 995 toneladas.

Missão portuguesa promove investimento no Porto de Sines na Califórnia

A atracção de investimento industrial e a promoção de Sines como porto de entrada na Europa são objectivos da Missão Alentejo Global Invest, que decorre até sexta-feira na Califórnia, revela o Presidente da AICEP Global Parques.

A comitiva portuguesa, que inclui o presidente da Câmara Municipal de Sines, Nuno Mascarenhas, e o presidente da Comunidade Portuária de Sines, Jorge D'Almeida, iniciou o roteiro no porto de Oakland, a 20 quilómetros de São Francisco, e vai passar pelos portos de San Diego, Los Angeles e Long Beach.

Futuro terminal Vasco da Gama em Sines deverá ser concessionado por 50 anos

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, anunciou esta quarta-feira, no parlamento, que o concurso para o futuro terminal Vasco da Gama em Sines, distrito de Setúbal, deverá ter um prazo de concessão de 50 anos.

“O concurso que vai ser lançado para o terminal Vasco da Gama prevê um prazo substancialmente superior a 30 anos. O investimento que vai ser feito aponta para prazos de amortização substancialmente superiores, o que quer dizer que o prazo, em princípio, vai ser de 50 anos”, disse Ana Paula Vitorino, em resposta aos deputados, durante uma audição parlamentar na comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas.

ESTA QUINTA-FEIRA, DIA 9

Ministra do Mar encerra Conferência «Governação e Sustentabilidade do Mar - Desafios Presentes e Prementes»

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, vai intervir esta quinta-feira, dia 9 de Maio, pelas 18h00, no Encerramento da Conferência “Governação e Sustentabilidade do Mar - Desafios Presentes e Prementes”.

O evento decorre no Auditório JJ Laginha, Edifício Sedas Nunes, do ISCTE, em Lisboa.
 

Porto de Setúbal: 1.º trimestre a crescer 5%

O Porto de Setúbal fechou o 1º trimestre de 2019 com um crescimento de 5% face ao período homólogo do ano anterior, representando um movimento total de 1,7 milhões de toneladas das quais mais de metade para exportação.

Este desempenho positivo face ao 1º trimestre de 2018 deve-se ao crescimento verificado na carga roll-on rol-off, com mais de 89 mil viaturas (crescimento de 18%), na carga contentorizada com 38 mil TEU (mais 0,7%), na fracionada sobretudo por produtos metalúrgicos (mais cerca de 13%) e nos granéis líquidos, essencialmente devido a produtos petrolíferos (mais 116,5%).

Projecto em andamento:

Porto de Sines com ligação à Polónia no âmbito do «transhipment» de GNL

A Ministra do Mar marcou presença no ‘Conselho de Energia UE-EUA, fórum de negócios de Gás Natural Liquefeito’, que decorreu a 2 e 3 de Maio. Em declarações aos jornalistas, à margem dos trabalhos, a governante declarou que Portugal se encontra a desenvolver projectos com outros países da União Europeia (UE) para o transporte de gás natural liquefeito (GNL).

Fornecimento de GNL: Porto de Sines em conexão com Gdansk

Entres esses países estão a Polónia e a Hungria. «Temos um projecto já a começar a ser concretizado que é com a Polónia, de termos dois portos ligados, o de Sines e o porto principal deles», desvendou a Ministra do Mar. O projecto é útil para a Polónia, uma vez que cria «uma alternativa relativamente ao fornecimento da Rússia, e que permite fazê-lo com uma redução substancial do número de emissões de ácido sulfúrico, partículas e de dióxido de carbono […] e com um custo de transporte que é menos de metade do que são as referências internacionais», explicou.

PORTO DE AVEIRO

PRIO em obras para crescer (ainda) mais

É no Terminal de Granéis Líquidos que se situa a maior empresa do distrito de Aveiro, a PRIO. Uma realidade que se deverá manter com os investimentos que está a promover actualmente, como explica, em entrevista, o administrador e responsável de Marketing, Paulo Leal.

PORTO DE AVEIRO

PTM Iberica é referência no sector marítimo-portuário

A operar no Porto de Aveiro desde 2014, a empresa é já uma referência no sector marítimo-portuário nacional e espanhol, mas prevê crescer mais com o negócio de contentores em Aveiro.
O grupo Pérez Torres Marítima, sediado em Marin (Espanha), é especializado em operações portuárias envolvendo todos os tipos de mercadorias, desde contentores, granéis, produtos siderúrgicos, carga geral e carga de projectos, entre outros. Com 55 anos de história, o grupo espanhol marca presença em numerosos portos em Espanha e, em Portugal, está presente no Porto de Aveiro, através da empresa PTM Ibérica, desde Julho de 2014.

BELT AND ROAD

Grécia pretende ajudar a reforçar os laços entre a China e a União Europeia

A Grécia é uma ponte e não uma fronteira entre o Ocidente e o Oriente, e é já um hub regional em crescimento que vem ganhando influência global, disse o primeiro-ministro grego Alexis Tsipras durante a realização do Fórum Belt and Road Initiative, ocorrido em Pequim – o encontro, recorde-se, contou igualmente com a participação do Presidente da República portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa.

Indústria marítima britânica alerta para efeitos da redução da velocidade dos navios

A UK Chamber of Shipping, uma associação representativa da indústria marítima do Reino Unido, considerou recentemente que a prescrição da redução da velocidade dos navios para reduzir as emissões de poluentes pelo transporte marítimo pode ser contraproducente.

A ideia não é nova nem desconhecida da Organização Marítima Internacional (IMO, no acrónimo em inglês), mas é controversa e não tem sido admitida pelas instâncias internacionais devido ao impacto económico que pode ter no sector. Todavia, com a aproximação das novas regras da IMO sobre emissões neste sector, já a partir de 2020, o tema volta a merecer a atenção da indústria.

Total: 3902