Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




Estratégias para as bacias marítimas:

Mares que circundam as regiões ultraperiféricas da Europa

A UE tem o maior território marítimo do mundo, com uma zona económica exclusiva de 25 milhões de km². As regiões ultraperiféricas contribuem para legitimar a política da UE de codesenvolvimento sustentável dos oceanos.
Localizadas em rotas ou estreitos de navegação, as regiões ultraperiféricas ocupam uma posição importante para o comércio e desempenham um papel significativo na vigilância das águas costeiras (combate à pesca ilegal, pirataria e tráfico de drogas) e na melhoria da segurança do transporte.

Marinha Portuguesa presente na 5.ª Feira Internacional de Emprego & Carreiras Trabalhar num Navio

A Marinha Portuguesa vai estar presente na 5ª Feira Internacional de Emprego & Carreiras Trabalhar num Navio, que se realiza em Lisboa, no dia 15 de outubro. A sua equipa de recrutamento estará presente com o objectivo de apresentar as carreiras marítimas na Marinha, informando e orientando candidaturas.
 

Biotecnologia azul

A vida marinha adaptou-se para sobreviver nas condições ambientais extremas próprias dos oceanos. A biotecnologia azul pretende explorar e aproveitar a diversidade de organismos marinhos daí resultante para desenvolver novos produtos.

A exploração da biodiversidade marinha poderá permitir-nos desenvolver novos produtos farmacêuticos ou enzimas industriais capazes de suportar condições extremas e que, por essa razão, teriam um alto valor económico. A longo prazo, espera-se que o setor crie emprego altamente qualificado e oportunidades significativas a jusante.

AÇORES

O segredo das mantas, ou como voar debaixo de água

O investigador do Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores (DOP) Jorge Fontes flutua ao sabor da corrente sobre os pináculos do monte submarino Princesa Alice. Encontra-se num dos mais famosos locais de mergulho do Atlântico Norte.

Dez metros mais abaixo, cerca de três dezenas de mantas nadam vagarosamente entre vários cardumes grandes de peixes pelágicos. Com quase três metros de envergadura, deslocam-se impulsionando lentamente as suas imponentes barbatanas peitorais semelhantes a grandes asas, parecendo voar nas águas cristalinas.

REPORTAGEM

A explorar o oceano profundo dos Açores

Se existem lugares inacreditáveis neste planeta, um deles é o arquipélago mais recente da Macaronésia no extremo ocidental da Europa, a 1.360 quilómetros para oeste de Portugal continental. Composto por nove ilhas vulcânicas que emergiram das profundezas do oceano Atlântico Norte, os Açores são um paraíso para os olhos de qualquer um. O azul hipnotizante do mar e o verde gritante das montanhas reinam num cenário digno de um conto de fadas. No entanto, é a magia do seu universo subaquático que o torna verdadeiramente especial.

A foca mais rara à face da Terra encontra-se na Madeira

Navegando nas águas envolventes de uma ilha paradisiacamente florestada, a tripulação da caravela que se encontrava sob comando de João Gonçalves Zarco, Tristão Vaz Teixeira e Bartolomeu Perestrelo, os melhores navegadores e cartógrafos portugueses do início do século XV, mostrou-se perplexa. O som intenso e assustador semelhante a uivos de lobos que provinha daquelas margens rochosas despertava um misto de emoções. Repletos de medo, mas movidos pela curiosidade, estes marinheiros foram ao encontro do que seria o primeiro contacto do povo lusitano com uma população de lobos-marinhos.

Porto da Figueira da Foz: A porta de entrada para uma região de tradição turística

Assumindo-se como um porto de importância regional que serve o Centro do país, o Porto da Figueira da Foz pode receber navios de cruzeiro de pequeno porte e conta com uma marina com 350 postos de amarração.
É, sem dúvida, uma das portas de entrada para uma cidade com forte tradição e vocação para o turismo. Situando-se na foz do Rio Mondego, e contando com infra-estruturas ligadas ao setor turístico – a marina e o porto comercial – o Porto da Figueira da Foz encontra-se bem dotado dos serviços essenciais para movimentar e receber todo o tipo de navios.

BSafe4Sea quer controlar segurança marítima

O ISEL, juntamente com a Faculdade de Ciências e o Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) são os responsáveis pelo projecto BSafe4Sea. A iniciativa pretende desenvolver, aplicar e testar metodologias de previsão do comportamento estrutural de quebra-mares de talude, a base de um sistema inovador de apoio à decisão.

REPORTAGEM DE PEPE BRIX

Em busca das grandes manchas de atum ao largo dos Açores

Passaram quase dois meses desde a largada da traineira Mestre Soares de Vila do Porto, em Santa Maria. Foram dois meses de teste à paciência dos onze pescadores a bordo, concentrados como sardinhas em lata nesta traineira de 16,2 metros. O navio é exíguo – um sussurro à proa ouve-se na popa. Mas o pior é a espera.

CIÊNCIA VIVA - 1 DE AGOSTO

O exotismo da biodiversidade na marina do Parque das Nações

As marinas de recreio são portas de entrada para espécies que viajam incrustadas nos cascos das embarcações. São locais privilegiados para observar a biodiversidade aquática, incluindo as espécies nativas e exóticas. Percurso nos passadiços da marina do Parque das Nações, para observação e identificação de organismos que vivem nos flutuadores, cabos e bóias.

ESTA SEGUNDA-FEIRA

MINISTRA DO MAR APRESENTA O OCEAN CAMPUS, PROJECTO DE 300 MILHÕES DE EUROS

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, apresenta esta segunda-feira, dia 22 de julho, pelas 10h00, o “Ocean Campus Portugal”, projecto de requalificação urbana e ribeirinha de toda a área entre Pedrouços (Lisboa) e Cruz Quebrada (Oeiras).

Nesta cerimónia será igualmente lançado o concurso da Marina de Pedrouços e inaugurada a Ciclovia do Mar, dois projectos relevantes no âmbito do “Ocean Campus”.

Encomendas de navios com declínio recorde

No segundo trimestre de 2019 as encomendas de navios desceram para os níveis mais baixos de que há registo. Segundo a VesselsValue, os navios graneleiros apresentaram uma descida de 73% em comparação com o primeiro trimestre de 2018.

Corveta da Marinha ruma aos Açores para mais uma missão

O NRP João Roby largou sexta-feira da Base Naval de Lisboa para mais uma missão na Zona Marítima dos Açores, integrando o Dispositivo Naval Permanente naquele arquipélago e onde permanecerá até ao dia 18 de setembro. O NRP João Roby rende o NRP Viana do Castelo que após terminar a missão irá navegar rumo a Lisboa.

Movimento de passageiros dos Portos do Funchal e Porto Santo cresceu 90% em 15 anos

São 57 anos, embora a APRAM só tenha começado a celebrar o aniversário do Porto do Funchal, instituindo o ‘Dia do Porto’, em 2017. Mas ele foi inaugurado a 18 de Julho de 1962, e desde então a baía do Funchal recebe navios e navegadores, entre eles turistas que, nas palavras da presidente do Conselho de Administração da APRAM, “quebraram o isolamento e trouxeram o cosmopolitismo à nossa cidade”.

SINES

ALCANÇADO ACORDO PARA EXPANSÃO DO TERMINAL XXI COM INVESTIMENTO PRIVADO DE 547 MILHÕES DE EUROS

Foi dado mais um importante passo na concretização da “Estratégia para o Aumento da Competitividade da Rede de Portos Comerciais do Continente - Horizonte 2026”, aprovada pelo XXI Governo Constitucional através da RCM n.º 175/2017, de 24 de novembro de 2017, na componente prevista para o Porto de Sines, com o acordo assinado esta quarta-feira que permitirá a concretização da 3ª fase de expansão do Terminal XXI.

Este acordo, assinado no seio da comissão de negociação nomeada pela Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, representa um investimento global de 547 milhões de euros, totalmente privado, a concretizar pelo concessionário, a PSA Sines, ao longo do prazo do contrato de concessão, que compreende não só a expansão do cais de acostagem e respetivos equipamentos de movimentação, mas também a manutenção, substituição e renovação de equipamentos já instalados nas fases anteriores.

 

Primeiro-Ministro destaca investimento nas ligações de Sines a Espanha e de Leixões à Galiza

A 15 de Julho, António Costa elogiou os investimentos previstos para a ferrovia nacional, considerando as obras de modernização da Linha do Douro, inauguradas nesse dia, «uma das peças importantes do grande programa ferrovia 2020». O Primeiro-Ministro enalteceu também a aposta nas ligações do Porto de Sines a Espanha e do Porto de Leixões à Galiza.

PORTO DE LISBOA RECEBE CARGA DE PROJECTO COM DESTINO A VIALONGA

Uma operação com carga de grandes dimensões ocorreu esta semana no Terminal Multiusos do Beato (TMB), localizado na Plataforma Oriental do Porto de Lisboa.
A descarga de 10 reservatórios de grande dimensão - com 25.00mx7.30mx7.50m e 40 toneladas, cada - oriundos de uma das fábricas da Heineken, localizada na Sérvia, e embarcados no porto romeno de Constança, no navio “FWN SPLENDIDE”, o qual foi agenciado pela Portmar, Lda., terá como destino final a fábrica de cerveja da Sociedade Central de Cervejas e Bebidas (SCC), localizada em Vialonga, no Concelho de Vila Franca de Xira.

Gaspar, o primeiro golfinho boto-branco ibérico, tem visitado as praias do Porto e Matosinhos

O primeiro golfinho boto-branco registado na Península Ibérica tem visitado as praias do Porto e de Matosinhos e, além de ser bastante "sociável", os pescadores acreditam tratar-se de uma fêmea por já o terem avistado com um filhote.

Ligação fluvial de mercadorias

Ministra do Mar destaca a intermodalidade

A intermodalidade foi outra das questões levantadas por Ana Paula Vitorino na cerimónia de assinatura do Memorando de Entendimento relativo à Renegociação do Contrato de Concessão do Terminal de Contentores de Alcântara.

“Estima-se que a repartição modal relativa à ferrovia, atualmente na ordem dos 10%, venha a atingir os 25% no decorrer do projeto. E relativamente ao tráfego fluvial, com a dinamização do transporte de contentores por barcaças, estima-se que venha a venha a absorver 35 mil contentores por ano no final do projeto”, esclareceu a ministra do Mar.

LÍDIA SEQUEIRA:

Acordo APL-Yilport Liscont é «solução equilibrada para ambas as partes»

Lembrando que o porto lisboeta «movimenta, em média, 12 milhões de toneladas por ano, essencialmente granéis sólidos e carga contentorizada, sendo que dos cerca de 5 milhões de toneladas de carga contentorizada, mais de 40% passam pelo Terminal de Alcântara», Lídia Sequeira enfatizou a «a importância deste contrato de serviço público, através do qual se estabelecem regras e princípios, que adequem a exploração do Terminal aos objectivos pretendidos pela concedente». O consenso, reforçou, abrange as alterações a introduzir no clausulado do Contrato de Concessão em Vigor e respectivos anexos, designadamente nos relativos ao plano de investimentos apresentado pela Liscont.

Total: 3902