Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




LISBOA

Portos e Concorrência em debate no dia 18 de Fevereiro

A Transportes em Revista, em parceria com a SRS Advogados, realiza, no dia 18 de fevereiro, a conferência “Portos e Concorrência”, a ter lugar no VIP Grand Hotel, em Lisboa. Composta por três painéis, a sessão tem como objetivo ouvir diversos agentes e entidades do setor marítimo-portuário nacional e questionar a sua visão relativamente ao mercado e à concorrência.

ATÉ NOVEMBRO DE 2018

Portos batem record de contentores movimentados

Até novembro de 2018 foram movimentadas 85 milhões de toneladas de carga nos portos nacionais, menos 3,9 milhões de toneladas (-4,4%) que em igual período de 2017. Segundo a AMT – Autoridade da Mobilidade e dos Transportes, esta quebra foi influenciada pela diminuição da importação de Petróleo Bruto e Carvão. No entanto, apesar deste resultado, nunca se movimentaram tantos contentores nos portos nacionais como em 2018.

Maioria dos portos britânicos não está preparada para o «Brexit»

Independentemente de serem detidos por grupos privados ou de serem geridos por entidades públicas, cerca de 80% dos responsáveis questionados neste inquérito efetuado pela Odgers Berndtson admitem ter feito pouco ou nenhum planeamento em relação ao cenário pós-‘Brexit’.

Navios de mercadorias no Porto de Lisboa até 1 de Fevereiro

Prevêem-se 27 escalas de navios de mercadorias para o período de 26 de Janeiro a 1 de Fevereiro. Por classificação, chegarão ao Porto de Lisboa, 15 porta-contentores, 4 carga geral single deck, 3 tanques, 2 graneleiros, 1 misto – carga geral / contentores, 1 ro-ro e um carga geral multi deck.
Destacamos esta semana o navio “SEASPAN LONCOMILLA”.

Carga carregada no Porto das Velas cresce 50 por cento

O Porto das Velas de São Jorge registou um crescimento de 50% na carga carregada de 2009 para 2017, de 6.800 para 10.000 toneladas, diminuindo as mercadorias descarregadas de 67 para 64 mil, anunciou o Governo dos Açores.

Investimento na ferrovia: lLnha de Leixões entre as prioridades, afiança Pedro Marques

Numa altura em que a ferrovia nacional está em voga, devido ao anúncio da construção de um novo terminal rodo-ferroviário, localizado em Vila Nova de Famalicão, Pedro Marques, líder da pasta do Planeamento e das Infra-estruturas, afirmou que está em andamento «o reforço da dinâmica económica e da capacidade de atracção de investimento industrial no Norte», estratégia na qual o novo terminal será importante, frisou.

Ministra diz que APDL reclamará o que for do Estado na Arrábida

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, garantiu que Administração do Porto do Douro e Leixões tem de exercer “todos os direitos e obrigações relativamente a uma parcela de terreno”, integrada num empreendimento urbanístico junto à Ponte da Arrábida, se se conprovar que ela é do Estado, e que foi indevidamente apropriada por privados.

Respondendo, na Comissão da Agricultura e do Mar do Parlamento, a uma pergunta da deputada Maria Manuel Rola, do Bloco de Esquerda, Ana Paula Vitorino deixou claro que “a APDL tomará decisões do foro jurídico sobre esta matéria e sujeitar-se-á às decisões dos tribunais”.

Porto de Leixões: Eficiência operacional e polivalência

O Porto de Leixões é um dos principais portos portugueses e uma das infraestruturas portuárias mais competitivas do Noroeste Peninsular, que serve os seus clientes com elevada eficiência operacional, polivalência, fluidez e conectividade

AÇORES

Orçado em 23 milhões de euros | Inaugurado novo Porto Comercial de Velas

O Presidente do Governo inaugurou as obras de reordenamento e ampliação do Porto de Velas, um investimento de cerca de 23 milhões de euros, onde apelou às entidades públicas e privadas de São Jorge para que contribuam para fazer desta infra-estrutura “uma ferramenta moderna e eficaz” ao serviço do desenvolvimento da ilha.

EDUARDO DA SILVA MARTINS:

Linha regular de contentores pode dar mais força ao Porto de Aveiro

O Porto de Aveiro “tem potencialidades para desenvolver um projeto muito sustentável” para criar uma linha regular de contentores. Opinião dada por Eduardo da Silva Martins docente e coordenador no ISCIA, em Aveiro, onde é responsável pelo Departamento de Tecnologias do Mar, que dá formação nas áreas dos transportes, logística e a segurança.

APDL vai reclamar terreno na Arrábida onde está a ser construído prédio de dez pisos

A APDL vai litigar o terreno em que está a ser construído o edifício da Arcada, na escarpa da Arrábida, cuja construção foi parada depois de o promotor ter sido notificado do embargo pedido pelo Ministério Público.

"A APDL [Administração dos Portos do Douro e Leixões e Viana do Castelo] irá litigar pela posse da parcela de terreno em que está a ser construído o edifício da Arcada, na escarpa da Arrábida, cuja propriedade pode legitimamente reivindicar através dos meios judiciais, a partir da consistente base documental de que dispõe", lê-se no comunicado.

PORTO DE AVEIRO: UM PORTO COM FUTURO

2018 regista novos máximos históricos

O ano de 2018 terminou com um novo máximo histórico no número de navios entrados e no volume de mercadorias movimentadas no Porto de Aveiro. Foram registados 1.116 navios , ou seja, um número 5,78% superior ao do ano anterior, com um Gros Ton Total e com um Comprimento Total dos navios também superiores aos de 2017 em, respectivamente, +11% e +7,47%, que espelham bem a tendência do mercado para a utilização de navios cada vez maiores e com maior capacidade de carga.

A carga movimentada ascendeu a 5.624.491 ton, 46,18% das quais foram granéis sólidos, 28,48% carga geral fraccionada e 25,33% granéis líquidos.

Sines ganha «Observatório do Mar» | Investimento de 2,8 milhões de euros

O Município de Sines viu aprovada, pelo Alentejo 2020, a operação ‘Observatório do Mar’, num investimento de de 2,8 milhões de euros, cofinanciado à taxa de 85% por fundos da União Europeia. O investimento prevê a recuperação dos edifícios dos antigos armazéns da Ribeira, que serviam de apoio à pesca artesanal e configuraram parte das estruturas defensivas do antigo porto de pesca em Sines.

MINISTRA DO MAR:

Governo quer manter «relação facilitada» entre portos portugueses e britânicos

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, disse, no parlamento, que quer manter uma "relação facilitada" entre os portos portugueses e os portos britânicos, tendo o Governo preparado vários planos nesse sentido.

"Queremos continuar a ter uma relação facilitada entre os nossos portos e os do Reino Unido", afirmou Ana Paula Vitorino, durante uma audição parlamentar na Comissão de Agricultura e Mar.

ANÚNCIO ESTÁ A GERAR UM AMBIENTE POSITIVO

Governo apresenta nova ferrovia Aveiro-Mangualde

O anúncio do plano de construção do corredor ferroviário Aveiro-Mangualde (Viseu), anunciado pelo primeiro-Ministro, António Costa, um investimento de 650 milhões de euros incluído no pacote de infraestruturas públicas do Programa Nacional de Investimentos 2030 (PNI 2030), está a gerar um ambiente positivo devido à abertura de um caminho novo para as exportações do Centro-Norte em direcção à Europa.

FIGUEIRA DA FOZ

MAREFOZ na vanguarda da investigação a nível internacional

O Marefoz, integrado no MARE-Centro de Ciências do Mar e do Ambiente e ligado à Universidade de Coimbra, está na vanguarda da investigação ambiental e estuarina e na transferência de conhecimento para a economia. O laboratório, instalado há três anos na Incubadora de Empresas da Figueira da Foz, trabalha em rede com outros centros de investigação nacionais e estrangeiros em programas científicos inovadores, além de desenvolver projectos próprios.

MINISTRA DO MAR:

Integração de estivadores precários de Setúbal é motivo de orgulho

"Temos hoje uma situação no Porto de Setúbal diferente da que tínhamos em 29 de novembro [altura em que foi acionado o requerimento do PCP para audição da ministra]. É uma situação que nos orgulha enquanto responsáveis políticos", disse Ana Paula Vitorino, durante uma audição parlamentar na Comissão de Agricultura e Mar.

APRESENTADA NO PORTO DE LISBOA

Navaltagus constrói embarcação multifunções destinado ao Uruguai

A Navaltagus empresa do Grupo ETE, construiu uma embarcação multifunções destinada à empresa Transfluvial Navegación TFN do Uruguai, empresa responsável pelo abastecimento de madeira à Montes del Plata, uma das maiores fábricas de celulose e pasta de papel do mundo.

O navio foi construído num tempo «muito curto», seis meses, pela Navaltagus, empresa engenharia, construção e reparação naval do Grupo ETE, que detém dois estaleiros no Tejo, um na margem norte e outro na margem sul, responsáveis por 85 docagens anuais e diversos projectos de construção e reparação naval.

Açores aprova proposta para alteração da Lei de Bases do Ordenamento do Espaço Marítimo Nacional

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia dos Açores reiterou, na Horta, que o Governo dos Açores “pugna para que as competências da Região sejam reconhecidas” na Lei de Bases de Ordenamento e Gestão do Espaço Marítimo Nacional. Gui Menezes falava na Assembleia Legislativa durante o debate da anteproposta de lei para a alteração daquela lei de bases, iniciativa que foi aprovada.

Ministra do Mar aponta navegabilidade do Tejo dentro de um ano

Ana Paula Vitorino quer que os estudos dos canais de navegação, que serão também entre as duas margens, estejam concluídos até março. Já a plataforma de Castanheira do Ribatejo do grupo ETE terá a primeira fase pronta no primeiro semestre.

Total: 3660