Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




ATÉ 2 DE AGOSTO

«SAGRES» em Ponta Delgada

O N.R.P. “Sagres” está em Ponta Delgada, até 2 de Agosto, atracado no cais das Portas do Mar. Após a escala em S. Miguel, o navio praticará o porto da Horta, no Faial, de 03 a 06 de Agosto. 

AEP relança directório de empresas exportadoras

Procurando afirmar-se como agregador multissectorial para a internacionalização, a Associação Empresarial de Portugal (AEP) está a ultimar uma nova edição do directório de empresas exportadoras portuguesas, intitulado "Exportar para expandir".
A editar em suporte digital e posteriormente online, a versão 2011 do directório reúne informação sobre cerca de 600 empresas nacionais, de vários sectores de actividade, dando conta dos seus produtos e serviços, principais mercados de exportação, e respectivas marcas e representações. A apresentação deverá ocorrer no início do quarto trimestre.

PORTO DE LEIXÕES

Mercadorias movimentadas pela ferrovia registaram um aumento de 60%

O movimento de mercadorias por via ferroviária no Porto de Leixões cresceu 60% no primeiro semestre de 2011, em relação ao período homólogo de 2010. Num semestre em que atingiu um novo valor recorde no volume de mercadorias exportadas, o Porto de Leixões atingiu as 175 mil toneladas de mercadoria movimentada por ferrovia, comprovando a crescente intermodalidade daquela estrutura portuária.

NO PRIMEIRO SEMESTRE DO ANO

Porto de Lisboa reduz passivo em 8,6M€

Durante o primeiro semestre de 2011, a APL – Administração do Porto de Lisboa, reduziu o seu passivo remunerado em cerca de 8,6 milhões de euros, o que corresponde a um decréscimo de 5,9 por cento.” Este facto merece realce, não só por traduzir uma inversão da tendência em relação a anos anteriores, mas sobretudo por estar inserido num contexto de forte investimento (até Junho foram investidos cerca de 6,5 milhões de euros)” anunciou aquela infraestrutura portuária.

HOJE, 28 DE JULHO

Aveiro debate projecto de intermodalidade E-80, do programa Marco Polo II

O Porto de Aveiro leva a efeito hoje, quinta-feira, 28 de Julho, dois workshops do projecto “Intermodality E-80”, que se insere no Programa Marco Polo II, no âmbito das medidas de aprendizagem comuns.
Os grupos de trabalho envolvidos no projecto - e nos quais participam os principais stakeholders da cadeia logística de transporte -, preconizam, em termos globais, a promoção da integração do transporte marítimo de curta distância (SSS – Short Sea Shipping) em serviços porta a porta, como uma alternativa que pode ser competitiva relativamente à utilização unimodal do transporte rodoviário no corredor E-80.
 

NO SEMESTRE

Porto de Setúbal cresce 3,7%

No primeiro semestre, o Porto de Setúbal cresceu 3,7% no movimento de mercadorias, comparativamente ao período homólogo de 2010, tendo operado cerca de 3,5 milhões de toneladas, das quais cerca de 1,9 milhões de toneladas corresponderam a exportações, ou seja 55% desse volume.

PRIMEIRO SEMESTRE DE 2011

Horizon View cresce 17%

A Horizon View, detentora da Orey Shipping, Atlantic Lusofrete, Storkship, Mendes & Fernandes e com uma joint-venture com a CMA-CGM, alcançou no primeiro semestre deste ano vendas na ordem dos 20,5 milhões de euros, o que corresponde a um crescimento de 17% face a idêntico período de 2010.

LISBOA

Autoridade de Transportes cria website

A Autoridade Metropolitana de Transportes de Lisboa (AMTL) já está online. A página web da AMTL, recentemente construída, dispõe de diversas áreas para consulta, não só relativamente à estrutura orgânica desta entidade, como também da legislação em vigor, protocolos estabelecidos, contratação pública, concessões e documentos orientadores. Além disso, dispõe ainda de uma rúbrica dedicada a notícias e ligações aos sites do Transporlis e de todos os operadores públicos e privados da área metropolitana de Lisboa.

PORTO DE SESIMBRA

Concluída construção da Ponte Cais nº 3

Foi concluída a construção da Ponte Cais nº 3 no Porto de Pesca de Sesimbra, numa empreitada executada pela empresa Irmãos Cavaco, SA que terminou, no dia 24 de Junho, com a finalização da colocação dos acessórios indispensáveis ao correcto funcionamento do cais.

Incubadora de empresas «do mar» avança em Leixões

Dentro de dois anos, o porto de Leixões albergará uma incubadora de empresas criadas com base na investigação realizada no Pólo do Mar da Universidade do Porto. O concurso para a adaptação do edifício foi agora lançado.
O investimento previsto é de 3,1 milhões de euros e será suportado pela Universidade do Porto, através da UPTEC – Associação de Transferência de Tecnologia da Asprela. A APDL cede o edifício, localizado nas imediações da sede da administração portuária e do centro de formação.

Tarros Line reforça serviço em Setúbal

O Vento di Tramontana é o terceiro navio da Tarros Line que vem reforçar o serviço que liga Setúbal ao Mediterrâneo, doravante com uma periodicidade semanal.
O Vento di Tramontana junta-se ao Vento di Zefiro e ao Vento di Nortada (assim baptizado em homenagem a Portugal), mas é maior que aqueles dois porta-contentores. Com 155 metros de comprimento, 25 metros de largura, 9 metros de calado e 14 380 toneladas de tonelagem bruta, pode transportar até 1 200 TEU.

Deputado brasileiro visita o Porto de Sines

O Porto de Sines recebeu, no dia 22 de Julho de 2011, a visita de Frederico Cantori Antunes, deputado à Assembleia Legislativa do Estado de Rio Grande do Sul, no Brasil. Esta visita teve como objectivo aprofundar o conhecimento do governante brasileiro sobre a principal infra-estrutura portuária portuguesa, uma vez que uma das áreas de trabalho do deputado estadual é, precisamente, o sector dos transportes.

Aviso do Porto de Lisboa

A APL, dentro das suas atribuições, e no respeito pelo princípio de colaboração institucional, tem vindo a cooperar com o Município de Lisboa no sentido de criar condições adequadas ao desenvolvimento de políticas que contribuam para a valorização do Estuário do Tejo e para a Relação Porto-Cidade.

Receitas turísticas cresceram 8,4% até Maio

Nos primeiros cinco meses do ano, os turistas estrangeiros foram responsáveis por receitas turísticas no valor de 2.590 milhões de euros, mais 200,7 milhões de euros do que no mesmo período do ano passado, segundo os dados agora divulgados pelo Banco de Portugal.
A subida das receitas do turismo até Maio representa um crescimento de 8,4% face aos primeiros cinco meses do ano passado, confirmando assim “a consolidação do crescimento do turismo em Portugal”, sublinha o Turismo de Portugal (TP) em comunicado.
 

CSAV e MSC celebram acordo para quatro serviços regulares

A chilena CSAV Container Line e a MSC Mediterranean Shipping Company vão operar em conjunto quatro serviços regulares no âmbito de um novo acordo ditado pela necessidade de racionalização dos transportadores oceânicos face ao excesso de capacidade, a procura e a diminuição das taxas de frete.

Instituto Português do Sangue vai à praia atrás do «dador-salvador»

Durante o mês de Agosto, o Instituto Português do Sangue vai estar em cinco praias nacionais a sensibilizar a população para a necessidade de dar sangue, sobretudo durante a época de veraneio, altura do ano em que se registam quebras nas recolhas.
As praias da Figueira da Foz, Póvoa do Varzim, Carcavelos, Monte Gordo e Quarteira fazem parte desta acção e vão ter, em permanência, uma unidade para colheita de sangue.
 

Porto de Roterdão quer significativas melhorias na rede europeia de hubs até 2030

O porto de Roterdão espera que em 2030 a Europa já tenha uma rede interna de hubs logísticos desenvolvida, pelo que considera essencial que as diferentes partes envolvidas na cadeia logística unam esforços para melhorar as acessibilidades e as ligações.
Na Holanda e no noroeste da Europa, a rede de hubs logísticos ligados a Roterdão, por rodovia, ferrovia e via marítima precisam ainda de ser desenvolvidas, de forma a transportar a carga de forma mais rápida e eficiente.

APS e CP Carga assinam protocolo de colaboração

A CP Carga S.A. e a Administração do Porto de Sines S.A. assinaram um protocolo de colaboração com o objectivo de desenvolver soluções logísticas de base marítimo-ferroviária, que possam potenciar a competitividade do porto.
Esta colaboração permite expandir as oportunidades de negócio, com a criação de novas soluções logísticas integradas, promovendo a expansão da área geográfica do mercado ao espaço internacional, com particular relevância à escala Ibérica.

MANUEL PINTO DE ABREU, SECRETÁRIO DE ESTADO DO MAR:

Governo exige «melhorias» na reforma da política de pescas

O Secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto Abreu, indica que o abate de embarcações, proposto agora por Bruxelas, "não é prioritário" para Portugal. A proposta de reforma da Política Comum das Pescas apresentada em Bruxelas pela Comissão Europeia "pode ser melhorada quanto à dimensão social, à governança e regionalização, ao desenvolvimento da aquicultura", avalia o Secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto Abreu, em declarações ao Diário Económico.

Concessões portuárias renderam 59 milhões em 2010

As 32 concessões do sector portuário renderam ao Estado, no ano passado, 58,6 milhões de euros, sensivelmente o mesmo que em 2009. Sozinha, a TCL pagou 13,4 milhões de euros, o equivalente a 23% do total.
Os dados constam do relatório da Direcção-Geral de Tesouro e Finanças sobre as PPP e concessões, agora divulgado. Pouco ou muito, todas as concessões no sector portuário renderam dinheiro ao Estado no ano findo. E o previsto era que rendessem ainda mais: 62,2 milhões de euros.

Total: 4563
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 [192] 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229