Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




PORTO DE LISBOA

Linha da Grimaldi comemora 25 anos

A Grimaldi comemorou, a 11 de Novembro, o 25º aniversário da Linha regular que liga o Porto de Lisboa a Angola, tornando o transportador italiano num dos armadores com um historial mais antigo no porto lisboeta.
Recorde-se que a Grimaldi inaugurou uma linha regular de passageiros para o continente Americano pouco depois do fim da II Guerra Mundial e mantendo essa ligação durante perto de duas décadas.
Em meados dos anos 80, a Grimaldi iniciou estudos para incluir Portugal e Angola no seu serviço da Europa para África. No dia 11 de Novembro de 1986, pelas 19:00 horas, chegou a Lisboa o primeiro navio, fretado, "SEKI ROLETTE" a fim de carregar para Luanda.

Novo Canal do Panamá será oportunidade para os portos portugueses

O Auditório do Porto de Sines recebeu esta segunda-feira a 1.ª Conferência da Comunidade Portuária de Sines, subordinada ao tema “O impacto do novo canal do Panamá nos Portos Portugueses”.
O evento contou com intervenções de vários oradores ligados ao sector marítimo-portuário e ainda com a participação de Carlos Pais Montes, professor do Instituto Universitário de Estudos Marítimos da Universidade da Corunha e de Federico Richa Humbert, Embaixador do Panamá.

ALERTA TIAGO PITTA E CUNHA

Falta ser implementada Estratégia Nacional do Mar, aprovada há cinco anos

Portugal precisa de ter políticas que implementem a Estratégia Nacional do Mar, aprovada em 2006, para tornar a sua vertente marítima atractiva ao investimento estrangeiro, alerta o investigador Tiago Pitta e Cunha.

 

Porto de Sines alarga molhe de abrigo de contentores para «oportunidades do novo Canal do Panamá»

Administração do Porto de Sines (APS) está a ampliar o seu molhe leste de abrigo do terminal de contentores dos actuais 1.100 para 1.500 metros, um investimento de 40 milhões de euros.
Lídia Sequeira, presidente da APS, que falava durante a conferência "O Impacto do Novo Canal do Panamá nos Portos Portugueses", em Sines, revelou ainda que o porto está a expandir o seu Terminal XXI, que terá uma capacidade para navios até 14 mil TEU, tudo isto para "fazer face ao aumento do tráfego transatlântico derivado do novo Canal do Panamá". O Terminal XXI passa assim a ter uma capacidade máxima de movimentação de 800 mil TEU por ano.

FRANCISCO SÁ:

Portugal deve explorar o congestionamento dos portos do Norte da Europa

As novas oportunidades que surgem do alargamento do Canal do Panamá “realçam o papel de Sines como uma solução para a oferta de serviços a cadeias logísticas”, afirmou hoje o presidente executivo da AICEP Global Parques.
Francisco Sá referia-se a centros de distribuição ibéricos, zonas de consolidação e desconsolidação de cargas e ao ‘light postponement'. Por isso aquele responsável, que falava durante a conferência "O Impacto do Novo Canal do Panamá nos Portos Portugueses", em Sines, defende que Portugal "pode explorar o congestionamento dos portos do Norte da Europa".

Porto de Viana dragado para ajudar Enercom a exportar mais

A administração do Porto de Viana do Castelo (APVC) vai arrancar até ao final do mês com a dragagem de um canal de navegação, indo assim ao encontro da pretensão da alemã Enercon.

ESTA QUARTA-FEIRA, 16 DE NOVEMBRO, NA ILHA DO FAIAL

Dia Nacional do Mar celebrado nos Açores

A ilha do Faial acolhe esta quarta-feira, dia 16, a celebração do Dia Nacional do Mar. O evento é organizado pelo Governo Regional em parceria com a Universidade dos Açores, Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento e pelos CTT, incidindo "num debate do papel da geologia como base do valor e da biologia do mar profundo no futuro da ciência e economia dos Açores”.
A iniciativa, que surge no seguimento de outras celebrações do “Open Days” da Comissão Europeia, envolve a realização de duas palestras de especialistas internacionais que têm lugar na Biblioteca Pública João José da Graça, na Horta.

Projecto «Passaporte do Mar»

O “Passaporte do Mar” dá visibilidade a uma rede de entidades públicas e privadas, de âmbito local e nacional, directamente ligadas ao património natural e cultural marítimo português, quais museus e centros de conhecimento, monumentos, faróis, reservas, parques e monumentos naturais, entre outros.

EXPORTAÇÕES

Empresas portuguesas estão presentes em 163 países

Portugal é uma economia pequena e com falta de competitividade à escala global, mas os empresários portugueses vendem os seus produtos praticamente para todo o mundo. O Diário Económico foi saber com quantos países as empresas portuguesas mantêm relações comerciais e chegou à conclusão que são 163. Um número impressionante, tendo em atenção que a Organização das Nações Unidas (ONU) reconhece 193 países como independentes. Ou seja, as empresas portuguesas têm uma presença praticamente em todo o mundo ao exportar para 84% dos países.

LÍDIA SEQUEIRA:

Canal do Panamá será «oportunidade única para portos da fachada Atlântica»

O 14.º Congresso da APLOG esteve este ano subordinado ao tema "Novos Paradigmas Logísticos", e contou com o Brasil como país convidado. Uma das sessões mais aguardadas teve como tema as "Infra-estruturas de Suporte à actividade logística", onde participaram personalidades ligadas ao sector portuário.
Lídia Sequeira destacou as potencialidades do mercado brasileiro que, na sua opinião, "não é um país emergente, é um país emergido", considerando "cada vez mais importante a ligação entre a Europa e a América Latina, sobretudo Brasil". Enalteceu ainda as mundanças no paradigma do comércio mundial, com destaque para a emergência das economias asiáticas (sobretudo a China), salientando que "o alargamento do Canal do Panamá irá potenciar este novo paradigma".

Aprovada «candidatura de emergência» para praia de Moledo

O Secretário de Estado do Ambiente aprovou uma "candidatura de emergência" para a intervenção de reposição e reforço do cordão dunar em Moledo, Caminha, anunciou o presidente da Administração Regional Hidrográfica do Norte (ARHN).
 

Apresentada proposta de criação de duas novas praias em Vagos

O Município de Vagos pretende criar mais duas praias no concelho, para além das três já existentes: uma entre as praias do Areão e do Labrego e a outra entre a Praia da Vagueira e a Costa Nova (Ílhavo).

O CANAL DO PANAMÁ E OS NAVIOS TIPO «PANAMAX»

Presente e futuro

Os navios têm a bordo câmaras de monitoramento nos seus costados, que permitem a vigília a bordo nas travessias e operações no interior das eclusas (canal lock chambers). As movimentações dos navios dentro delas são realizadas por tracção externa, onde máquinas locomotoras sobre trilhos, percorrem em paralelo as eclusas rebocando os navios, uma vez que é vedada a tracção através de hélices, que alterariam de forma extremamente arriscada tanto o calado da embarcação, como a estabilidade lateral e longitudinal da embarcação quando naquele espaço confinado.

AMPLIAÇÃO DO CANAL DO PANAMÁ

Tráfego passará de 13 mil para 19.600 navios por ano

Com as obras de ampliação, o Canal do Panamá, que actualmente tem 80 km de comprimento e um tráfego de cerca de 13 mil embarcações por ano, ficará dotado com uma capacidade de trânsito de 19.600 navios e uma capacidade de carga de 600 milhões t – estimativas para 2025.

NAVEGUE PELO RIO FORMOSO EM FLASH

Mapa do Douro

Navegue pelo Rio Douro, em FLASH, navegação disponibilizada pela "Douro Azul". Conheça os encantos do rio formoso, do rio fantástico, do rio com belezas que não cabem na paleta de adjectivos disponíveis.

DIA DA INTERNACIONALIZAÇÃO - 15 DE NOVEMBRO, NA EXPONOR

«Exportar mais, melhor e saber diversificar»

O destaque e a representatividade do Dia da Internacionalização no mundo empresarial têm contribuído para aumentar a notoriedade e importância deste evento. A 3ª edição desta acção, de periodicidade anual, organizada pela AICEP em parceria com a AEP, será subordinada ao tema “exportar mais, melhor e saber diversificar” e terá lugar na Exponor no dia 15 de Novembro.

Ormuz, o estreito do medo

E se o Irão fechasse o Estreito de Ormuz? O receio de um bloqueio desta via marítima estratégica, pela qual passa 40% do petróleo exportado pelo Médio-Oriente, ressurge sempre que aumenta a tensão naquela zona do globo, como é o caso actualmente, a propósito da questão nuclear iraniana.

CONSERVEIRA DE LISBOA

Falta de qualidade do atum impede-a de vender mais

Nos últimos anos, podia ter sido transformada num balcão de um conhecido banco internacional, não fosse a teimosia de Regina Ferreira em manter aberto o negócio de família. A Conserveira de Lisboa foi fundada em 1930, mas a conquista de clientes de outros pontos do globo é uma página recente dos seus 80 anos de história. Ao contrário de outros negócios, esta conserveira não vende mais porque não tem produto suficiente. Porque clientes é coisa que não lhe falta.

 

OFERECENDO TAXAS ATRACTIVAS

Aveiro incentiva Ro-Ro e linhas regulares

O Porto de Aveiro (APA, S.A.) decidiu manter, em 2012, o valor das taxas de movimentação portuária praticadas em 2011. Esta medida é acompanhada por uma redução de 40% da TUP/Navio para os navios Ro-Ro; já quanto à redução vigente, em 5%, da TUP/Navio aplicável aos navios em serviço de linha regular, a redução passa, no próximo ano, para os 10%.

POSIÇÃO DO IPTM

Portimão quer receber mais cruzeiros

A propósito da notícia "Portimão quer receber mais cruzeiros", recebemos da presidência do Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos (IPTM), a seguinte nota, com pedido de divulgação:
"Fazendo referência à notícia Portimão quer receber mais cruzeiros, informamos que o IPTM, na sua qualidade de gestor do referido porto, desconhece o assunto noticiado e não esteve presente em qualquer reunião sobre esse tema".
 

Total: 4631
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 [182] 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232