Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




A Volta ao Mundo em 200 mensagens

Bem vindos a 1519. Esta é a grande viagem que o português Fernão de Magalhães fez aos 39 anos, partindo de Sevilha com 237 homens ao encontro de lugares da Terra que poucos tinham visto e onde existiam coisas raras e valiosas.

Galeão do Sal regressa a Cascais após requalificação

O galeão do sal "Estou Para Ver" regressa a Cascais para uma nova vida ao serviço da biologia e arqueologia marinhas. Com mais de 102 anos de história, esta embarcação foi recentemente recuperada e modernizada ao abrigo da candidatura ao Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas (FEAMP) - Mar2020 e promete proporcionar à população e aos turistas um contacto mais próximo com a orla costeira de Cascais.

PORTO DE LEIXÕES

Conheça a história dos titans

Tal como o antigo porto de Rodes, que possuía à entrada uma gigantesca estátua em bronze de Apolo (uma das famosas e desaparecidas Sete Maravilhas do Mundo Antigo), também Matosinhos e o seu porto de Leixões possuíam os seus “colossos”. Metálicos. Dois. Um em cada molhe. Únicos no mundo, os “titans” são monumentais guindastes que documentam de forma privilegiada a época da arquitectura e engenharia do ferro e da energia a vapor.

O discreto armazém de Lisboa onde se recuperam tesouros náuticos nacionais

É no Centro Nacional de Arqueologia Náutica e Subaquática que se estudam, identificam a recuperam as peças encontradas em contextos aquáticos ou ligadas ao mar. A cidade de Lisboa e o rio Arade, no Algarve, são dois dos locais ricos neste tipo de arqueologia.

DOCUMENTÁRIO

Fernão de Magalhães e o Algarve na Primeira Viagem à Volta do Mundo (1519-1522)

Antes da preparação da Armada das Especiarias ou das Molucas, a qual partiu do porto de SanLucar de Barrameda, no dia 20 de setembro de 1519, o Capitão geral da Armada, Fernão de Magalhães, anos antes, participou em várias viagens que o levariam ao Oriente e ao norte de Marrocos. Numa dessas viagens, participou na conquista de Azamor, colocando-se a seguinte interrogação: Terá Fernão de Magalhães permanecido na área geográfica da Carrapateira e Bordeira, localidades atualmente incluídas no Município de Aljezur, quando do regresso de Marrocos, a caminho de Lisboa?

Relato da viagem de circum-navegação de Fernão de Magalhães candidato à Memória do Mundo da UNESCO

Portugal e Espanha vão submeter à UNESCO documentos sobre a viagem de circum-navegação de Fernão de Magalhães, numa candidatura conjunta ao Registo da Memória do Mundo, anunciou o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, após a 4ª reunião da Comissão Nacional das Comemorações do V Centenário da Circum-Navegação, em Lisboa.

Santos Silva detalhou que se trata de um conjunto de 15 documentos, incluindo o Diário de Pigafetta, cronista da viagem; um relato indirecto, por Fernando de Oliveira; e 13 documentos que existem nos arquivos nacionais de Portugal e Espanha, “que permitem compreender, também de outros pontos de vista, o significado absolutamente inaugural da viagem de circum-navegação”.

Faróis abertos ao público no Dia Nacional do Mar

Para assinalar o Dia Nacional do Mar, os faróis portugueses vão abrir ao público gratuitamente, esta terça-feira, dia 16 de novembro, no período das 13h30 às 16h30, no Continente, Madeira e Açores.

No Continente estarão abertos ao público os faróis de Montedor, Leça, Aveiro, Penedo da Saudade, Cabo Carvoeiro, Berlenga, Cabo Espichel, Santa Maria e de Vila Real de Santo António.

DE 26 A 31 DE OUTUBRO

Nau Victoria atraca na marina de Lagos com visitas gratuitas

A Nau Victoria, a réplica do navio do séc. XVI, que entre 1519 e 1522 conseguiu realizar a primeira volta ao mundo com os capitães Fernão de Magalhães e Juan Sebastián Elcano, vai atracar na marina de Lagos, de 26 a 31 de Outubro, numa iniciativa da “Mostra Espanha”.

Durante a permanência da nau haverá «um programa de visitas gratuitas, visitas guiadas a estabelecimentos de ensino e palestras de especialistas sobre as façanhas marítimas hispano-portuguesas», diz a organização da “Mostra Espanha 2021”.

COM VÍDEO

Enchente no Porto de Leixões para visitar o histórico «Titan»

As visitas guiadas ao "Titan", recém-inaugurado guindaste usado para construir o Porto de Leixões no século XIX, esgotaram, este sábado, com centenas de participantes. Subidas à grua são gratuitas até ao final do mês.

11 DE OUTUBRO DE 2021

PORTOS DOS AÇORES, S.A. ASSINALA 100 ANOS DE ADMINISTRAÇÃO PORTUÁRIA NO ARQUIPÉLAGO DOS AÇORES

A empresa pública Portos dos Açores, S.A. assinala esta segunda-feira, 11 de outubro, 100 anos de administração portuária no arquipélago, tendo em conta que foi precisamente há um século que foi publicada a lei que instituiu a então denominada Junta Autónoma do Porto Artificial de Ponta Delgada.

Titan «renasce» no Porto de Leixões para ser atracção turística e pedagógica

Marca do património industrial português e mundial, pelas características únicas, o "colossal" guindaste Titan, utilizado na construção do Porto de Leixões, em Matosinhos, no século XIX, "renasceu" para se tornar visitável e cumprir o potencial turístico e pedagógico.

"É uma peça única no mundo. Guindastes deste tamanho são raríssimos e os que existem são de épocas posteriores ao Titan, ou seja, já não são movidos a vapor mas, nomeadamente, a energia eléctrica. Por isso, temos aqui um património industrial único no nosso país", sublinha o historiador Joel Cleto.

Açores procedem à trasladação de 16 âncoras para nova reserva arqueológica

A Secretaria Regional da Cultura, da Ciência e Transição Digital anunciou que, através da Direcção Regional da Cultura, e em articulação com a Archeocélis e a Portos dos Açores, S. A., procedeu à trasladação de um conjunto de 16 âncoras descobertas no âmbito da empreitada de reperfilamento do cais de Ponta Delgada, que vão criar uma nova reserva rrqueológica, ao largo do ilhéu de Rosto de Cão.

ESTA QUINTA-FEIRA, 7 DE OUTUBRO, NO PORTO DE LEIXÕES

CERIMÓNIA DE INAUGURAÇÃO DO TITAN

A APDL – Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo, S.A., promove, esta quinta-feira, dia 7 de Outubro, a CERIMÓNIA DE INAUGURAÇÃO DO TITAN, presidida pelo Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos.

A cerimónia, com início às 15:30, no Molhe Sul do Porto de Leixões, integra-se nas Comemorações do DIA DO PORTO DE LEIXÕES, que este ano ocorrerá no fim de semana de 9 e 10 de outubro.

Coina e os seus portos

Dia 9 de Outubro, o Espaço Memória vai falar-lhe sobre a história de Coina e dos portos que estão na sua margem.
A visita inicia-se junto ao Pelourinho de Coina.

Os 500 anos da viagem de circum-navegação de Fernão de Magalhães celebrados na Expo Dubai

Na Expo Dubai, é esta a peça de arte urbana do artista português Bordalo II, “Pinguins de Magalhães”, feita com plástico dos oceanos, que celebra os 500 anos da viagem de circum-navegação de Fernão de Magalhães. Um projecto viabilizado pela Estrutura de Missão para as Comemorações do V Centenário da Circum-Navegação e que representa o compromisso de Portugal com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU.

ESTE SÁBADO

Ílhavo: «Olhar por Dentro» das terras portuárias

O 23 milhas e a Talkie-Walkie organizam, este sábado, uma visita, para o público em geral, com o objetivo de cruzar o olhar de dois especialistas para falar sobre o Porto de Aveiro. Álvaro Domingues é geógrafo e Paulo Morgado é geólogo e ambos vão fazer um enquadramento histórico no lugar do antigo forte.

VIAJANDO PELA HISTÓRIA

Fatos de banho e a imoralidade de costumes

“O fato de banho para senhoras deve ser inteiro e ter saiote fechado. O calção interior é justo à perna, de corte direito e deve ter o comprimento de perna mínimo de dois centímetros.
O saiote, que pode ser independente do corpo do fato, terá o comprimento necessário para exceder, pelo menos de um centímetro, a extremidade inferior do calção depois de vestido.
A frente do fato deve cobrir a parte anterior do corpo, não podendo o decote ser exagerado, a ponto de descobrir os seios. As costas poderão ser decotadas até dez centímetros acima da cintura, sem prejuízo do corte das cavas que devem ser, quanto possível, cingidas às axilas.”

O Titan está de volta ao horizonte de Matosinhos

O Titan, histórico e gigantesco guindaste usado na construção do Porto de Leixões, em Matosinhos, está a ser montado no molhe sul. Vai ser visitável e terá iluminação à noite. O investimento da APDL - Administração dos Portos de Douro, Leixões e Viana do Castelo é de dois milhões de euros.

A história do alvorense que andou na pesca do bacalhau

Sabino Pereira é um ‘filho’ de Alvor que sabe praticamente tudo o que há para conhecer sobre a arte de apanhar peixe, quer seja ao anzol, com alcatruzes, com cofres ou à rede.

Foi logo aos 15 anos que tirou a cédula marítima e começou a ir ao mar, seguindo, assim, os passos do pai. Um dos períodos mais marcantes da sua vida foi aquele em que andou na pesca do bacalhau, nos mares da Gronelândia, a bordo do navio português ‘Novos Mares’.

«Guardiões de Albarquel» recordam a praia que separava setubalenses e turistas e que hoje brilha

Em 2021, Albarquel viu ser hasteada a bandeira "Praia Acessível - Praia para Todos" e ser reaberto o antigo forte militar, onde a aristocrata inglesa Helen Hamlyn investiu um milhão de euros. Mas, na memória dos que se dizem "guardiões" desta praia de Setúbal, fica o tempo em que ela era lugar de divisão social. Em tendas improvisadas, num areal cheio de pedras, ali acampavam os garotos e as famílias de pescadores do Viso e do Troino. Do outro lado da muralha rochosa, no parque de campismo, caravanistas veraneavam. Os dois mundos raramente se cruzavam.

Total: 953