Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




BELFAST

Novo museu Titanic com recriação multimédia do naufrágio

Há vários museus e homenagens ao Titanic, mas Belfast reivindica um lugar na história e oferece a experiência superlativa, incluindo uma recriação multimédia do naufrágio e até uma réplica do salão, que pode ser alugado para casamentos.
O "Titanic Belfast" foi inaugurado no sábado, 31 de Março de 2012, na cidade onde o navio foi desenhado e construído ao longo de três anos, o mesmo tempo que levou o espaço a estar concluído.

ACUSADO DE COBARDE E EGOÍSTA

Livro revela vida conturbada do dono do Titanic depois do naufrágio

Uma biografia sobre o dono do Titanic revela que J. Bruce Ismay teve uma vida atormentada após ter fugido numa lancha com mulheres e crianças, durante o naufrágio do navio, deixando milhares de pessoas para trás. A autora do livro, Frances Wilson, conta no jornal britânico The Daily Telegraph que o presidente da companhia que construiu o grande transatlântico foi duramente castigado pela imprensa da época, que o rotulou de "cobarde" e "egoísta".

OPERAÇÃO DE DESMONTAGEM COMEÇA ESTA TERÇA-FEIRA

Titan do Porto de Leixões vai ter nova localização

O guindaste TITAN do Molhe Sul do Porto de Leixões, peça única de arqueologia industrial e verdadeiro ex-libris de Leixões, vai sofrer obras de reabilitação que obrigarão ao seu desmantelamento temporário e consequente “desaparecimento” do horizonte da linha de praias de Matosinhos Sul.

VIAJANDO PELA HISTÓRIA

O Mar e as Lágrimas

A partida das naus era precedida por cerimónias religiosas diante da Senhora de Belém (confissões, missa, procissão), na ermida do Restelo. Depois, a dolorosa despedida dos embarcados e dos que ficavam em terra era muitas vezes feita já perto da barra, no alto da capela da Senhora da Boa Viagem, dos frades arrábidos. Como nos lembram Camões, Gil Vicente ou João de Barros, desfraldadas as velas e iniciada a viagem, uns oravam e outros gritavam da margem: Boa Viagem!

ESPOSENDE

Romaria de São Bartolomeu do Mar

Romaria secular, com testemunhos anteriores ao século XVII, mistura o sagrado e o profano, produzindo um ritual invulgar.
É celebrada principalmente no dia 24 de Agosto porque, diz a crença popular, é a data em que o Diabo anda à solta. Assim, os romeiros começam por se dirigir até à Capela de São Bartolomeu onde, acompanhados pelas crianças, dão três voltas ao templo com galinhas ou galos pretos. Os mais novos são depois encaminhados até à praia e mergulhados três vezes consecutivas nas águas do mar, num Banho Santo que "afasta o mal" e cura as doenças relacionadas com a "possessão demoníaca", como a gaguez, a gota ou a epilepsia.

GUERRA DAS MALVINAS

O que eles disseram...

“Las malvinas son y serán argentinas” (“As Malvinas são e serão argentinas”), slogan repetido à exaustão nas escolas primárias do país latino-americano aos alunos a partir dos seis anos de idade.

“Que venga el principito!” (“Que venha o principezinho!”), General Menéndez, ao saber, durante a guerra, que o príncipe Andrew, filho da Rainha Elizabeth II, faria parte da Task Force.

“Es la pelea de dos calvos por un peine” (“É a briga de dois carecas por um pente”), Jorge Luis Borges, sobre a futilidade de uma guerra por um arquipélago árido.

Guerra das Malvinas no «Diário de Lisboa»

A comunicação social portuguesa acompanhou, com atenção, o inusitado conflito das Malvinas. O vespertino "Diário de Lisboa" trouxe o assunto a manchete. Sob o antetítulo "Londres corta com Buenos Aires", manchetava-se: "Soberania argentina decretada sobre Malvinas, Georgias e Sanduiches".

3 DE ABRIL DE 1982

Polémica nas pescas abre rombo no Governo

O Primeiro-Ministro Francisco Pinto Balsemão demitiu o Secretário de Estado das Pescas, Eng. Gonçalves Viana. Um acordo de pescas com a Espanha terá estado na origem da polémica. Para ler, com detalhe, no "Diário de Lisboa" de 3 de Abril de 1982.

PREÇO BASE: 120 MIL EUROS

Menu do Titanic leiloado por pequena fortuna, este sábado, 31 de Março

O menu do último almoço servido no Titanic vai ser leiloado, em Inglaterra, por um preço base de cerca de 120 mil euros. Datado do dia 14 de abril de 1912, a ementa pertencia à mesa do passageiro Washington Dodge, um banqueiro de São Francisco, que viajava com a mulher Ruth e com o filho.
Ruth Dodge guardou o menu na carteira, sem saber o que mais tarde iria acontecer.

1 DE ABRIL DE 1914

Extinta a Comissão do Canal Ístmico (Panamá)

O primeiro percurso completo pelo Canal do Panamá realizou-se a 7 de Janeiro de 1914. A partir de 1 de Abril do mesmo ano, a Comissão do Canal Ístmico deixou de existir, dando lugar a uma nova entidade, o Governador da Zona do Canal, cujo primeiro nomeado foi o coronel norte-americano Goethals. A inauguração oficial, marcada para 15 de Agosto, ficou sem efeito devido à eclosão da Primeira Guerra.

FILME DE LEITÃO DE BARROS | NCLUI FILMAGENS NA «SAGRES»

Se calha a sorte para a Armada estreou em Lisboa a 1 de Abril de 1930

Excerto do filme “"Lisboa, Crónica Anedótica", um clássico do cinema mudo português. Realizado por Leitão de Barros, o filme estreou-se a 1 de Abril de 1930, no Cinema S. Luiz.
“Lisboa, Crónica Anedótica” é composto por curtos episódios da vida Lisboeta.
Retratadas, com mordacidade, as figuras-tipo da cidade: o ardina, o polícia, o militar; as cenas do quotidiano: os estudos e o lazer dos alunos, as docas e a faina, os bairros populares, os monumentos e praças (Praça do Comércio e Praça da Figueira), o trânsito em Lisboa, os domingos, os desportos, os turistas, os velhos e as crianças.
Neste excerto, detalhes do quotidiano da Armada portuguesa.
 

MALVINAS

A guerra que ajudou Thatcher e derrubou a ditadura argentina

A guerra das Malvinas garantiu a reeleição da vencedora, a primeira-ministra britânica Margaret Thatcher, enquanto a derrota provocou a queda da ditadura militar argentina, mas não acabou com a disputa pela soberania sobre as ilhas do Atlântico Sul.
A ditadura do general Leopoldo Galtieri, chefe de Estado na ocasião do regime instalado em 1976, cavou a própria cova ao invadir as ilhas na madrugada de 2 de abril de 1982, no que foi considerado como "uma aventura militar, sem preparação nem organização", segundo o Relatório Rattenbach, nome do general argentino que dirigiu a investigação.

ATÉ 14 DE JUNHO, DATA DA RENDIÇÃO DOS ARGENTINOS

Guerra das Malvinas «reconstruída» online

Uma reconstrução passo a passo da Guerra das Malvinas, a batalha travada entre o Reino Unido e a Argentina em 1982, pode ser acompanhada em perfis no Facebook e no Twitter, uma ideia desenvolvida para marcar o 30º aniversário do conflito. O Museu Nacional da Marinha Real em Portsmouth também desdobrará, junto com outros museus britânicos, a sequência dessa guerra através das mesmas redes sociais.

ÍLHAVO

O Barco processional de S. Pedro

A imagem de S. Pedro tinha lugar de honra num pequeno barquinho, onde figuravam os apóstolos, uns remando, outros a colher redes, e a imagem de São Salvador, o padroeiro da Vila, à proa, abençoando também o trabalho da faina. Desta antiga devoção, que terminou com a dissolução das antigas companhas pouco depois de 1840, hoje restam apenas as figuras dos apóstolos do antigo barco processional que saía por ocasião da festa ao S. Pedro, actualmente nas reservas do Museu Marítimo de Ílhavo.
 

TITANIC

O castelo que flutuava

As instalações majestosas do malfadado transatlântico britânico atraíram diversas figuras da alta sociedade para a sua viagem inaugural. Houve, entretanto, pouco tempo para aproveitá-las. Tão superlativo quanto o nome ou as dimensões do titânico transatlântico da White Star Line era o requinte das suas faraónicas instalações, agora lamentavelmente submersas. Cada detalhe foi constituído para impressionar, desde a decoração das suítes da primeira classe até à varanda de treliça do seu restaurante principal.

TITANIC

Atracção fatal

Sharon Stone ainda não tinha nascido, sabêmo-lo bem; ao tempo, esta manchete não carregaria a conotação dos dias de hoje, há pouco refrescada pela reprise.
A Lua tem crateras largas, agora também a culpam do naufrágio. A Lua redimiu-se, abençoando o romance entre Leonardo DiCaprio e Kate Winslet.
TITANIC em destaque no quinzenário "Aurinegra", trabalho do jornalista Luís Monteiro.
 

DESPOJOS DO TITANIC ALVO DE RAPINA

Milhares de objectos já foram levados do navio!

Desde que Ballard identificou o local exacto do naufrágio e publicou as coordenadas, mais de 50 expedições foram visitá-lo. Esses exploradores, no entanto, queriam mais que imagens emblemáticas do que já foi o mais luxuoso e moderno transatlântico da História. Desejavam uma prova material - uma peça de roupa de valor simbólico ou, com um pouco de sorte, jóias que pertenceram aos viajantes. 'Pescar uma lembrancinha do Titanic passou a ser uma prática comum', assinalou Ballard.

VIAJANDO PELA HISTÓRIA

Moinho de Maré no edifício da antiga Capitania do Porto de Aveiro

Em 1830, José Ferreira Pinto Basto, fundador da Fábrica de Porcelanas da vista Alegre, comprou o ilhote do canal do Cojo, reconstruindo o edifício e reactivando o moinho de marés para servir de apoio à fábrica de porcelanas. Para isso foi necessário desaterrar uma parte do ilhote a fim de formar uma caldeira. As obras do edifício foram entregues a Joaquim José de Oliveira, que manterá as pequenas abobadas formando vãos em arco, onde as rodas activavam as mós colocadas no amplo salão interior do edifício.

PARTIDA - 16H30 DE 30 DE MARÇO DE 1922

1.ª Travessia Aérea do Atlântico Sul

A épica viagem iniciou-se em Lisboa, às 16:30h de 30 de Março de 1922, empregando um hidroavião monomotor Fairey F III-D MkII, especialmente concebido para a viagem, equipado com motor Rolls-Royce e baptizado Lusitânia. Sacadura Cabral exercia as funções de piloto e Gago Coutinho as de navegador. Este último havia criado, e empregaria durante a viagem, um horizonte artificial adaptado a um sextante, a fim de medir a altura dos astros, invenção que revolucionou a navegação aérea à época.

GAGO COUTINHO (1869-1959)

A metáfora acabada do furacão: imparável!

Gago Coutinho , nascido a 17 de Fevereiro de 1869, era a metáfora acabada do furacão: imparável. A sua vida divide-se em quatro etapas: marinha; trabalhos geográficos; navegação aérea; história da náutica e dos descobrimentos. Distinguiu-se em todas elas, desenvolvendo ao longo da vida uma vasta obra de investigação científica. “É um exemplo de paixão por aquilo que faz”, afirma o tenente Gonçalves Neves, investigador do Departamento de Investigação do Museu de Marinha.

Total: 725