Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

VIAJANDO PELA HISTÓRIA DO PORTO DE AVEIRO

As fúrias de José Labareda

Cópia autenticada redigida por José Maria da Costa Monteiro, Chefe de Secretaria da JARBA, transcrevendo a comunicação de David Albuquerque, Fiscal da JARBA em São Jacinto, datada de 10 de Novembro de 1939, dando conta da agressão violenta que José Labareda provocou em António de Oliveira, residente em São Jacinto, jornaleiro ao serviço dos empreiteiros da obra de regularização e revestimento de um troço da margem norte do Canal de São Jacinto - São Jacinto, em 14 de Novembro de 1939.

No relato da ocorrência, o fiscal refere que tendo em conta os factos decorridos "numa obra do Estado", deveria ser dado conhecimento da mesma às autoridades. Assim, acompanhou a vítima ao Regedor de São Jacinto que referiu não ter competências para tratar o assunto. De seguida reportou ao Cabo do Mar que também afirmou não ter competência pelo facto de a ocorrência não decorrer dentro de uma embarcação. Por fim acompanhou o agredido a casa do enfermeiro da Escola de Aviação-Naval Gago Coutinho para cuidar dos ferimentos na cabeça e peito.

LEIA ESTE DOCUMENTO NA ÍNTEGRA

Documento que integra a exposição “PASTA 76 e 76-A - Participações dos guardas da Junta Autónoma da Ria e Barra de Aveiro e avulsos – 1925-1949”.

A exposição já esteve patente no Museu da Cidade de Aveiro e no Centro Cultural da Gafanha da Nazaré.
Encontra-se aberta a itinerância. Para mais informações contacte pelo e-mail geral@portodeaveiro.pt
 

FICHA TÉCNICA

Pasta 76 e 76-A. Participações dos guardas da Junta Autónoma da Ria e Barra de Aveiro e avulsos. 1925-1949
Exposição documental e de peças museológicas do Arquivo Histórico-Documental do Porto de Aveiro

Organização | Arquivo Histórico-Documental do Porto de Aveiro [AHDAPA]
http://arquivodoportodeaveiro.org

Alto Patrocínio | Comunidade Portuária de Aveiro
Concepção e coordenação | Dinis Manuel Alves [APA, S.A]
Coordenação Executiva | Sérgio Dias, Ricardo Paulo [APA, S.A.]
Digitalização e tratamento de documentos | Maria João Gamelas [APA, S.A]
Descrição dos documentos | Gabriela Marques [Museu da Cidade de Aveiro]

 

VISITE OS RECURSOS DO PORTO DE AVEIRO NA WEB

~ ~ ~ ~







Artigos relacionados:

  • Desapareceu a tabuleta
  • Bico calado!
  • O cabo, o engenheiro e a atitude desmanchada deste
  • Do denunciado Imaginário ao João que era da Jacinta
  • BICICLETA APREENDIDA - O infractor ameaçou cortar uma perna ao guarda do porto
  • Desventuras de um surdo-mudo
  • A fúria do arrematante das ervas das encostas do canal de acesso ao cais
  • Guarda das margens do Rio Novo do Príncipe é um nome bonito.
  • Porto de Aveiro e Museu da Cidade selam parceria
  • Palavras-chave
  • Geolocalização Do ancoradouro da Gafanha ao Rio Novo do Príncipe
  • «Soluções para o seu problema marítimo, a partir do século XVII»
  • Milhares de documentos do Arquivo Histórico digitalizados nos próximos meses
  • «O Pôrto de Aveiro Sua função local e regional»