Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Iniciativa Mar Aberto

Início de nova missão

O navio hidro-oceanográfico D. Carlos I largou no dia 17 da Base Naval de Lisboa para mais uma missão no âmbito da iniciativa “Mar Aberto”, numa cerimónia presidida pelo Comandante Naval, vice-almirante Chaves Ferreira.

Esta missão, que se realiza até 30 de dezembro de 2022, vai levar o navio da Marinha aos portos do Mindelo e da Praia, em Cabo Verde, e de Bissau, na Guiné-Bissau.

A Iniciativa Mar Aberto tem sido muito relevante no aprofundamento e na manutenção das relações de cooperação, bem como na satisfação dos compromissos internacionais assumidos por Portugal no âmbito da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), e no âmbito das Presenças Marítimas Coordenadas da União Europeia (PMC – UE).

O navio D. Carlos I é comandado pelo capitão-de-fragata Aires de Castro e conta com uma guarnição de 55 elementos, incluindo uma equipa de segurança, uma equipa de mergulhadores, uma equipa hidrográfica e um médico naval.