Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Portugal quer ser porta de entrada do agronegócio brasileiro na Europa

O embaixador de Portugal no Brasil, Luis Faro Ramos, afirmou que o país ambiciona ser uma porta de entrada importante do agronegócio brasileiro na Europa, através do Porto de Sines.

“O Transporte de bens do agronegócio do Brasil para a Europa, através do nosso terminal de Sines é um assunto que interessa muito e que pode ser potenciado”, disse Luis Faro Ramos, em Brasília, à margem da reunião anual da Federação das Câmaras de Comércio Portuguesas no Brasil, na Embaixada de Portugal, em Brasília.

O responsável português recordou que o agronegócio responde a mais de metade das trocas comerciais entre os dois países lusófonos e, por essa razão, a “área da logística é uma área de extrema importância”.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE), nos primeiros seis meses no ano, o Brasil, um dos maiores ‘celeiros’ do mundo, exportou 2,46 mil milhões para Portugal, um aumento de 108% face ao registrado no período homólogo de 2021.

“O Porto de Sines permite poupar tempo e dinheiro em termos de circuito de entrada de mercadoria brasileira na Europa e no norte de África”, sublinhou Luis Faro Ramos, ressalvando: “Não é um caminho fácil, mas esse interesse existe”.

Agronegócio, turismo, imobiliário e tecnologia de informação, resumiu assim o presidente da Federação das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil, sobre o investimento brasileiro que tem crescido substancialmente em Portugal.

mais detalhes