Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

X Congresso AGEPOR - O Mar é Tudo

Portugal precisa de aumentar competitividade dos portos e do seu hinterland

A AGEPOR – Associação dos Agentes de Navegação de Portugal reuniu esta sexta-feira a comunidade do sector marítimo-portuário, logístico e dos transportes, durante o seu X Congresso, que teve lugar em Cascais.

Seis anos após a realização do último congresso, o presidente da AGEPOR, João Silva, realçou que o Mundo mudou “muitíssimo”, e que as alterações ocorridas afetaram profundamente todo o setor. No entanto, salientou, a resiliência que caracteriza as gentes do mar não permitiu que existissem quebras na cadeia logística durante o período mais crítico da pandemia e, agora, da guerra: “É verdade que os congestionamentos aconteceram nos principais portos. É verdade que o desajuste entre a oferta e a procura resultaram em fretes mais altos. Mas é também verdade que, tirando algumas exceções, pontuais, que têm muito mais a ver com a produção que com o transporte, a cadeia logística resistiu, reinventando-se praticamente todos os dias e garantindo que as prateleiras dos supermercados por esse mundo fora não ficassem vazias”.

De acordo com João Silva (na foto), “na AGEPOR o tempo também não parou e encarámos o desafio das mudanças com a resiliência, a constante procura de soluções e sobretudo a naturalidade que tanto caracteriza o comportamento dos Agentes de Navegação. Diria que, por habituados a resolver problemas inesperados e incertezas, já tínhamos no ADN a capacidade de estar mais preparados antes mesmo do mundo mudar. Ajustámo-nos assim aos acontecimentos e ao tempo mantendo o rumo e os objetivos definidos, alterando apenas aqui e ali, sempre que necessário a rota para os alcançar”.

João Silva revelou que os principais vetores a prosseguir para o desenvolvimento do setor portuário nacional mantêm-se bem atuais, nomeadamente ao nível da transformação digital, automatização e sustentabilidade, congratulando-se ainda com “a boa notícia” de terem começado alguns investimentos nos portos nacionais. No entanto, ressalvou, precisamos de “continuar a investir em recursos, materiais e humanos, para dotar as Instituições Publicas chave para os sectores logísticos e portuários das condições suficientes para contribuírem para competitividade dos portos, do seu hinterland e, logo, do nosso País Portugal.”

“Precisamos de planear atempadamente e a longo prazo, medindo todos os custos envolvidos – incluindo preços acrescidos para as populações – evitando indefinições sobre estruturas portuárias e intermodais que sustentam hoje todo o tecido empresarial português com todas as suas repercussões económicas e sociais (leia-se empregos). A interligação existente nesta nossa comunidade entre entidades privadas e publicas é tão forte e densa que qualquer desafio num deles hipoteca toda a competitividade das nossas empresas importadoras, exportadores, do sector do turismo…enfim – volto a dizer – a competitividade do nosso País Portugal” – disse João Silva.

O X Congresso AGEPOR – O Mar é Tudo, contou com a presença do Secretário de Estado do Mar, José Maria Costa, dos presidentes das administrações portuárias e de oradores como Paulo Portas, Tiago Pitta e Cunha, Henrique Leitão, entre outros.