Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

«The Guardian» destaca cinco praias portuguesas entre as melhores da Europa

Algarve, Alentejo e Centro. Estas foram as regiões onde o “The Guardian” escolheu as cinco melhores praias portuguesas na Europa.

São 943 quilómetros de costa continental portuguesa repleta de arribas, falésias e, principalmente, praias. Numa análise às principais praias da Europa, o “The Guardian” decidiu destacar cinco praias bem conhecidas pelos portugueses onde o único truque é andar de pé descalço.

Os ingleses do “The Guardian” não podiam deixar de destacar uma das suas zonas preferidas no nosso país: Algarve. “Cacela Velha é uma das praias mais bonitas e não visitadas”, apontam os escritores de viagens da publicação.

A praia de Cacela Velha fica perto da ilha de Cabanas e o seu cenário divide-se entre o extenso areal e as casas dos pescadores, caiadas de branco com o friso azul típico da região a contrastar com o ar. Um dos destaques chega mesmo a ser “o antigo forte que data da ocupação moura”.

“Esta é a praia mais oriental do parque natural da Ria Formosa, e as suas areias douradas estendem-se por mais de uma milha e mudam de acordo com os ventos e marés. A água é morna e a maré baixa revela piscinas e lagoas repletas de vida marinha”, lê-se na descrição de uma das praias mais requisitadas do Algarve.

Ainda no sul do país, o jornal inglês decidiu premiar a Praia dos Caneiros, em Ferragudo. “Tranquila” e “uma das favoritas dos conhecedores” também pode ser destacada pela sua água cintilante, azulada e rasa. Fechando os olhos é possível imaginar o cenário descrito pelo “The Guardian”: “a praia é apoiada por falésias calcárias cor de mel que percorrem toda a costa algarvia”, sendo então resguardada o suficiente para ver o pôr do sol.

Subindo pela costa, a próxima praia é uma das mais conhecidas para aqueles que vão a um festival de verão na Costa Vicentina. A Praia da Zambujeira do Mar está situada no parque natural da Costa Vicentina, sendo rodeada de “altas falésias de basalto com vistas deslumbrantes sobre o oceano”.

O “The Guardian” aponta que as condições da praia “são ideais para a prática de surf e bodyboard, com ondas poderosas, e um por do sol maravilhoso”. Se a praia é mais utilizada por forasteiros no pico do verão (início de agosto), durante o resto do ano é maioritariamente utilizada por residentes, que aproveitam as suas instalações.

Já perto de Lisboa, a publicação britânica elogia a Praia das Bicas, no concelho de Sesimbra. “No sopé da Serra da Arrábida, a Praia das Bicas é uma vasta extensão de areia fina e dourada à qual se chega através de uma longa escadaria que desce das falésias”, adianta, lembrando que devido ao vento sentido na região a praia é bastante conhecida junto dos surfistas.

Já passando Lisboa, o “The Guardian” ficou a a repousar na Praia da Física, em Torres Vedras. A publicação explica que a praia é também conhecida como “Costa de Prata pelo intenso reflexo da luz do mar”, sendo a preferida para muitos locais de Santa Cruz.

Muitas vezes ocupada por praticantes de bodyboard e surf, a publicação inglesa nota que este é também o local ideal apenas para apreciar a vista desafogada pelo oceano (isto quando o tempo do oeste o permite).

Mas a escolha do “The Guardian” não vai aos restantes quilómetros de costa existente em Portugal (667 km nos Açores e 250 km na Madeira). O European Best Destinations (EBD), uma entidade da Comissão Europeia foi mais além e elegeu as praias de Porto Santo e do Porto do Seixal como uma das melhores do nosso país.

A Praia de Porto Santo encabeça o primeiro lugar da lista, com a entidade a lembrar que a Madeira foi votada, por sete vezes, como a ilha mais bonita do mundo mas também o lugar mais seguro para viajar durante a pandemia. “Além de ser perfeita para farniente, é famosa pelas virtudes terapêuticas da sua areia”, descreve.

A Praia do Porto do Seixal foi considerada a terceira melhor praia da Europa pela “beleza do areal vulcânico, das águas cristalinas e das incríveis falésias”. Por ser um local com muitos turistas, o EBD destaca a instagrambilidade da praia de areia vulcânica.

fonte