Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Toneladas de máscaras descartáveis podem ir parar ao mar

Luvas e máscaras não são recicláveis, e atirá-las para o chão começa a fazer parte do “novo normal” um pouco por todo o mundo. E mesmo que só 1% das máscaras vá parar ao mar, são 40 toneladas de plástico a inundar os oceanos, alerta a WWF

O buraco na camada de ozono sobre o Ártico fechou, a NASA registou níveis de poluição do ar muito abaixo da média em vários países, como China, Coreia do Sul, Índia e Itália – mesmo em Portugal, em abril, houve uma redução significativa dos níveis de dióxido de azoto (NO2), chegando aos 80% em alguns locais de Lisboa e aos 60% no Porto –, e as emissões de dióxido de carbono caíram como nunca antes. Mas nem tudo são boas notícias quanto às repercussões no ambiente do confinamento devido ao surto de Covid-19. E o problema está no material de proteção: mesmo que só 1% das máscaras descartadas incorretamente vá parar ao mar, são 40 toneladas de plástico a inundar os oceanos, estima a WWF (World Wide Fund for Nature).

A organização não governamental de ambiente, que atua nas áreas da conservação, investigação e recuperação ambiental, são simples: 1% equivale a 10 milhões de máscaras por mês dispersas no ambiente, e o peso de cada máscara é de cerca de quatro gramas. “É necessário evitar que esses dispositivos, uma vez perdidos, tenham um impacto devastador nos nossos ambientes naturais e, principalmente, nos nossos mares”, alerta Donatella Bianchi, presidente da WWF Itália, que acrescenta um exemplo: só o Mediterrâneo, todos os anos, já tem de lidar com 570 mil toneladas de plástico. É como se 33 800 garrafas de plástico fossem lançadas ao mar a cada minuto.

continue a ler aqui