Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

MADEIRA

OOM testa Wirewalker em águas portuguesas

Investigadores do Observatório Oceânico da Madeira(OOM), testam, pela primeira vez em Portugal, nas águas da Madeira, o instrumento inovador – Wirewalker – para levar a cabo o estudo da Campanha Oceanográfica da OOM 2018, no campo da oceanografia física. Estudos que têm sido executados a bordo do NRP “Almirante Gago Coutinho”, navio da Marinha Portuguesa, ao serviço do Instituto Hidrográfico, segundo a ARDITI – Agência Regional para o Desenvolvimento da Investigação Tecnologia e Inovação.

O equipamento, que utiliza a energia das ondas para efectuar perfis verticais da coluna de água, estando a ser usado nesta campanha para recolher dados oceanográficos de forma autónoma, distingue-se dos demais por ser um “instrumento de fácil utilização que substitui o uso de bóias fundeadas, uma vez que pode ser largado no mar à deriva e monitorizado permanentemente com recurso a GPS, efectuando medidas com recurso à energia das ondas”, pode ler-se no comunicado oficial.

Note-e que este instrumento é actualmente utilizado pela NASA (National Aeronautics and Space Administration) para estudar populações de Fitoplâncton e pelo Scripps Institution of Oceanography (SIO) para estudar o efeito das monções no mar da China.

A actual campanha tem como principal objectivo a recolha de dados oceanográficos junto à Ilha da Madeira, com recurso às tecnologias mais recentes e que o Observatório Oceânico da Madeira tenciona disponibilizar, posteriormente, ao público. Até agora, o Wirewalker, em 26 horas, já efectuou 190 perfis na coluna de água, medindo variáveis oceanográficas desde a superfície até aos 100 metros de profundidade.

fonte