Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

PRAIA DO CABEDELO | FIGUEIRA DA FOZ

Allianz Figueira Pro está de volta com acções de limpeza das praias

A Liga MEO Surf, principal competição de surf nacional, está de volta com a terceira etapa – Allianz Figueira Pro – e na continuação do mote das competições deste ano, trará, pela terceira vez consecutiva, uma acção de limpeza de praia. Especialmente no Dia da Criança, a competição, que decorre de 1 a 3 de Junho, levará à praia do Cabedelo, na Figueira da Foz, alunos oriundos das escolas EB1 de Paião e EB1 de Alqueidão.

Após terem angariado 360 kg de lixo nas últimas edições e com o objectivo de recolher uma tonelada de lixo durante as cinco etapas, também surfistas de topo, como Marlon Lipke e Gony Zubizarreta, participarão nesta iniciativa da Associação Nacional de Surfistas (ASN), que conta com o apoio da Fundação PT.

“Acho que este tipo de iniciativas são muito importantes. A ANS representa os surfistas e os surfistas têm de dar a cara e mostrar o que podem fazer para ajudar nesta luta. Este novo ‘slogan’ de apanhar três peças de plástico de cada vez que vamos surfar é o começar de um movimento e isso é que importa. O plástico e o lixo, nas praias e não só, é um problema que sempre ignoramos, mas isto é um início. As pessoas estão a ter uma reacção positiva a esta problemática. Mesmo a nível pessoal, nos negócios que tenho, tento sempre encontrar materiais amigos do ambiente. É uma luta difícil, mas todos têm de perceber que é preciso fazer um esforço para fazer algo de bom pelo nosso planeta”, referiu Marlon Lipke.

Além da limpeza de praia, será feito um banner elaborado a partir de resíduos recolhidos com a mensagem: “menos plástico por favor”. Com o envolvimento do «Lixo Zero Portugal» e do movimento «Não Lixes» será realizada uma acção destinada aos que queiram participar e contribuir para a preservação das ondas e praias de Portugal. Será ainda apresentado o projecto de iluminação da praia de Cabedelo, que permite fazer surf à noite, infra-estrutura inovadora e pioneira a nível internacional da autarquia de Figueira da Foz. Também não faltarão treinadores – Surf Coaching com Kike Surf Coach e um programa – Fantasy Surfer onde o público poderá fazer apostas.

Recorde-se que a primeira etapa, na Ericeira, contou com Camila Kemp e Miguel Blanco vencedores e, na segunda etapa no Porto, saíram vitoriosos Teresa Bonvalot e Marlon Lipke. Aguarda-se agora a terceira etapa para saber quem serão os candidatos aos prémios. Os prémios globais são de 90 mil euros e vários poderão ser os trofeus – Renault Expression Session (melhor manobra por etapa), Somersby Onda do Outro Mundo (melhor onda por etapa), Figueira Best Surfer (prémio dedicado aos surfistas locais), Moche Groms Cup (iniciativa da FPS e ANS incluindo bolsa desportiva), que providenciam 2.500 euros anuais, ou o Allianz Triple Crown (vencedores masculino e feminino das etapas Naming Allianz), cujo prémio é de 6 mil euros.

Esta etapa, que estava inicialmente marcada para 9 a 11 de Março, teve de ser adiada devido à tempestade que se previa para essa data, é num entanto uma das melhores – foi a competição que obteve melhor onda com 10 pontos, tendo sido galardoada com o prémio “Melhor Evento” no Portugal Surf Awards 2017.

fonte