Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Praia Vasco da Gama e Porto de Recreio de Sines revalidam Bandeira Azul

A Associação Bandeira Azul da Europa anunciou, dia 27 de abril, a atribuição da Bandeira Azul à Praia Vasco da Gama e ao Porto de Recreio de Sines, infraestruturas geridas pela APS – Administração dos Portos de Sines e do Algarve.

A Bandeira Azul é concedida a praias ou infraestruturas que obedeçam a um conjunto de requisitos não só ambientais, mas também de segurança e bem-estar dos utentes, tanto a nível da informação disponível como no que respeita a ações de sensibilização ambiental.

Recorde-se que o ano de 2018 representa o décimo primeiro ano consecutivo em que a Praia Vasco da Gama conta com a atribuição deste galardão e o décimo no caso do Porto de Recreio, demonstrando o comprometimento desta administração portuária com a sociedade e o meio ambiente.

No âmbito do Programa Bandeira Azul da Europa 2018, sob o tema "O Mar que respiramos", a APS - Administração dos Portos de Sines e do Algarve, S.A., em parceria com o Centro de Ciência Viva do Lousal - Mina de Ciência (CCVL), irá promover um conjunto de atividades ambientais e lúdicas dirigidas a toda a comunidade, com especial enfoque para o papel fundamental das florestas marinhas, tendo em conta que 50% do dióxido de carbono lançado na atmosfera é absorvido pelos oceanos e 70% do oxigénio da Terra é produzido pelo plâncton marinho; são as algas mais pequenas que, literalmente, nos dão o ar que respiramos.

Atividades Praia Vasco da Gama - 03 de julho e Porto de Recreio de Sines - 05 de julho

“Eu Visto esta Camisola!” – Consiste na distribuição de t-shirts com mensagens aos participantes, que deverão completar corretamente um questionário relativo a questões de educação ambiental;

“A Aventura na Ilha de Plástico” – Peça de teatro que aborda o flagelo do lixo marinho, em particular a poluição por plástico

“A Jornada do Carbono” – Cartaz informativo sobre o Ciclo do Carbono

“Quem é Quem” – Construção de um puzzle de grandes dimensões de uma Floresta de “Kelp” e os animais que nesta habitam

“Química no Oceano” – Alerta-se para o fenómeno de acidificação dos oceanos e as suas consequências para as infraestruturas e a biodiversidade do planeta

“Eco Mercado” – Pretende-se consciencializar os participantes para escolhas mais ecológicas no seu quotidiano, tendo em conta as várias alternativas que existem em detrimento da compra de produtos com excesso de plástico

“Flutuar no Plástico” – Levar ao conhecimento dos participantes o tipo de lixo que chega ao mar, qual a sua origem e possível travessia até lá chegar

“Algoteca” – Workshop de construção de um Algário, no qual se pretende desenvolver o interesse pelo conhecimento das diversas espécies de algas das praias do concelho, com o objetivo de sensibilizar os participantes para a interligação entre o Oceano e o Homem

“Reflorestar para Conservar” – Dar a conhecer a importância das florestas para a absorção do CO2 da atmosfera, para a regulação do clima, entre outros aspetos essenciais

“Pé Ante Pé” – Dar a conhecer o conceito de Pegada Ecológica isto é, a utilização excessiva de recursos naturais que utilizamos para suportar o nosso estilo de vida, e alertar os participantes para a sua redução