Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

CIIMAR estuda marés vermelhas no Atlântico Norte e Mediterrâneo

A 16 de Abril, em Cabo Verde, arrancou o projecto EMERTOX, que consiste no estudo da emergência de toxinas marinhas do Atlântico Norte e no Mediterrâneo e que geram as conhecidas marés vermelhas. No projecto participam 14 entidades (empresas e centros de investigação) europeias (Portugal, Espanha, França, Reino Unido, Itália, República Checa) e africanas (Cabo Verde, Marrocos e Tunísia).

A coordenação do projecto está a cargo do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto (CIIMAR), que é um dos parceiros e um dos dois representantes de Portugal no consórcio, juntamente com a Estação Litoral da Aguda (Águas de Gaia EM, SA). O financiamento, no valor total de 702 mil euros, é integralmente assumido pelo programa Horizonte 2020, e a duração é de 48 meses.

Além das toxinas já monitorizadas no nosso país pelo Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA), “este projecto visa estudar também as toxinas emergentes que têm vindo a ser detectadas” e divulgadas pela equipa Vitor Vasconcelos, Professor Catedrático da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), presidente da direcção do CIIMAR e coordenador desta iniciativa, refere o CIIMAR.

As toxinas emergentes em estudo, como a tetrodotoxina, a palitoxina e a ciguatoxina, estão geralmente “associadas a países tropicais, no entanto a sua ocorrência em águas mais frias do Atlântico tem sido crescente”, afirma Vítor Vasconcelos. Como esclarece o CIIMAR, trata-se de “estudar as conhecidas marés vermelhas, explosões populacionais de micro-organismos marinhos (dinoflagelados, diatomáceas, bactérias), produtores de toxinas que se podem acumular em bivalves, mas também em outros invertebrados e em peixes”.

Segundo Vitor Vasconcelos, “os dados recolhidos pelos membros deste projecto serão um importante instrumento de decisão para a EFSA (Agência Europeia de Segurança Alimentar) relativamente à necessidade de legislar e monitorizar algumas destas toxinas no futuro em águas europeias”. Depois do arranque do projecto, em 16 e 17 de Abril, decorreu um workshop (18 de Abril) e uma conferência sobre toxinas marinhas (19 de Abril).

fonte