Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

EMPREITADA DE ALIMENTAÇÃO ARTIFICIAL DO TROÇO COSTEIRO DA COSTA NOVA-VAGUEIRA COM INERTES PROVENIENTES DO PORTO DE AVEIRO

Agência Portuguesa do Ambiente autoriza investimento de quase 12 milhões de euros

O Conselho de Ministros autorizou esta quinta-feira a APA – Agência Portuguesa do Ambiente, IP e a APA – Administração do Porto de Aveiro, S.A. a realizarem a despesa inerente à empreitada de alimentação artificial do troço costeiro da Costa Nova-Vagueira com Inertes Provenientes do Porto de Aveiro.
O investimento, no valor total de 11.900.500,00 euros, é comparticipado em 75% pelo PO SEUR (relativamente ao valor da responsabilidade da APA, I.P.) e em 44% pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (relativamente ao valor da responsabilidade da APA, S.A.).

A empreitada da “Alimentação Artificial do Troço Costeiro da Costa Nova - Vagueira com Inertes provenientes do Porto de Aveiro”, procede ao aproveitamento dos inertes existentes em depósito numa “ilha” localizada na bacia de manobra do Porto de Aveiro, em frente à Zona de Atividades Logísticas e Industriais (ZALI), reforçando a deriva litoral no troço costeiro a sul do Porto de Aveiro, garantindo, assim, a reposição do balanço sedimentar, envolvendo as ações previstas no projeto, nomeadamente: o transporte dos sedimentos existentes em depósito para a “ilha” localizada na bacia e a posterior remoção, destes e dos que constituem a “ilha”, por dragagem, e subsequente transporte e imersão na deriva litoral entre o 3.º e o 5.º esporões a sul da Costa Nova, entre as batimétricas -2,00 mZH e -5.00 mZH.