Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Porto de Leixões participa no Exercício de Combate à Poluição do Mar “Anémona 2015”

Realizou-se a 14 da maio, em Matosinhos, o Exercício de Combate à Poluição do Mar “Anémona 2015”, promovido pela Direcção-Geral da Autoridade Marítima e conduzido pelo Porto de Leixões. Este Simulacro, permitiu ao Porto de Leixões e restantes autoridades e organismos com responsabilidade e competências nesta matéria, testar, validar e aperfeiçoar os seus dispositivos de resposta para fazer face a incidentes de poluição no mar.

Este exercício contou com a participação de 36 Organismos e Instituições e levou mais de 4 meses a ser preparado. Estiveram diretamente envolvidas mais de 300 pessoas, sendo que a APDL fez-se representar com 32 colaboradores e diverso equipamento de contenção e combate à poluição, entre os quais 2 rebocadores, 3 recuperadores oleofílicos e batelão de recolha e transporte de resíduos.

Estiveram ainda presentes nesta operação cerca de 100 observadores, 53 dos quais no mar, 1 avião C295M da Força Aérea Portuguesa, 1 navio da rede de navios de resposta a incidentes de poluição protocolados pela Agência Europeia de Segurança Marítima (EMSA), 1 navio de combate à poluição da organização espanhola SASEMAR, 2 rebocadores da empresa "TINITA", 2 navios da Marinha e, ainda, um veículo aéreo não tripulado (AUV) do grupo TEKEVER. O exercício contou ainda com mais de 12 embarcações de apoio, cerca de 20 viaturas em ação logística e 33 equipamentos no terreno.

No “ANÉMONA 2015” simulou-se a contenção e a recolha de 750m3 de petróleo bruto, tipo Sarir, derramado na sequência de uma falha estrutural no sistema de descarga do navio que fazia a trasfega através da monobóia, a limpeza da praia e do Porto de Leixões.
Os resultados alcançados foram extremamente positivos, tendo-se atingido uma elevada taxa de sucesso relativamente aos objetivos previamente estabelecidos para o exercício.