Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

A 15 DE MAIO | ENTRADA LIVRE

V Serão na APS leva Quarteto Nanã Sousa Dias a Sines

O Porto de Sines recebe dia 15 de maio, às 21h00, Nanã Sousa Dias Quarteto para o V Serão na APS, que será dedicado ao jazz e terá como anfitriões, uma vez mais, os presidentes do Porto de Sines e da Câmara Municipal de Sines, João Franco e Nuno Mascarenhas.

Este Serão conta ainda com a presença de Vera de Vilhena, uma convidada especial que juntamente com Nanã Sousa Dias (Saxofone), Diogo Vida (piano), Nuno Oliveira (contrabaixo) e Alexandre Alves (bateria) levarão a Sines os sons do jazz.
Músico autodidata, Nanã Sousa Dias nasceu em Torres Vedras, no seio de uma família de músicos amadores. Começou a aprender guitarra aos 13 anos, instrumento que trocou pela flauta transversal aos 19. Aos 23 começou a tocar saxofone tenor, aos quais se juntaram, mais tarde, o soprano, o alto e o barítono.
O artista faz parte do movimento do Rock português, desde 1981, tendo tocado e gravado com alguns dos mais conceituados músicos portugueses, como músico de estúdio, solista de saxofone e flauta.
Atualmente lidera várias formações ligadas ao Jazz, tais como o Nanã Sousa Dias Quarteto, o Século do Jazz, espetáculo pedagógico que conta a história do Jazz no Século XX e colabora com Rui Veloso, Rita Guerra e Paulo Gonzo em alguns espetáculos de maior relevo, bem como gravações de álbuns.

ENTRADA LIVRE