Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Veleiro biosustentável faz escala no Porto de Aveiro

Durante três ou cinco dias de navegação à vela consegue gerar energia suficiente para viver a bordo ao longo de três semanas. Chama-se “Ecolution” e tem bandeira holandesa.

O que pode reter um astronauta de uma viagem ao espaço? Indubitavelmente, muitas imagens e sensações. Mas, no caso de Wubbo Ockels, primeiro astronauta holandês, houve uma constatação que lhe deixou marcas indeléveis: “É uma experiência única estar fora da Terra e visualizar o planeta. Apercebemo-nos que, onde estamos, no espaço, não conseguimos viver. Portanto, passamos a olhar para a Terra como algo de muito valor, que temos de preservar”, testemunha.

E foi a partir desta percepção que Wubbo Ockels decidiu fazer algo para ajudar a mudar mentalidades. Idealizou e criou o “Ecolution”, um navio biosustentável, de dois mastros, com inovações técnicas que nunca tinham sido aplicadas em barcos à vela.

ARTIGO PARA LER NA ÍNTEGRA AQUI