Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

ESTE SÁBADO, NO PORTO DA HORTA, AÇORES

Campanha Limpa (a) Fundo 2012

Com o propósito de mostrar à população local que a classe piscatória também está preocupada com a grande temática da poluição marinha, o Observatório do Mar dos Açores (OMA) e a Associação de Espécies Demersais dos Açores (APEDA) estão a organizar uma Campanha Limpa (a) Fundo, desta vez no Porto de Pesca da Horta. Esta campanha realiza-se no âmbito das comemorações do Dia Nacional do Mar, este sábado, dia 17 de Novembro, pelas 10 horas, estando também enquadrada no programa internacional “Clean Up The World”, que cumpre 20 anos de existência.

Com esta ação pretende-se sensibilizar os jovens e a população local e em particular a comunidade piscatória que são os principais utilizadores da zona em questão, para a questão do lixo no mar que está cada vez mais na ordem do dia. Hoje os pescadores estão mais sensíveis relativamente ao problema da poluição marinha e por isso iniciativas como esta constituem uma mais valia para uma melhor compreensão dos efeitos do lixo quando é deitado ao mar.

Também é importante que a sociedade se aperceba do crescente interesse da comunidade piscatória nestes assuntos, e assim desmistificar a ideia de que os profissionais da pesca não se preocupam com a conservação do meio marinho.