Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Porto de Sines dispara nas exportações

O Porto de Sines fechou o 3º trimestre de 2012 com um crescimento homólogo de 27% ao nível das exportações, refletindo uma vez mais o contributo e importância desta infraestrutura na dinâmica das exportações nacionais.

O principal destino das exportações movimentadas pelo Porto de Sines continua a ser a União Europeia, que registou um crescimento global de 110% e teve como principais países destino a França, Itália e Bélgica. O continente Americano assumiu a segunda posição de destino das exportações portuguesas, com especial destaque para os Estados Unidos e o Brasil, cujo crescimento superou os 95%. O mercado asiático foi o terceiro destino das exportações, com a China a ser o principal importador das nossas exportações naquela região.

Distinguiram-se como principais produtos exportados, na carga contentorizada, as pedras ornamentais (mármores), papel, produtos químicos de base, produtos hortícolas e frutícolas, maquinarias e plásticos.

Nos graneis líquidos, os combustíveis para as máquinas marítimas e as gasolinas para os automóveis registaram os principais indicadores de crescimento nas exportações, com destinos finais principais a serem os Estados Unidos e Gibraltar.

O Porto de Sines inicia assim o quarto trimestre do ano com um total de carga movimentada acumulada de 21,3 milhões de toneladas, o que representa um crescimento homólogo de 11%. No segmento dos contentores, encerra-se o trimestre com um movimento total acumulado de 392.135 TEU, que representa uma variação homóloga de 17% e permite perspetivar o crescimento sustentado deste segmento até ao final do ano.

Em termos de navios verifica-se um aumento de 11% no porte bruto dos navios operados em Sines, o que permite tirar partido da vocação natural do Porto de Sines para receção e operação dos principais megacarriers mundiais.