Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

ENSAIO APOIADO PELO IPTM

Dispositivo de energia das ondas testado no porto da Nazaré

Nos dias 23 e 24 de Julho, foi testado no porto da Nazaré um modelo dum dispositivo flutuante para aproveitamento da energia das ondas. O dispositivo foi concebido e estudado no Instituto Superior Técnico. Os ensaios consistiram na verificação da estabilidade do sistema na água e na verificação dos equipamentos de medição, transmissão e registo dos dados do seu desempenho. O porto da Nazaré apoiou os ensaios e disponibilizou os meios logísticos em terra e na água.

O modelo será enviado em breve para Inglaterra onde uma equipa do Instituto Superior Técnico fará o seu ensaio num grande canal de água equipado com um sistema de geração de ondas.

O dispositivo baseia-se no princípio da coluna de água oscilante, em que o movimento da água devido à acção das ondas alternadamente comprime e descomprime o ar numa câmara pneumática, o que permite accionar uma turbina de ar de tipo especial.

Em tamanho real, o flutuador terá um diâmetro de cerca de 16 metros. O dispositivo deverá ser instalado ao largo, em águas de profundidade mínima de 60 m, e será equipado com uma turbina de ar de novo tipo que accionará um gerador eléctrico. Para o aproveitamento da energia das ondas em grande escala, dispositivos deste tipo serão agrupados em parques offshore.