Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

VÍTOR CALDEIRINHA SOBRE LUÍS FILIPE DUARTE:

«Um lutador contra tudo e contra todos, para poder manter o seu projecto com sucesso»

Faleceu o Luis Filipe Duarte.
Quando entrei para o sector, em 1994, já era a Cargo que divulgava os portos.
E o Luis Filipe Duarte já era um lutador contra tudo e contra todos, para poder manter o seu projecto com sucesso. Um projecto de serviço ao público, como aconteceu nestes 21 anos.
Quantas vezes teve que enfrentar muito para manter a Cargo e conseguiu. Dizia que não ganhava dinheiro com a revista e com o projecto, o que era fácil confirmar fazendo as contas, mas que lhe dava muito gozo e que gostava muito do sector.

Os portos devem muito, mas muito, em termos de divulgação pública da sua atividade à Cargo e ao Luis Filipe Duarte nestes 21 anos, seja através da revista, pela sua qualidade e isenção, seja através dos colóquios onde o Luis Filipe tinha o seu estilo pessoal encantador.

Gostava de manter o rigor e a qualidade técnica e científica da revista Cargo e de manter com fidelidade os seus articulistas. Apesar das pressões que pontualmente sucediam, não cedeu e manteve a equipa. Ao dia 10 de cada mês não falhava e pedia os artigos finalizados para serem publicados. Exigente e lutador, procurava ter sempre as novidades académicas sobre o setor a nível internacional. Publicou regularmente os meus artigos desde 1999, todos os meses. Foi um amigo de confiança.

Dos momentos mais bem passados com ele foram as reuniões no seu escritório junto ao mar a falar sobre tudo e mais alguma coisa do setor. Ou as inúmeras conversas ao telefone. E as parcerias nos seminários do porto de Setúbal.
Com quem vou eu agora falar sobre portos, sobre o que se passa nos portos, sobre o que pode e deve ser feito pelos portos, sobre eventos e colóquios públicos relacionados com os portos, sobre eventos internacionais académicos sobre portos em Portugal, sobre a promoção dos portos cá e lá fora, sobre os temas dos meus artigos sobre portos, sobre as coisas boas e as coisas más dos portos, sobre como cumprir o serviço público e apoiar a economia? Com quem vou falar sobre a publicação de livros sobre portos e transportes?....

A maior homenagem que podemos prestar ao Luis Filipe Duarte é ajudar o seu projeto a manter-se e prosperar. Ele preparou o caminho autónomo para a sua revista, que desconfiava poderia ser necessário a breve prazo, deixando à frente excelente técnicos que têm vindo a desenvolver tudo praticamente com total autonomia neste último ano. A dinâmica ficou lançada e espero que daqui a mais 21 anos continue a existir a Cargo do Luis Filipe Duarte com o contributo de todos.

Vítor Caldeirinha
 







Artigos relacionados:

  • Faleceu Luís Filipe Duarte
  • «Um lutador confiante, com princípios e valores»