Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

J. AUGUSTO FELÍCIO SOBRE LUÍS FILIPE DUARTE

«Um lutador confiante, com princípios e valores»

Faleceu o ‘Filipe Duarte’
Faleceu o ‘Filipe Duarte’, o Senhor Filipe Duarte. Numa terra que enfatiza os títulos, possuía o mais nobre de todos, aquele que só alguns conseguem adquirir, obtido através do reconhecimento dos outros, que somos todos nós, pelo mérito e dignidade com que em momentos difíceis soube estar na vida e que nos bons desfrutava da suave sageza.

Um lutador confiante, com princípios e valores, ou pelo menos tentava defender e prosseguir nessa linha, contra a adversidade da vida profissional e pessoal, inclusive tendo em conta a doença que o perseguia, irreversível. Sempre com ESPERANÇA. Dizia, pelo seu comportamento, que dormia descansado mas em sofrimento pela crueza das falsidades que presenciava.

Foi através das nossas longas conversas, em cada mês, para que lhe enviasse o texto para a sua revista CARGO, que privilegiei o conhecimento de um homem que compreendia a exigência dos interesses e a adversidade resultante das enormes pressões. Um SENHOR.

Não sei se era crente, e isso nunca teve importância, mas eu que sou crente desejo ardentemente que esteja sentado à direita (…) no lugar de destaque que merece. Sei que terá a sua alma em paz.

O sector marítimo e portuário perdeu um defensor intransigente. Vai fazer muita falta. Alguns de nós vão lembrar-se muito do SENHOR Filipe Duarte. Foi um privilégio este cruzamento.

À revista CARGO e à família enlutada endereço as mais intensas condolências.

Lisboa, 24 de Junho de 2012
J. Augusto Felício

fonte







Artigos relacionados:

  • Faleceu Luís Filipe Duarte
  • «Um lutador contra tudo e contra todos, para poder manter o seu projecto com sucesso»