Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Ordem dos Engenheiros visita Porto de Sines

A 1 de Junho, uma delegação da Secção de Hidráulica e Recursos Hídricos da Ordem dos Engenheiros visitou o Porto de Sines, tendo-se inteirado das condições operacionais de excelência oferecidas pelos vários terminais portuários, que em parte se devem ao abrigo proporcionado pelas duas principais infra-estruturas marítimas de protecção – o Molhe Oeste com 1.600 metros e o Molhe Leste que, após as obras em curso, ficará com 2.600 metros de comprimento.

Durante o evento, a delegação teve oportunidade de visitar a obra de ampliação do Molhe Leste, em fase de conclusão, que compreende uma extensão de 400m e permitirá aumentar as condições de segurança dos navios em operação no Terminal de Contentores de Sines (Terminal XXI). Considerando as características físicas do Porto de Sines, nomeadamente no que respeita à profundidade das águas, esta obra tem sido acompanhada com bastante interesse por parte da Ordem dos Engenheiros.

Os participantes tiveram ainda oportunidade de conhecer os grandes desafios técnicos que foram colocados à engenharia portuguesa e mundial na construção e posterior reabilitação do Molhe Oeste. Com recurso a um filme histórico foi possível apresentar todo o processo de recuperação do molhe, que o tornou numa infraestrutura de referência internacional e que tem servido de caso de estudo para toda a sociedade científica.