Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

INVESTIMENTO DE 7 MILHÕES DE EUROS NO PORTO DE SINES

Terminal XXI já iniciou a construção do 6.º pórtico super-post panamax

A PSA Sines já iniciou a assemblagem do 6.º pórtico para o cais do Terminal XXI, estando os trabalhos a decorrer com vista à sua colocação em funcionamento no final do Verão. Trata-se de mais um pórtico super-post panamax que se juntará aos cinco já em funcionamento e que irá tirar partido da expansão do cais, recentemente inaugurada.

Com um investimento de 7 milhões de euros por parte da concessionária PSA Sines, este equipamento de última geração permitirá um alcance até 23 fiadas de contentores a bordo dos navios, estando assim vocacionado para operar os ULCS - Ultra-Large Containers Ships inseridos nas principais rotas marítimas intercontinentais, bem como os de última geração de 16.000 e 18.000 TEU que estão agora a ser construídos.

O equipamento em operação terá 112 metros de envergadura de lança, uma altura máxima de 84,5 metros acima do solo e um alcance útil de movimento vertical do spreader de 63,2 metros. Permitirá movimentar uma carga máxima com Twin Lift de 65 Toneladas.

Na atual fase de construção, a segunda, o Terminal XXI tem uma capacidade máxima anual de 1.000.000 TEU, para um comprimento de cais de acostagem de 730 metros e fundos máximos de 17,5 metros, com uma área de armazenagem de 24 hectares. Com a instalação deste 6.º pórtico de cais ficará completa a 2.ª fase de expansão do terminal.

Em curso decorrem ainda os trabalhos de expansão do molhe de proteção, sob responsabilidade da APS, que aumentará as condições de segurança nas manobras e operações dos navios. Esta obra tem assegurado financiamento do fundo de coesão através do POVT.
 

VISITE OS RECURSOS DA APLOP (ASSOCIAÇÃO DOS PORTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA), NA WEB