Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Dois portugueses a bordo do Costa Allegra estão bem

O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, garantiu esta terça-feira à agência Lusa que os dois portugueses, um homem e uma mulher, que estão entre os passageiros do navio de cruzeiro Costa Allegra, se encontram bem.

"Houve um desenvolvimento das informações e posso confirmar que há dois passageiros [portugueses] idosos, cerca de 80 anos, e que estão bem", afirmou José Cesário.

"Não há nenhum problema com eles ou com nenhum dos passageiros do navio, estão a fazer a vida normal que se faz num barco de cruzeiro, sem qualquer espécie de alteração", referiu o secretário de Estado.

Na manhã de ontem, terça-feira, o Governo português não tinha conhecimento da presença de portugueses a bordo do Costa Allegra, navio de cruzeiro que na segunda-feira ficou à deriva ao largo das ilhas Seychelles, depois de um incêndio declarado a bordo, entretanto extinto.

A presença dos dois cidadãos portugueses seria confirmada poucas horas depois pelo representante português da Costa Crociere, empresa proprietária do paquete.

Ainda em declarações à agência Lusa, o Secretário de Estado afirmou que os dois cidadãos portugueses - o homem tem cerca de 80 anos - têm apelido comum, não podendo precisar, neste momento, o grau de parentesco.

Questionado se as autoridades portuguesas contactaram directamente com os dois cidadãos, José Cesário indicou que as informações foram recolhidas pela embaixada portuguesa em Roma, não podendo garantir, no entanto, se o contacto foi directo ou por intermédio da empresa proprietária do navio.

O paquete, de 187 metros de comprimento, com mais de mil pessoas a bordo, entre passageiros e tripulantes, partiu no sábado de Madagáscar com destino às Seychelles.

A bordo do paquete há 636 passageiros de 25 nacionalidades diferentes, essencialmente italianos, franceses e austríacos, e 413 membros da tripulação.

Um outro navio da Costa Crociere, o Costa Concordia, naufragou a 13 de Janeiro perto da ilha italiana de Giglio, causando 32 mortos.

fonte [28.02.2012]


CONSULTE O DOSSIER "COSTA CONCORDIA", COM VÁRIAS DEZENAS DE ARTIGOS SOBRE A TRAGÉDIA



Visite o Canal da Associação
dos Portos de Portugal no YOUTUBE

 

Estamos no Facebook, no Twitter e no Slideshare.


Conheça o portal da Associação dos Portos de Língua Portuguesa (APLOP)







Artigos relacionados: