Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

ESTUDO ANALISOU NÍVEIS DE SUBSTÂNCIAS CANCERÍGENAS NA SARDINHA, CARAPAU E CAVALA

Comer peixe português é seguro

Inserido na tese de doutoramento de Maria João Ramalhosa, o estudo sobre a qualidade do pescado português traz boas notícias para os consumidores. O peixe da costa portuguesa, nomeadamente a sardinha, o carapau e cavala, são de consumo seguro, contendo níveis muito inferior ao permitido permitido de hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (PAH), explicou a investigadora em conversa com o «Ciência Hoje».

O estudo, uma parceria entre o Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) e a Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (FFUP), foi apresentado durante o seminário «Do Mar à Mesa», que terminou esta terça-feira, dia 28, no ISEP.

Para a realização do estudo “foram desenvolvidas novas técnicas para extrair os hidrocarbonetos”, explica a investigadora, docente do Departamento de Engenharia Química do ISEP. As novas técnicas foram criadas com o ojectivo de serem mais “amigas do ambiente”.

Foram analisados 853 peixes e todos continham níveis muito abaixo do permitido pela legislação europeia daqueles compostos contaminantes. Alguns dos PAH “são conhecidos como sendo cancerígenos”, diz a investigadora. Nas espécies analisadas não foi encontrado qualquer nível de benzo(a)pireno, um dos hidrocarbonetos mais cancerígenos.

As técnicas que a equipa de investigação desenvolveu foram uma mais-valia deste trabalho. Maria João Ramalhosa informa que “há já vários laboratórios de controlo de qualidade interessados em utilizar essas técnicas” que permitem um trabalho mais rápido e são menos tóxicas.

O trabalho de análise a espécies marítimas do laboratório do Departamento de Engenharia Química do ISEP vai continuar. “Estamos agora a aplicar as mesmas técnicas a cefalópodes”, diz.

fonte



Visite o Canal da Associação
dos Portos de Portugal no YOUTUBE

 

Estamos no Facebook, no Twitter e no Slideshare.


Conheça o portal da Associação dos Portos de Língua Portuguesa (APLOP)







Artigos relacionados:

  • Cavala, um peixe que não chega aos mercados portugueses
  • Histórias da traineira que mais pescou cavala em 2011
  • Cavala, um peixe com baixo custo e alto valor nutritivo
  • 3,2 mil milhões de euros perdidos no mar
  • A frota de Portugal converte Vigo no seu principal porto de pesca
  • Bendito chicharro
  • Há menos sardinha nos mares e os pescadores podem ter de recolher as redes
  • Lista Vermelha europeia
  • Porque é que estes peixes estão na lista vermelha?
  • Os novos desafios da aquacultura
  • Mais de 6 milhões de toneladas de produtos derivados do peixe
  • Aqui não se conserva só peixe, conserva-se a marca
  • O que é o Fundo Europeu das Pescas?
  • Investigadores de Coimbra avaliam a contaminação por dioxinas da fauna e flora marinha costeira
  • Baleia corcunda inspira biólogos portugueses a inventar forma de pesca
  • Plano de recuperação de peixes migradores do rio Douro
  • Quanto plástico é ingerido pelos peixes?
  • Viagem a Portugal chega a Setúbal e à pesca da sardinha
  • Oceana identifica mais de 100 espécies marinhas na montanha submarina de Gorringe (Portugal)
  • Tubarões avistados no Algarve são boa notícia para a costa portuguesa
  • Afinal, terá sido o metano que causou a extinção da vida marinha
  • Censo da vida marinha
  • Piscicultura em mar aberto na Armona
  • Deitadas fora 70 milhões de toneladas de peixe na última década
  • As Vantagens de comer Peixe
  • Projecto pioneiro em Portugal permite-nos «falar peixês»
  • Peixe-espada-preto, a nova iguaria de Sesimbra
  • O uso de uma estratégia de aprendizagem humana por um peixe
  • Balhacus, cabozes, apara-lápis e marachombas
  • Um peixe que custa tanto como um carro de luxo
  • Em vez de atum pesquem bidões
  • Fotógrafo documenta criaturas luminosas no oceano
  • Aquário Vasco da Gama liberta peixes para habitat natural
  • Mais do que um peixe, um pedaço da nossa história