Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Conchas, ostras, tubarões e até sereias inspiram desfiles internacionais de moda

Conchas, peixes, tubarões e até sereias viraram inspiração de marcas que desfilaram nesta temporada internacional.

Tudo começou em Milão, com a passarela assinada por Donatella Versace que, além de estampas, desenhou acessórios com estrelas-do-mar e cavalos-marinhos.

Em Paris não foi diferente. Ricardo Tisci, estilista da Givenchy, criou roupas que lembravam escamas de peixe e tinham barbatanas de tubarão em detalhes: nas sandálias e pingentes gigantes. Nas críticas sobre o desfile, muitos editores comentaram que depois de rottweilers e panteras, o estilista se tinha inspirado em criaturas marítimas.

Em seguida, foi a vez de Karl Lagerfeld transformar o Grand Palais em um universo subaquático para a Chanel, com polvos, bolhas e conchas gigantes no cenário. As modelos ainda desfilaram com pérolas coladas no corpo e a cantora Florence Welch se transformou na deusa Vênus, de Botticelli, cantando What the Water Gave Me (o que a água me deu, em tradução livre).

Sarah Burton, à frente da marca Alexander McQueen, também trouxe elementos marítimos para a sua coleção. Os babados e nervuras criados com tecidos lembravam ostras. E um vestido com pastilhas prateadas lembrava até a silhueta de uma sereia. Dê uma olhada na galeria com detalhes.

fonte


 


Visite o Canal da Associação
dos Portos de Portugal no YOUTUBE

Estamos no Facebook, no Twitter e no Slideshare.


Conheça o portal da Associação dos Portos de Língua Portuguesa (APLOP)







Artigos relacionados:

  • Concha-brinco, concha-vela...
  • Mar e Lua
  • Golfinhos aprendem a pescar com conchas