Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

IMO CANCELA LANÇAMENTO DE PROGRAMA EVOCATIVO DO CENTENÁRIO DO TITANIC

ONU equaciona mudar regra marítima após naufrágio na Itália

Londres - A Organização Marítima Internacional (OMI/IMO) indicou eesta segunda-feira que vai tirar as lições necessárias do naufrágio do navio "Costa Concordia" frente à ilha italiana de Giglio e, em caso de necessidade, modificará a directriz de segurança para os cruzeiros, informou o secretário-geral Koji Sekimizu, num comunicado difundido em Londres.

"Mas as causas deste acidente ainda não foram estabelecidas. Devemos esperar a investigação e não prejulgar ou especular neste momento", afirmou o chefe deste organismo da ONU dedicado à promoção da cooperação entre os Estados e a indústria do transporte para melhorar a segurança marítima.

Sekimizu pediu às autoridades italianas que comuniquem o quanto antes possível à OMI os resultados de sua investigação, conforme a Convenção Internacional para a Segurança da Vida Humana no Mar (Solas).

O naufrágio do "Costa Concordia" obrigou a OMI a cancelar o lançamento previsto para esta segunda-feira na capital britânica de uma série de actos para recordar este ano o centenário do naufrágio de "Titanic" em abril de 1912.

fonte
 







Artigos relacionados:

  • Detido comandante do navio que naufragou
  • Onze portugueses estavam a bordo do navio que encalhou
  • Passageiros portugueses criticam comandante
  • Duro golpe para o turismo de cruzeiros?
  • Costa Concordia embateu no cais do Porto de Palermo
  • Safaris no fundo do mar