Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Empresários chineses visitam Sines

Mais um grupo de empresários chineses visitou o Porto de Sines no dia 08 de Julho, com o objectivo de verificar as condições de utilização desta infra-estrutura portuária e da sua Zona de Actividades Logísticas.

Foram estudadas as vantagens de utilização dos serviços regulares ao Extremo Oriente, Américas e Europa e o respectivo posicionamento de Sines no cruzamento destas rotas, utilizando os navios porta-contentores de última geração cujas fortes economias de escala permitem obter cadeias logísticas mais competitivas.

Por outro lado, foi verificada in loco a possibilidade de instalar em Sines infra-estruturas de armazenagem e prestação de serviços às mercadorias, situação que poderá optimizar ainda mais as cadeias logísticas e criar mais valor na utilização de Sines como plataforma giratória dos fluxos entre as diferentes regiões do globo.

Actualmente, pensar em Sines é pensar globalmente num contexto de total integração internacional das cadeias logísticas. A disponibilidade de solo para a fixação de unidades industriais e logísticas junto ao porto, a existência de serviços directos aos principais mercados internacionais, bem como a rede de feeders e de vários shuttles ferroviários diários para os mercados próximos, fomentam hoje um novo enquadramento de Portugal para os empresários no estabelecimento das suas cadeias globais de abastecimento e de distribuição.