Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

A PARTIR DA PLATAFORMA DE CACIA

CP Carga transporta primeira carga de madeira com destino a Zaragoza

A CP Carga S.A. efectuou, no passado dia 20 de Junho, o primeiro comboio internacional de madeira, do cliente TorrasPapel, a partir da Plataforma de Cacia, com destino a Zaragoza. Esta remessa contou com uma composição de 20 vagões com 780 Toneladas Líquidas. A perspectiva de transporte é assegurar a realização de 1 comboio/semana durante os próximos 3 anos.

A CP Carga S.A. opera actualmente em 10 terminais logísticos próprios espalhados por todo o território nacional, com serviços de e para os portos marítimos da costa atlântica portuguesa, ramais privados de grandes clientes e Espanha de onde destacamos o transporte diário de siderúrgicos, cereais e automóveis.

Além disso, disponibiliza para o trafego intermodal uma oferta regular para os principais eixos Ibéricos, entre os quais Madrid, Barcelona, Tarragona, Valência, Saragoça e Bilbau, prosseguindo a sua aposta no crescimento e afirmação do transporte de mercadorias por via ferroviária no mercado nacional e ibérico.