Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Portos espanhóis crescem 6% até Maio

Há já 19 meses que o movimento de cargas nos portos espanhóis não pára de aumentar, e a um ritmo crescente. Entre Janeiro e Maio contabilizaram-se 180 milhões de toneladas.

Comparativamente aos primeiros cinco meses do ano passado, o crescimento é de 5,7%. Mais do dobro dos 2,5% de aumento conseguidos então, sendo que o ponto de partida é agora maior.

A carga geral continua a dominar, com 80,9 milhões de toneladas movimentadas, seguida dos granéis líquidos, com 62,2 milhões, e dos granéis sólidos, com 32 milhões.

O tráfego de contentores comportou-se em linha com a actividade geral: avançou 5,3% para os 5,3 milhões de TEU. Mas os movimentos de import/export cresceram muito mais (11,8% para os 1,9 milhões de TEU) do que o transhipment (2,7% para 2,7 milhões de TEU).

Entre os 28 portos tutelados pela Puertos del Estado, Valência lidera na carga geral e nos contentores, com 23,2 milhões de toneladas e 1,7 milhões de TEU, respectivamente. Algeciras é primeiro no tráfego de granéis líquidos, com 10,2 milhões de toneladas. E Gijon domina nos granéis sólidos, com 5,1 milhões de toneladas.

Juntos, os portos de Algeciras, Valência, Barcelona e Bilbau representam 50% do tráfego de mercadorias e 77% do tráfego de contentores nos portos do país vizinho.

FONTE: TRANSPORTES & NEGÓCIOS