Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

DIA D - A MAIOR OPERAÇÃO AERONAVAL JAMAIS REALIZADA

Desembarque na Normandia foi há 69 anos

A invasão aliada na Normandia, mais conhecida como o Dia D, ocorreu a 6 de Junho de 1944. Nesse dia, milhares de soldados aliados desembarcaram nas praias da Normandia, criaram uma cabeça de ponte, e permitiram que outros milhares desembarcassem depois deles para ajudar na libertação da França e posterior ataque à Alemanha.

Até ao dia 11 de Junho de 1944, 300 mil soldados americanos, ingleses e canadianos, apoiados por pára-quedistas infiltrados por trás das linhas inimigas e por membros da Resistência Francesa, abriram uma brecha nas defesas alemães na costa francesa e reconquistaram diversas cidades francesas. Uma vez em França, os Aliados tinham agora a possibilidade de enfrentar as forças alemãs de frente, já que até ao Dia D os combates entre Aliados e Alemães tinham sido aéreos, navais e terrestres, mas em África e Itália.

Divididos em três frentes de combate, Itália, União Soviética (onde estava localizada 70% da força de combate alemã) e agora França, os dias dos alemães estavam contados. O Dia D não foi a batalha mais importante da guerra, nem a maior, mas contribuiu decisivamente para a derrota alemã na Segunda Guerra Mundial.

VEJA O GRÁFICO ANIMADO DO "EXPRESSO"

VEJA O VÍDEO