Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Embaixador de Espanha visita Porto de Sines

O Embaixador de Espanha em Portugal, Francisco Villar Ortíz de Urbina, visitou o Porto de Sines acompanhado pelo Conselheiro Económico e Comercial daquela embaixada. Esta visita teve como objectivo aferir da capacidade do Porto de Sines em ser uma porta de entrada e saída para as empresas espanholas, mas também averiguar as potencialidades oferecidas pela ZILS – Zona Industrial e Logística de Sines para a instalação de novos projectos.

O Porto de Sines desempenha já hoje um importante papel abastecimento de muitos portos espanhóis, destacando-se Bilbau, Vigo e Gijon, através do transbordo de contentores efectuado em Sines, com origem/destino em mercados remotos, desde o extremo oriente ao continente americano, transportados em megacarriers e depois distribuídos por navios porta-contentores mais pequenos para estes e outros portos.

O Terminal XXI de Sines tem, assim, uma função única no nosso país, uma vez que a movimentação destas cargas, até ao pleno funcionamento deste terminal, eram movimentadas através dos portos do norte da Europa. Com a utilização deste terminal é possível às empresas, tanto nacionais como espanholas, aumentarem a sua eficiência e melhorarem os seus índices de exportação, pela redução dos tempos de trânsito das mercadorias.