Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

NOS DOIS PRIMEIROS MESES DO ANO

Receitas de turismo internacional atingem 124 milhões de dólares

As receitas de turismo internacional em todo o mundo ultrapassaram os 124 milhões de dólares nos dois primeiros meses de 2011. No mesmo período do ano passado, foram registrados 119 milhões de dólares, informa a rádio ONU.

Na última década, as receitas de turismo internacional subiram de US$ 3 bilhões para mais de US$ 10 bilhões, segundo dados da Organização Mundial do Turismo, OMT.

Segundo o secretário-geral da agência da ONU, Taleb Rifai, "apesar de várias dificuldades, os resultados confirmam que a recuperação do turismo internacional, que foi notavelmente forte no ano passado, está se consolidando".

Rifai falava na Turquia, num evento especial de "Promoção do Turismo para o Desenvolvimento Sustentável e a Redução da Pobreza", realizado na 4ª Conferência das Nações Unidas sobre os Países Menos Avançados, PMAs.

"Turismo para o Avanço de Desenvolvimento" foi uma das questões debatidas no evento, que contou com a intervenção do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Ban afirmou que a maioria dos países menos desenvolvidos são ricos em recursos e os jovens precisam de "trabalho decente, educação e treinamento para que possam maximizar o potencial turístico dos seus países."

Quase metade das 48 nações menos avançadas tem o turismo como terceira fonte de receitas de exportação.

De acordo com a previsão elaborada pela OMT, neste ano estima-se que as receitas de turismo internacional ainda vão crescer entre 4% e 5%. Europa e América do Sul são alguns dos destinos mais procurados.

FONTE: ÁFRICA 21 DIGITAL