Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Passageiro de cruzeiro gasta em média 60€ por dia em Lisboa

Pelo quinto ano consecutivo, o Observatório do Turismo de Lisboa, em conjunto com a APL, realizou durante o ano de 2010, um estudo sobre o perfil do passageiro internacional de cruzeiros com escala no porto de Lisboa e que tem como objectivo avaliar a satisfação dos passageiros com a sua estadia em Lisboa.

O trabalho conclui que:
• em média, um passageiro de cruzeiro efectua uma despesa diária na cidade na ordem dos €60,08, valor que em 2009 tinha sido de €46,15; Este valor inclui gastos com alimentação, compras diversas, transportes na cidade e visitas a monumentos/museus e outras atrações.

• 99% dos entrevistados recomendam Lisboa como destino de cruzeiros e como destino turístico;

• 35,6% dos entrevistados consideram provável regressarem a Lisboa;

• numa escala de 1 a 10, o grau de satisfação médio com a visita a Lisboa é de 7,4. A segurança, a higiene e a limpeza, o clima, e a qualidade dos serviços de acolhimento a passageiros no porto são os elementos mais bem classificados numa apreciação específica;

• 39,3% dos entrevistados consideram pouco provável a escolha do cruzeiro na eventualidade da cidade de Lisboa não estar incluída no itinerário;

• 12,6% dos entrevistados afirmam não teriam realizado o cruzeiro caso a cidade de Lisboa não estivesse incluída no itinerário.

Estes dados são bastante reveladores do impacto que os cruzeiros representam para os seus destinos. Na verdade, para o porto de Lisboa estão previstos cerca de meio milhão de passageiros de cruzeiro em 2011, o que representa um número muito significativo de turistas na região de Lisboa e, consequentemente, um importante fator de desenvolvimento económico.
 







Artigos relacionados:

  • Têm mais de 50 anos e gastam 40 euros, em média