Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

HOJE, EM PONTA DELGADA

«National Geographic Explorer» nas Portas do Mar

Este domingo escala o porto de Ponta Delgada (13.00-19.00 horas) o navio de cruzeiros de expedição, National Geographic Explorer, que se encontra a realizar um cruzeiro denominado Island Odyssey: Madeira, Azores & Channel Islands.

Muito embora o cruzeiro se inicie a 3 de Maio, na Madeira, a partida teve lugar a 6 do mesmo mês, com destino aos Açores. No arquipélago faz escala em Ponta Delgada (8 de Maio), Horta (10 de Maio) e Flores (11 de Maio), seguindo, posteriormente para as ilhas Scilly, Fowley e Sark, na Inglaterra. Ao fim de 15 dias de viagem, o navio operado pela Lindblad Expeditions, termina o cruzeiro em Portsmouth.

Inaugurado em 1982, foi construído na Noruega pelos estaleiros Ulstein Hatlo, em Ulsteinvik, então com a designação de Midnatsol. Destinava-se à navegação costeira na Noruega e era operado pela já extinta companhia TDFS. Com a construção do novo Midnatsol, passou a designar-se Midnatsol II e em 2003 acabou por ficar em laid-up. Entre 2005 e 2007 esteve ao serviço da companhia norueguesa Hurtigruten, que o baptizou Lyngen e recolocou-o no serviço costeiro. Em Outubro de 2007, foi comprado pela actual operadora e transformado em navio de cruzeiros de expedição.

Mede 112 metros de comprimento, 16,5 metros de largura, 4,7 metros de calado, desloca 6,471 mil toneladas de arqueação bruta e tem capacidade máxima para 148 hóspedes e 34 tripulantes. O navio tem 6 decks para passageiros, com um total de 81 cabines, todas com vista para o exterior.

TODOS OS DETALHES AQUI
 

COLABORAÇÃO:  
 André Velho Cabral (Portos dos Açores)