Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

SINES

Terminal XXI cresce 50% no primeiro trimestre

O terminal de contentores de Sines movimentou 115 mil TEU nos primeiros três meses do ano, adiantou ao TRANSPORTES & NEGÓCIOS a presidente da administração portuária.

Relativamente ao período homólogo de 2010, o Terminal XXI cresceu 50%, acrescentou Lídia Sequeira.

O resultado alcançado, sendo muito forte, está em linha com o conseguido no ano passado (quando o Terminal XXI avançou 50% para os 380 mil TEU) e com o orçamentado para o ano corrente: um movimento global de 480 mil TEU.

O anúncio do fim das escalas em Sines do “Lion Service” da MSC não faz esmorecer a presidente do porto, que acredita que, “mais cedo do que se espera”, voltarão as escalas daqueles megacarriers, em particular as escalas à exportação.

Entretanto a PSA Sines prossegue as obras de ampliação do Terminal XXI, que ainda este ano passará a dispor de uma frente de cais de 730 metros, equipada com seis pórticos, e terraplenos de 24 hectares. E com isso aumentará a sua capacidade para os 800 mil TEU/ano.

Em curso estão também as obras de prolongamento do molhe Leste e de dragagem do canal de acesso do Terminal XXI, para garantir fundos de -17 metros, da responsabilidade da APS.

Com isso, a administração portuária e a concessionária do terminal de contentores esperam atrair para Sines, em breve, um segundo armador de primeira linha.

FONTE: TRANSPORTES & NEGÓCIOS