Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Portos espanhóis facturaram mil milhões em 2010

As 28 administrações portuárias espanholas coordenadas pela Puertos del Estado terão atingido no ano passado um volume de negócios de mil milhões de euros, de acordo com os dados provisórios divulgados pelo Ministério do Fomento.

As taxas cobradas aos navios, às cargas e aos passageiros ascenderam a 539,8 milhões de euros, enquanto as rendas de concessões ou de ocupações privativas do domínio público portuário ascenderam a 378 milhões de euros.

No mesmo período, os custos de exploração dos 28 portos comerciais espanhóis ascenderam a 871,1 milhões de euros.

Os investimentos somaram 987 milhões de euros, menos 83 milhões do que no ano anterior e apenas 72,4% do previsto. Desde 2004, sublinha o Fomento, os portos espanhóis terão investido perto de 7,4 mil milhões de euros.

A par dos resultados financeiros também os resultados económicos tiveram em 2010 uma evolução positiva nos portos espanhóis. Os números apontam para um crescimento de 4,3% no movimento de cargas, com 431,3 milhões de toneladas apuradas, e um salto de 17,6% no número de passageiros até aos 7,1 milhões.

FONTE: TRANSPORTES & NEGÓCIOS