Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

RADIO CAROLINE

A história em vídeos

Em meados da década de 1960, houve uma extraordinária explosão da música pop inglesa, mas as únicas estações de rádio que as passavam estavam em navios "pirata", como a Radio Caroline.

A Radio Caroline começou a emitir em Março de 1964 e encerrou no Verão de 1967, quando a legislação anti-barcos pirata se aplicou ao caso. O seu fundador foi Ronan O'Rahilly, um jovem empresário irlandês da música pop frustrado por não ver sucesso com as bandas de que era agente. Na altura, já havia estações de rádio a emitirem a partir de barcos na Holanda e na Escandinávia para audiências específicas, pelo que O'Rahilly julgou oportuno adaptar o movimento ao público jovem do Reino Unido.

Nos primeiros meses de emissão, bandas como os Beatles, Rolling Stones e Who tiveram um grande sucesso graças à emissora instalado num barco em águas internacionais. Isso representou um novo movimento na música, na moda e nos comportamentos da juventude inglesa.

O top ten de Julho de 1964 (três meses após o lançamento da Radio Caroline) dá conta dessa explosão: 1º)The House of Rising Sun, the Animals, 2º) It's All Over Now, Rolling Stones, 3º) Hold Me, PJ Proby, 4º) Someone Someone, the Tremeloes, 5º) It's Over, Roy Orbison. A BBC, que emitia apenas algumas horas semanais de música pop, demorou a compreender o fenómeno. 

O governo trabalhista de Harold Wilson foi lento a reagir à iniciativa ilegal de emissão de rádio a partir de barcos porque tinha uma maioria muito pequena no parlamento e não queria perder votos. Mas um deputado do partido Liberal, Jeremy Thorpe, desencadeou uma acção, considerando que as emissões de rádio podiam interferir nos sinais de emergência e confundir outros barcos em alto mar. A luta pelo encerramento da rádio Caroline começou a ser mais violenta em 1966.

TEXTO: (com) INDÚSTRIAS CULTURAIS

VEJA OS VÍDEOS







Artigos relacionados:

  • Caroline