Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Maersk recebe o primeiro navio projectado para a África Ocidental

A Maersk Line recebeu o primeiro navio da série de 22 porta-contentores chamada Walfmax, especialmente projectada para as limitações do mercado do oeste da África com a Ásia.

A primeira unidade da série, que tem capacidadde de 4.500 Teus (unidade de medida equivalente a um contentor de 20 pés), foi nomeado Maersk Conakry, na semana passada, em uma cerimônia na Hyundai Heavy Industries, em Ulsan, na Coréia do Sul.

Nomeado em homenagem à capital da Guiné, o Maersk Conakry e os outros 21 navios encomendados da Hyundai serão as maiores embarcações capazes de fazer escalas no oeste africano. De acordo com a Maersk Line, os porta-contêineres também serão mais eficientes, usando 30% menos combustível por equipamento movimentado do que o que se costuma usar no trade Ásia-África.

Os navios terão comprimento de 820 pés e contingente de 44 pés - o tamanho máximo permitido no oeste da África. Segundo a Maersk, o Walfmax foi designado para consolidar a posição da companhia no mercado africano.

FONTE: CONEXÃO MARÍTIMA